23/11/2014

MARIA - A DISSOLUÇÃO -

"Então, cada vez mais, todas as suas ilusões e todas as suas crenças vão cair".

"Tudo vai Desaparecer"

Eu sou MARIA, 
Rainha dos Céus e da Terra.

Por Océane
Julho 2014

(Comentário: S. de Estrelas - Maria já anunciava aqui nesta mensagem a Luz que Chega agora neste final de ano, de acordo a ultima mensagem de Aivanhov -"Saibam que a Luz vem colocá-los à prova,.."- Devemos estar conscientes de tudo isso, e em paz interiormente, sabendo que tudo que acontece e vai acontecer é necessário para a purificação e mudança. Não é uma purificação como castigo, tal pensam as religiões, mas uma purificação no sentido de nos ajustar, ajustar nosso Templo a essas novas vibrações a essa "Luz que chega", como diz Maria "CRISTO vem e, mesmo se ele sempre esteve aí..,"). 


Meus queridos filhos bem amados, eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra, e eu venho, hoje, com muita alegria, reencontrá-los, embalá-los com nosso Amor e viver essa Comunhão de Coração a Coração, de Presença a Presença, a partir deste instante.

Se quiserem, comecemos por um momento de silêncio, para viver e colocar-se nesse Coração, esse Coração de Unidade em uma única e mesma Dança.

(Comunhão)

Bem amados, eu estou aí, hoje, presente, acompanhada de minhas irmãs, as doze Estrelas, e dos Melquisedeques que estão aí, igualmente reunidos, para saudá-los e acompanhá-los nesse tempo de reversão coletiva, nesse tempo final e decisivo, esse tempo que vocês sabem, não é «o fim dos tempos» em uma versão apocalíptica, mas, sim, o fim de todas as ilusões, o fim de um mundo que vocês criaram, esse mundo falsificado que não tem qualquer consistência em face da Beleza e da Graça que vocês são e que nós somos, em Realidade.

Então, cada vez mais, todas as suas ilusões e todas as suas crenças vão cair.

TUDO VAI DESAPARECER.

Quer seja seu passado, sua história, quer seja seu cenário, tudo vai estilhaçar em face do Amor, em face do Fogo do Amor que vai vir tudo dissolver, tudo queimar e retomar seu lugar.

Então, não tenham qualquer temor, queridos filhos bem amados, estejam aí na Alegria, porque é um tempo de Festa, é um tempo de Celebração, é o tempo dos Reencontros coletivos.

É o tempo do Amor e da Dança, é o tempo de juntar-se à Evidência.

Então, acompanhadas dos Melquisedeques, nós lhes dizemos: «Nós estamos aí», nós os esperamos, mais do que nunca, em sua Eternidade.

Eternidade que vocês vão, cada vez mais, cada um em seu ritmo e cada um ao seu modo, reintegrar.

Quer seja de um modo suave, quer seja de um modo mais brutal para aqueles que ainda não ousaram voltar-se e fazer esse face a face com sua própria Eternidade.

Mas não tenham medo disso, porque é, verdadeiramente, a Alegria que vai revelar-se, Alegria muito diferente daquela que vocês puderam conhecer nesse mundo, mas muito diferente, igualmente, daquela que vocês puderam imaginar.

Para isso, parem toda projeção, parem toda espera e toda expectativa, todo desejo.

Deixem vir a Verdade, o Fogo do Amor consome-os, inteiramente.

Porque é o que se anuncia, é o que se vive, cada vez mais, para cada um de vocês e, muito em breve, ao nível coletivo.

Alguns de vocês já se voltaram e vivem, já, essa Dissolução no Aparecimento da Verdade, da Unidade, sua verdadeira Natureza.

Aí, tudo vai Aparecer, tudo vai acontecer, apesar de vocês, nós estamos muito satisfeitos com isso.

Nós estamos na Alegria com o que acontece nesses tempos.

Então, reunamo-nos, não de um modo físico, mas reunamo-nos todos, uns e os outros, em um único e mesmo Coração, em uma única e mesma Consciência, para que cada um, cada vez mais, perceba e veja que não há separação, que há apenas a Unidade, que há apenas o Amor, que há apenas esse Oceano de Paz e de Felicidade.

Vivamos um momento de Comunhão, queridos filhos.

(Comunhão)

Vocês são a Morada de Paz suprema.

Alguns sabem disso ao nível intelectual, mas, aí, o que lhes é dado é Vivê-la, inteiramente.

Vocês sabem, tudo está consumado, isso já lhes foi dito.

Então, agora, é tempo de concretizá-lo nessa matéria, para que os véus, os véus que ainda estão presentes para alguns de vocês, dissolvam-se, inteiramente, sob a ação do Fogo, sob a ação da Graça.

Então, os Melquisedeques e minhas queridas doze Estrelas estão aí, mais do que nunca, acompanhando-os para esses tempos decisivos.

Seus irmãos, os Anjos do Senhor, irmãos de Véga, estão aí, preparando-se para acolher alguns de vocês, envolvendo-os com todo o Amor deles.

Quanto às minhas doze Estrelas, como eu havia mencionado a vocês já há algum tempo, elas se encontram ao redor do planeta, nesse momento mesmo, formando uma ronda Graciosa, acompanhando, assim, o parto da Terra, mas, sobretudo, de cada um de vocês, para o momento coletivo.

Elas são como parteiras, que realizam sua Obra de Amor, que os acompanham no Coração da Graça, e estão aí como uma flor que lhes oferece seu perfume e que lhes anuncia que tudo é para o melhor, que não há inquietação a ter e que se seu Abandono é total, tudo acontecerá em uma suavidade infinita, em uma Graça total.

Então, a cada instante, queridos filhos, estejam aí, bem colocados entre os Quatro Pilares, bem alinhados no Coração, esse Coração de Unidade, colocados em sua Eternidade, e tudo se desenrolará para o melhor.

O medo não tem lugar algum quando vocês estão instalados em sua Eternidade.

Então, não se dispersem demasiado quando virem tudo o que pode e poderá acontecer ao nível planetário, ao nível de sua humanidade.

Sejam esse Amor, sejam a Graça, sejam o Caminho, a Verdade e a Vida que vocês são.

CRISTO vem e, mesmo se ele sempre esteve aí, Ele vem revelar-se, em toda Sua Beleza e Sua Verdade, a toda a humanidade.

É o tempo de Festividades, é o tempo de Reencontros com sua Eternidade.

Eu lhes ofereço todo o meu Amor, meus queridos filhos, brémisskayàn, e eu os embalo no infinito de nossa verdadeira Natureza.

Venham, nós os esperamos.

Voltem-se, se isso já não foi feito, e reencontremo-nos, plenamente, para o grande Baile das Festividades.

Amor, Festa, Felicidade…

Sejam simples, mais do que nunca, nessa pequenez e nessa inocência de uma criança que descobre, com admiração, o que ela sempre foi.

Nós os saudamos, brémisskayàn, com muito Amor, e dizemos a vocês até já.

Graças… Sohàn brémisskayàn.

Obrigada a vocês.



Post. e Formatação
31 julho 2014

Tradução e Divulgação
Célia G.

Um comentário:

  1. Boa tarde Semeador,
    Mensagens como essa vem em uma hora que estamos tão atordoados com os acontecimentos em todas as partes do mundo, em todos os povos e nações da Terra.È uma mensagem de esperança, mas também de orientação.Penso que vamos sim, enfrentar desafios enormes ,que já se avizinham, tanto do clima, da política,da tecnologia, da exopolítica, que está para se revelar por completo...são tantas as frentes que realmente,podemos nos perder na ansiedade, se não encontrarmos um equilíbrio, físico-mental-espiritual e essas mensagens tentam nos levar para caminhos mais esperançosos.Adorei. Abraços da Mônica

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...