26/12/2016

A Lua - Grande Nave Espacial Extraterrestre.

A Lua é oca e possivelmente uma Grande 
Nave Espacial Extraterrestre antiga.



Nota: S. de Estrelas - A Lua - Hildegarde de Bingen nos fala que a manipulação da humanidade e do planeta Terra é feita de algum lugar, vejam o que diz: 

"Essa Ilusão perfeita foi mantida durante milênios por aqueles que, em algum lugar, puxam os cordões desse mundo, sem que vocês se deem conta, de maneira totalmente invisível e que criam mesmo as condições de sua perpetuação na Ilusão, através, justamente, dessa trama astral,dessa matriz astral chamada o sistema de controle do mental humano.
As condições foram criadas pela associação, a esta Terra, de um satélite,chamado a Lua, totalmente artificial..." 
Agora vejam esse texto que faz referencia a mesma coisa, "A LUA É ARTIFICIAL, UMA NAVE". Existe muito mais informações a respeito, mas ai já da para ter uma ideia de como a coisa funciona e de como estamos sendo controlado, de onde menos imaginamos, tudo muito bem feito.) 

Nós sempre pensamos na Lua como um satélite natural que orbita a Terra, obviamente, como vemos todas as noites.

Más existem inúmeras indicações de que a Lua seja oca, entre algumas das anomalias, sabe-se que o seu núcleo é muito menos denso do que as camadas exteriores.

Alguns cientistas dizem que ele não pode mesmo ter um núcleo. 

Dr. Gordon MacDonald, cientista da NASA disse início dos anos sessenta que "parecia mais provável que a Lua fosse uma esfera oca, em vez de homogênea".



 Ele supôs que os dados devem estar incorreto, mas não foi

MacDonald estava certo desde o início.

Dr. Sean C. Solomon, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts disse que os experimentos Lunares de sua orbitar tinha fornecido um amplo conhecimento do seu campo de gravidade e indicou a "assustadora possibilidade de que a Lua seja oca."

 O cosmólogo Carl Sagan disse que "um satélite natural não pode ser um objeto oco."

A Lua tem apenas 60 100 da densidade da Terra, e uma quantidade equivalente do material terrestre e pesaria quase o dobro o da Lua. 

Isso levou alguns cientistas acreditarem que a Lua não tenha só ferro ou seja parcialmente oco

Uma equipe da Universidade do Arizona, disse que acreditava que a Lua tinha um núcleo, mas era pequeno. 

Lon Hood, chefe da equipe, disse: "Sabíamos que o núcleo da Lua era pequeno, mas não tão pequeno ...

Realmente acrescenta peso à ideia de que a origem da Lua é única, diferente de qualquer outro corpo terreno como a Terra, Vênus, Marte ou Mercúrio. 

A missão lunar Apollo 12 em novembro de 1969, sismógrafos foram colocados, em seguida, feito explosões propositadamente para explorar o módulo lunar, causando o equivalente a uma tonelada de impacto dinamite.

A onda de choque durou oito minutos e os cientistas da NASA disseram que a Lua "soou como um sino."

Maurice Ewing, co-diretor do experimento sísmico, disse a uma conferência o que tinha acontecido á imprensa: "Por enquanto eu prefiro não dar qualquer interpretação do seu significado, mas é como se alguém tivesse derrubado um sino no campanário de uma igreja e este retumbou por trinta minutos".

Dr. Frank Pressione do Instituto de Tecnologia de Massachusetts disse que o fato de um "pequeno impacto" provocar um efeito que excederam 30 minutos é "tudo o que imaginei."

A missão lunar Apollo 13 em 1970 foi abortada devido a problemas técnicos potencialmente catastróficas, e descartável do foguete Saturn V, que pesa quinze toneladas, colidiu com a Lua cerca de cem quilômetros de onde a missão anterior havia deixado o sismógrafo.

 Quando o foguete descartável atingiu o solo gerou um impacto equivalente a onze toneladas de dinamite, os cientistas da NASA dissera que a Lua  "reagiu como um gongo" e continuou a vibrar durante três horas e vinte minutos á uma profundidades de 40 km.

Ken Johnson era supervisor do Departamento de Controle de Dados e imagens durante as missões Apollo, trabalhou para uma empresa contratada pela NASA. E disse á Alan Butler, autor de “quem construiu a Lua”?

 Não só a lua soou como um sino, mas tremia com tal precisão que era "como se houvesse amortecedores gigantes dentro dela". 

Tudo isso explica porque a Lua vibra exatamente da mesma maneira, cada vez que se aproxima da Terra. 

Equivalente a duzentas toneladas de dinamite meteorito impactaram na lua em 1972, que produziu enormes ondas de choque para dentro de si.

De acordo com os cientistas russos Mijail Vasin e Alexander Sherbakov, a Lua é um satélite artificial colocado em órbita por seres inteligentes milhares de anos atrás. 

Tentando determinar exatamente quando foi essa grande obra, e quem foram os autores e qual era o seu objetivo, isso vai além da teoria destes cientistas ortodoxos, e é lógico, que tinha que ser um civilização altamente mais desenvolvida que a nossa.

Se você fosse lançar um satélite artificial seria aconselhável fazê-lo ser oco.

A LUA É UMA NAVE ESPACIAL.

Vasin e Sherbakov os cientistas russos escreveram um artigo em 1970 na revista soviética Sputnik. 

Aqui está parte do artigo:

"É provável que seja uma nave espacial muito antiga cujo interior estava cheio de motores a gasolina, materiais e equipamentos de reparação, instrumentos de navegação, equipamentos de observação e todos os tipos de máquinarias em ... outras palavras, tudo que você precisa para ativar essa "caravela do universo" para fazer as funções de um inteligente arca Noé, talvez até a casa de uma civilização inteira por longos (milhares de milhões de anos de existência) e viajens longas através do espaço (bilhões de quilômetros).

Naturalmente, o casco de uma nave espacial deste tipo deve ser difícil de resistir a golpes de meteoritos e as grandes flutuações entre as temperaturas extremas. 

Provavelmente, o casco é de dupla camada, a base é uma armadura preta cerca de trinta quilômetros de espessura e no exterior é um tipo de cobertura (uma camada fina, cerca de cinco quilômetros). Em certas regiões, onde seria "mar" são "crateras" na camada superiores é bastante fina e, em alguns casos, não existe ".

- De acordo com David Icke a lua é uma nave espacial gigantesca, que foram colocados em um local que está relacionado com a Terra e o Sol, para criar o Matrix Lunar.

O conhecido canalizadora Barbara Marciniak escreve em seu livro canalizado á Terra: "A Lua é um satélite que foi construído e ancorado apenas fora da atmosfera da Terra, como um dispositivo de mediação e de acompanhamento, um super computador ou" Eye in the Sky " .

Dr. DL Anderson, professor de geofísica e diretor do Laboratório Sismológico do Instituto de Tecnologia da Califórnia, disse que "a lua está de cabeça para baixo" e que as composições de seu interior e seu exterior devem ser revertida. 

De acordo com a análise realizada após o impacto de um meteorito que ocorreu em 13 de maio de 1972 na superfície lunar, determinou-se que a espessura de sua massa seria de cerca de 60 km, o dobro da espessura média da crosta ou dos continentes da Terra. 

Seria impossível para a Lua ter produzido tal quantidade de lava sem desintegrar completamente.

Vasin e Sherbakov disseram que o material no interior da Lua veio à superfície para formar a camada externa.

 Destacaram rochas da superfície lunar que contêm titânio, crómio, zircónio metais que possuem propriedades "refratária, resistente à corrosão.

 E, os metais refratários são extremamente resistentes ao calor e ao desgaste, em outras palavras; os cientistas disseram que a combinação encontrada na superfície lunar tinha uma "resistência ao calor privilegiada e a capacidade de suportar vários tipos de agressões."


Vasin e Sherbakov continuam:

"Se fosse para desenvolver um material para proteger um satétile artificial gigantesco dos efeitos adversos da temperatura, radiação cósmica e impactos de meteoritos, experimentos provavelmente teria insinuado esses mesmos metais. 

Neste caso, não é atoa que a rocha lunar seja um mau condutor de calor. 

Um fator que deixaram os astronautas extremamente surpreso. 

Não é isso que os projetistas do Sputnik tinham pressentido na Terra?

Do ponto de vista de um engenheiro, "esta antiga nave espacial que chamamos de Lua foi soberbamente construída".

Os filmes "Star Wars", dirigido por George Lucas, um membro experiente no assunto, parece que se baseou em muitos mais fatos do que se acredita por ter caracterizado "The Death Star" (Luna) no espaço, a fim de conquistar o universo cósmico.

As idades diferentes de rochas e poeira lunares podem ser explicada pela viagem cósmica da espaçonave lunar, o que teria reunido o material de muitos lugares e tempos diferentes. 

De acordo com Alex Collier , a lua foi deixada em sua orbita atual á 11.213 anos atrás e veio para cá como uma base, um navio em que viajavam estrangeiros extraterrenos.

 Eles vieram aqui para colonizar.

A descoberta de que a Lua é uma nave espacial gigantesca em relação á outras, não só no que diz respeito às suas anomalias, mas também com a vida na Terra e a conspiração para escravizar a humanidade

Em todo o mundo existem inúmeras lendas que descrevem a lua como uma "carruagem" de deuses e deusas.

O escritor de mistérios Immanuel Velikovsky e arqueólogo Colin Rivas dizem-nos que, nos textos mais antigos houvereferências à Lua.

 Hans Schindler Bellamy em suas luas, Mitos e homens caracteriza uma tribo nativa da Colômbia chamadoMozces afirmando que "lembrar de uma época anterior, antes da lua ser companheira terra foi feita".

Aristóteles falando da Constituição de Tages que o povo dos Pelasgians habitaram a Terra "antes que a lua apareceu nos céus".

Textos tibetanos falam da falta para do continente de Gondwana (que pertencia a Lemuria) e que não havia a lua. Aristóteles se refere à Terra, quando "não havia lua."

Xamãs africanos dizem que dois irmãos, chamados Wowane e Mpanku (Enlil e Enki como Suméria e Mesopotâmia) líderes répteis" trouxeram  a Lua para cá há centenas de gerações". 

Lendas zulus afirmam que os reptilianos manipulam a Terra da Lua, onde "a serpente vive."

O xamã Credo Mutwa diz que a "nave-mãe gigante" dos répteis que se falam das lendas Zulu era realmente a lua, e foi lá, de onde eles se foram durante os levantes do "Grande Dilúvio" levando à manipulação da lua e instigação de outros eventos cósmicos.

Que a nossa lua privada não é um satélite natural, e, isso é fato; portanto, é algo muito mais complexo, um maciço e rochoso cabendo uma função de "posto avançado" por alienígenas para controlar a humanidade, é um dos maiores segredos guardados pela elite.

A lua é uma base alienígena, e provavelmente a terra.

 Temos visto e assistido desde tempos imemoriais e é o segredo mais bem guardado pela NASA. 

Sem dúvida, uma ideia aparentemente arriscado, mas a evidência de ambos os lados não deixam dúvidas, e o que pensa você ?




Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Fonte: 

2 comentários:

  1. A pouco tempo, comecei a olhar a LUA com outros olhos, e percebi que ela tem um poder sobre meus pensamentos, inclusive em suas variações de fases, faz sentido esse texto.

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...