26/03/2013

ENERGIAS IMPLACÁVEIS

Mensagem de Karen Bishop
25 Março 2013 

“Alguma coisa dura para sempre?

 Eu não sei. 

Talvez estejamos perto do fim.” – Kenny Loggins

“Eu não mais farei isto! 
  Cansei, cansei, cansei!” 
Olááá!

 “Isto é absolutamente inaceitável! 

“Eu não posso suportar nem mais um minuto.

 Deixe-me sair daqui... agora!!”

 “Por favor, Deus, leve-me para casa.


Meu pequeno fio restante se rompeu há muito tempo, e não há nada, nada que restou de mim.

 Eu não irei sobreviver a isto. Senhor! 

Leve-me para casa. Por favor, leve-me para casa.”

Se proferiu algo assim, ultimamente, você não está sozinho.

As energias estão mais do que implacáveis com mais, mais e mais purificação ocorrendo.

Qualquer esperança de levantarmos as nossas cabeças foi aparentemente afastada. 

Resolvemos uma situação de saúde muito desagradável e em minutos, chega uma ainda mais desagradável. 

Avalanches após avalanches de circunstâncias difíceis e aborrecidas aterrissaram em nossas cabeças e nossas cabeças não tinham se erguido ainda quando fomos empurrados novamente.

Noites insones quando precisamos de descanso mais do que nunca, indisposições estomacais, opressão e sobrecarga, fraqueza e fadiga e uma lista interminável de outras enfermidades estão incomodando quase todos nós. 

Nossos piores pesadelos e desafios, cada vez maiores, estão chegando rapidamente e não podemos ver como poderíamos suportar mais.

Simplesmente, não restaram reservas de energia dentro de nós para lidarmos com qualquer coisa. 

E, então, subitamente e de forma precipitada, uma grande carga de “paz” e, algumas vezes, de “alegria”, e em outros momentos, é impossível perceber o que está chegando, pois estamos, fisicamente, tão desconfortáveis, que mal podemos funcionar e vermos fora de nossa última indisposição.

Podemos olhar pela janela quando acordamos a cada manhã e as coisas podem parecer estranhamente agradáveis, adequadas, como se realmente, estivéssemos em algum lugar muito novo, finalmente, mas então os nossos corpos não parecem estar em alinhamento com a cena que está agora diante de nós.

Mas é precisamente isto.

Estamos nos alinhando com onde estamos, e nos purificando mais e mais.

Descargas regulares de energia mais elevada estão chegando em doses regulares e muito próximas, juntas.

Oh, estas dor
 Um parto intenso, quase como uma grande dor de parto, está agora sobre nós. 

Às vezes eu me pergunto se estarei viva para o grande nascimento... honestamente.

E então, uma grande onda de esperança e de clareza surge inesperadamente e me dá mais um dia, quando eu pensava que os meus dias deveriam certamente ter terminado.

Desafios mais do que opressivos estão certamente ao nosso lado, mas também está a energia da nova realidade.

 Estamos fazendo malabarismos entre as duas... muitas vezes as experienciando ao mesmo tempo, quando uma parte de nós está agudamente forte, muito presente e consciente, e em outros momentos, pode parecer como se estivéssemos nos abismos de algum inferno louco, ou que os nossos corpos tivessem sido sequestrados por algum cientista louco para ele fazer o que quiser.

Pergunto-me se teríamos concordado com esta tarefa se tivéssemos conhecimento do quão desafiador e quase impossível isto iria terminar.

Mas estamos aqui, agora e quase em casa... o novo lar de nosso céu na terra.

Do meu coração para o seu,

Karen 



Post. e Formatação

Tradução:
Regina Drumond
reginamadrumond@yahoo.com.br

Divulgado em 

Direitos Autorais:
Karen Bishop, P.O. Box 15196, Rio Rancho, NM 87174, USA

4 comentários:

  1. Gosto muito das postagens da Karen.
    Penso que estou entendendo o que acontece com a gente neste momento.
    "Aumento do espaço interno".
    Fomos ensinados a focar nossos sentidos para fora. Não nos ensinaram fechar os olhos e focar no nosso interior.
    Aumento do espaço interno: você não se sente confortável dentro de você. Então vc começa a por defeito na casa, no companheiro, nos filhos, no trabalho e tudo mais que te rodeia, as doenças aparecem, nervos ficam alterados.
    Não adianta nada reformar a casa criando espaços externos, tentar moldar os parentes ao nosso gosto, mudar de trabalho, falar mal de tudo que incomoda.etc...
    O sufoco é interno, individual, intransferível, todos tem seus sufocos.
    É ai que precisamos criar espaço interno, pois energias novas estão chegando em grande quantidade, nosso interior está cheio de energias velhas, antigas,não tem espaço para energias novas, então nos sentimos como alguém que engordou muito e não cabe mais nas roupas. Compra roupas maiores mas continua gordo. Ufa!que sufoco. Mas esse sufoco é interno. É PRECISO DIMINUIR-SE PARA CRESCRER fechar os olhos pro mundo externo, ir para dentro de vc, fazer uma boa limpeza,jogar fora conceitos velhos, criar novos espaços internos para alma crescer, aprender conceitos novos e seu ego diminuir. SÓ assim voltamos a nos sentir confortáveis novamente, tranquilos, equilibrados e em Paz... Até a proxima onda de energia, é claro!
    Maria

    ResponderExcluir
  2. Olá! Maria... É mais ou menos isso e um pouco mais, o que nos diz Karen. As energias que estamos recebendo agora estão despertando, acelerando muito nossa percepção da realidade e dissolvendo as ilusões, essas energias são de elevadas frequências e o que não estiver em ressonância com as mesmas, vai ficar muito difícil.
    Também elas estão fazendo transformações em nossas células, em nossa estrutura física, adaptando para suportarmos essas frequências mais elevadas, que estão a cada dia mais fortes. E tudo isso causa certo desconforto, conforme diz Bishop, eu pessoalmente semana passada, fiquei totalmente sem rumo, a deriva como disse a uma amiga, que também esta sentindo muito esse movimento energético. Mas pelo menos alguma coisa esta acontecendo, sutilmente e lentamente para que possamos suportar essa transição que já esta acontecendo, senão não vai ficar ninguém para contar alguma história...heheh.

    Grande abraço Maria, muita luz para você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...Frequências elevadas e mais fortes que causam certos desconfortos?
      Causam muito desconforto,causam nervosismo, me deixam de cama por muitos dias com muita dor, muito questionamento, muita dúvida, vontade de voltar atrás. Mas voltar pra onde?
      Para uma conciência antiga? Cheia de conceitos absurdos...NÃO OBRIGADO.
      já que posso escolher, escolho o NOVO. Sei que vivemos no tempo do não tempo, onde todas as portas estão abertas e somos nós que escolhemos o rumo a frente. Sei também que somos os pioneiros nesta trilha.
      Peço ao Criador, muita benção, Luz e Amor a todos que estão neste caminho.
      Maria

      Excluir
  3. Olá!... Maria,
    Voltar!... É muitas vezes pensei isso..., mas para onde, você disse muito bem, veja o que diz na mensagem da Estrela Anciã "O universo está começando a apagar a nossa memória de como costumávamos fazer as coisas para que possamos aprender a fazê-las de maneiras novas". E esse nada, Maria, é que é assustador, não estamos acostumados a estar nesse vazio que não é um vazio mas o silencio de todas as coisas que agora somem para que possamos perceber esse Novo Mundo que sequer podemos imaginar, pois é novo. E voltar, nem pensar... assusta mais ainda...

    Um abraço

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...