19/09/2015

"O APELO DE MARIA"

"Vocês estão, doravante, cada um, no 
exato lugar que é o seu, para 
viver o meu Apelo".

"Nada há a procurar ou a mudar no que
 vocês são no instante presente".

"Eu Venho Cumprir a Palavra".

"A Hora Chegou".

Eu sou Maria, 
Rainha dos Céus e da Graça.


Por: Maria
Setembro 2015
(Comentário S. de Estr. Alentadora mensagem nos da Maria, confirmando o que já vem sendo dito a respeito deste mês de Setembro, e nos alerta sobre os acontecimentos a tanto tempo anunciados, o fim da ilusão, nem para todos será igual, mas é um processo que já esta acontecendo). 


Meus filhos bem amados, acolhamo-nos uns aos outros, nos tempos da Graça.

… Silêncio…

Neste tempo que vocês vivem, eu vou depositar sobre seus ombros o Manto Azul da Graça, aquele que lhes permitirá, de maneira irremediável e definitiva, passar da ação da Graça ao estado de Graça, no qual não pode mais existir a mínima dúvida e a mínima interrogação sobre o ser de Amor que vocês são.

Assim, portanto, o Manto Azul da Graça, que vai depositar-se sobre seus ombros, vai permitir, em vocês, viver a Graça não mais por experiência, mas como um estado permanente.

Eu venho, também venho, anunciar-lhes a presença, aqui mesmo, de quatro Arcanjos que me rodeiam e que permitem transmitir o que eu tenho a transmitir-lhes hoje.

O tempo da bênção, o tempo da oração chegou, aquele no qual convém entregar tudo o que possa restar de obstáculos em vocês, de incompreensões, ao pé do Senhor.

O Arcanjo Miguel, visível em seus céus, muito em breve e não mais, unicamente, junto ao Sol, vem cumprir o conjunto de profecias transmitidas a essa humanidade há tanto tempo.

O tempo de meu Apelo vai, em breve, ecoar em seus céus e em vocês.

Ele será concomitante ao Manto Azul da Graça, que se instalará sobre seus ombros.

Não é mais tempo de procurar-me em qualquer forma que seja, mas, bem mais, reencontrar a filiação, aquela de sua eternidade, aquela de sua criação nos Mundos Livres.

EU VENHO CUMPRIR A PALAVRA.

Eu venho revesti-los desse Manto e, portanto, da Graça, aquela que lhes permitirá, com facilidade, estabelecerem-se em sua eternidade, quaisquer que sejam o futuro e a transformação dessa carne, da qual vocês são feitos aqui embaixo.

O lugar que vocês deixarão em seu coração para minha Presença amorosa, será o testemunho direto do que se desenrola, tanto em vocês como na superfície desse planeta.

Nada há a temer, vocês sabem disso, nós o temos repetido por tanto tempo.

Nada mais há a aguardar, tampouco, nem a esperar.

Há apenas que estar nesse estado de Graça permanente, no qual a oração é permanente, no qual nada desse mundo pode vir interferir nem modificar, o curso do que vocês são de toda a eternidade.

Nada há a prever, nada há a antecipar, nada há a preparar, tampouco, se não é, como lhes disse meu Filho, guardar sua Casa e limpa e mantê-la.

Então, eu lhes digo, como Ele o disse à época: «Vigiai e orai», porque o tempo é descontado agora.

Em tempo terrestre, isso é iminente.

Os sinais disso são inumeráveis na superfície dessa Terra, como lhes havia sido anunciado, há muito tempo, pelo Comandante dos Anciões, mas, também, pelos inúmeros profetas a quem eu dei minha voz e minha palavra.

Vocês estão, doravante, cada um, no exato lugar que é o seu, para viver o meu Apelo.

Nada há a procurar ou a mudar no que vocês são no instante presente.

Vocês apenas poderão apoiar-se em sua Luz, porque o tempo das trevas toca ao seu fim e é preciso que cada alma e cada corpo, presente na superfície desta Terra sinta isso, com terror ou com alegria, pouco importa, mas ninguém poderá ignorar o Apelo do Céu e da Terra, o segundo sinal celeste e, também, a minha vinda em seu Templo, que acompanha o retorno de Cristo em vocês.

Não procurem salvador exterior, mesmo se alguns de seus Irmãos galácticos e algumas embarcações estiverem presentes por razões precisas.

O momento do Face a Face, integral e total, está à sua porta.

O conjunto dos Arcanjos, o conjunto da Confederação Intergaláctica está, doravante, presente, no limite de seus céus, no limite de sua consciência, no limite de seus olhares, no limite de seu coração.

Nós sempre dissemos que nós estávamos no interior de vocês, e isso vocês vão descobrir.

Ao manter sua Casa limpa, vocês ali nada mais descobrirão que não nossa Presença amorosa, assim como sua própria fonte de Luz que vocês são na Eternidade.

Nada temam, de nada tenham medo, nada esperem.

O que quer que se desenrole na tela de sua vida ou na tela de sua consciência, isso nada é em relação ao que há em seu coração.

A única coisa que pode salvá-los, nós o temos repetido suficientemente, é a humildade, a simplicidade, a alegria.

Esse estado de Graça que se instala, e que está presente em muitos de vocês, põe fim ao sofrimento, põe fim a toda questão.

Não há melhor momento do que saber, agora, a proximidade dos eventos tão esperados, porque isso lhes dará a energia necessária e suficiente para prepará-los interiormente ao meu Apelo.

Muitos de vocês sentiram a intensificação da vibração, a intensificação da Luz, a intensificação de seu próprio apelo de Espírito no interior de si mesmos, pelo Coro dos Anjos que cantam em seus ouvidos, pelo Espírito do Sol que os elevam e puxa-os para fora, não da encarnação, mas da ilusão.

Isso acontecerá em sua carne.

Nada há de que fugir, nada há, tampouco, a preservar.

Aquele que quiser salvar a própria vida, perdê-la-á.

Aquele que conhece, aquele que vê ou aquele que começa a reconhecer, de qualquer maneira que seja, o que é sua eternidade, não tem qualquer preocupação pelo que quer que seja.

Deixem a Graça estabelecer-se, plenamente, para que o Manto Azul da Graça, que vai recobri-los, não encontre qualquer obstáculo.

A Graça é assim.

Ela nada tem a ver com o que foi modificado, com o que foi falsificado.

Ela nada tem a ver com o que pôde afetá-los ao nível individual como ao nível coletivo, devido, mesmo, às forças de confinamento e de suas consequências, ao nível de sua vida na superfície desse mundo.

Vocês estavam nesse mundo, mas vocês não são desse mundo.

Inúmeros de vocês têm vivido isso, através da descoberta de suas linhagens estelares ou de sua origem estelar.

Inúmeros de vocês, também, que, até agora, nada perceberam e nada viveram, mas que mantiveram seu coração de criança ou sua alma de criança, acolherão a mim, sem dificuldade, no momento em que o Manto Azul da Graça recobri-los, inteiramente, levando-os, assim, à paz e à plenitude de meu Apelo.

O céu vai, em breve, entreabrir-se, de maneira definitiva, o que deixa lugar para a verdade e a beleza do Amor.

É claro, para aquele que é tributário e unicamente tributário das circunstâncias desse mundo, o que se desenrolará, então, não será a mesma coisa.

Mas não se inquietem com quem quer que seja, porque será feito, a cada um, segundo sua fé, será feito, exatamente, a cada um, segundo sua vibração e não segundo o que ele crê ou segundo o que ele projetou em um futuro.

Vocês sabem: só o olhar muda; o mesmo evento que sobrevém nesse mundo, pode ser percebido e vivido de diferentes modos, conforme o lugar no qual vocês se colocam, isso foi dito.

Mas, a partir do instante em que o Amor está em seu coração, a partir do instante em que a humildade e a simplicidade estejam presentes em vocês, vocês me acolherão sem dificuldade e aquiescerão à sua própria dissolução, qualquer que seja a forma, qualquer que seja a modalidade disso.

Muitas coisas mudaram em vocês, vocês sentiram isso, vocês viveram isso, vocês, talvez, integraram isso ou estão em curso de integrá-lo.

Lembrem-se: há apenas o Amor; o resto pertence apenas a esse mundo e nada tem a ver com sua eternidade.

Olhem como a Luz permite-lhes ver, realmente, o que se desenrola na tela de sua vida, durante essas últimas semanas.

Vocês percebem a mudança na superfície da Terra?

Vocês percebem a mudança que há em vocês?

Vocês percebem essa sede de amor, por vezes, cada vez mais ardente?

O Batismo do Espírito Santo vai derramar-se, inteiramente, sobre a Terra e o conjunto de corpos celestes ali participarão.

Não há apenas os corpos celestes, há, é claro, a Terra, que lhes mostra, pelo despertar de seus vulcões, devido à liberação do núcleo cristalino, que eu havia aportado a esta Terra há mais de vinte milhões de anos de seu tempo.

Hoje é um dia de graça.

Cada dia que vai, agora, aproximá-los de eventos, será repleto de graça, progressivamente e à medida de seu abandono à minha Presença e à Sua Presença, que não é outra que não sua própria Presença, já inscrita na Eternidade.

Sejam humildes e sejam simples, acolham tudo o que a vida propõe a vocês.

Isso não é feito para trazer-lhes dificuldades, mas, bem mais, para permitir-lhes ver claramente e ver, sobretudo, além das ilusões desse mundo, para que nada mais possa prendê-los ao que é ilusório, ao que os confina e ao que os priva de seu dom de nascimento, não desse nascimento, mas o nascimento a partir da Fonte.

Hoje, inúmeros de vocês começam a entrar em contato com elementos presentes na superfície desse mundo e que, no entanto, não são desse mundo, mas, sim, da nova dimensão da Terra.

Vocês sabem, alguns de vocês acompanharão a Terra à sua nova dimensão de vida.

Outros reencontrarão sua origem estelar; outros, enfim, irão acompanhar aqueles que deverão permanecer nessa Terra até o fim último dos tempos.

Mas o tempo do fim está encadeado, de maneira irremediável e definitiva.

Ele já chegou ao nível das forças que vocês nomeiam intermediárias, astrais e, agora, etéreas.

Tudo o que vocês sentem em seu corpo, tudo o que sentem em sua consciência é apenas a tradução do que está aí.

Todas as portas foram abertas, vocês as transpuseram, umas e outras.

Alguns de vocês transpuseram todas as portas que os conduzem a viver seu despertar definitivo e não mais, unicamente, nesse mundo.

Para muitos de vocês a memória volta, não da história ou das histórias que vocês viveram nesse mundo, mas a própria história do que vocês são, bem antes da falsificação desse mundo.

Então, eu venho lançar um apelo solene: deixem cair e abandonem tudo o que possa obstruí-los.

A nada resistam, porque o Amor a nada resiste.

Olhem, olhem, em suas vidas, como isso acontece.

Vejam, durante o que acaba de escoar-se, como tempo a partir do início deste ano 2015, como vocês conseguiram desvencilhar-se em sua própria liberação.

É claro, nós temos estado, frequentemente, ao seu lado, e estaremos, cada vez mais.

Resta-lhes, contudo, para inúmeros de vocês, não serem tributários das circunstâncias desse mundo, nem mesmo desse corpo, eu diria.

Isso será realizado, muito em breve, por meu Apelo, e o momento no qual vocês estiverem revestidos, inteiramente, do Manto Azul da Graça assinalará o que eu havia nomeado, desde sempre: «Os três dias» junto aos meus numerosos profetas.

Nada temam do cenário da história, que se joga nesse mundo porque, até o último minuto desse mundo, as forças opostas à Luz, fazem apenas desempenhar seu papel.

Então, vocês, desempenhem o papel, aquele de sua eternidade, aquele no qual a doação de si mesmos é bem mais importante do que todas as suas aquisições, do que todas as suas riquezas desse mundo, do que todas as suas relações.

É preciso posicionar-se, agora, em sua eternidade.

O Apelo da Luz e o estabelecimento da Graça, na totalidade, facilita isso a vocês.

Tudo é simples, nós o repetimos inumeráveis vezes.

Então, hoje, vivam-no.

Nada há a compreender para isso, nada há a considerar como progressão do que quer que seja.

Há apenas que colocar-se aí, no silêncio de sua vida, no silêncio de seu coração, no silêncio de seu corpo.


Inúmeros de vocês percebem o martelar de sua carne pela Luz que age nesse corpo perecível.

A Luz aproxima-se de vocês, a Luz agarra-se a vocês, a Luz está aí.

Vocês a reconhecem, o que quer que diga sua pessoa, o que quer que diga seu corpo, o que quer que digam suas relações, o que quer que diga, de maneira geral, esse mundo?

Vocês não são isso.

Hoje, é preciso, enfim, vivê-lo, inteiramente.

Não há melhor modo de acolher-me do que desaparecer para si mesmos.

Não há melhor modo de acolher-me do que permanecer na doação e no serviço de si mesmos para o que a vida apresenta-lhes, para que permaneçam humildes, para que permaneçam pacientes.

A paciência, a humildade são a antecâmara do que vocês são na Eternidade.

São, também, as chaves que dão a viver a minha Presença, não mais, unicamente, em seu Canal Mariano, mas, bem mais, como a verdade essencial da reconexão à carne de minha carne, à sua carne e à minha carne, não aquela que está alterada e que perece nesse mundo, mas a carne original dessa matriz tão bela que nós, eu e minhas Irmãs, criamos na superfície desse mundo, para permitir-lhes explorar as diversas manifestações de sua consciência, tanto nesse mundo como em muitos outros mundos.

Hoje, o Juramento e a Promessa da Fonte estão, também, no limite de vocês.

Cristo, pela Porta Ki-Ris-Ti, penetra, já, para alguns de vocês, pelo Espírito do Sol, que se manifestou a vocês.

Vocês observam, efetivamente, em sua vida, que a maneira pela qual vocês se conduzem, simplesmente, nos atos quotidianos, traduz resistência ou abandono.

As circunstâncias que vocês têm encontrado, como o repetiram os Anciões, os Arcanjos e as minhas Irmãs Estrelas, têm sido, para vocês, a oportunidade de ajustarem-se à Verdade, para tornarem-se, vocês mesmos, a Verdade, o Caminho e a Vida, assim como meu Filho havia dito.

Vocês observam, nesse momento, que o conjunto de crenças que podiam, ainda, manter em pé seu mundo, desaparecem, de maneira muito intensiva e extensiva.

Inúmeros povos deixam a Terra atualmente, não por uma morte qualquer, não por causa de uma poluição, qualquer que seja, mas, bem mais, como um grande canto de liberdade.

Não se lamentem por qualquer perda, porque, em definitivo, nada há a perder nesse mundo, porque tudo já estava perdido nesse mundo.

Há apenas que recuperar sua eternidade, que lhes é adquirida desde sempre, quaisquer que sejam os véus que vocês tenham, ainda, portado até o presente.

O Manto Azul de minha Graça porá fim a todo véu, sem qualquer exceção.

Então, efetivamente, sim, tudo lhes aparecerá nu na Verdade Absoluta do que são os eventos, os fatos, as relações.

Sobretudo, não julguem, sobretudo, não condenem.

A cada vez que a vontade possa reaparecer de julgar, de condenar, de entrar em conflito, coloquem-se, posicionem-se e reposicionem-se em mim e em vocês, aí, onde tudo é apenas beleza, aí, onde nada pode resistir em sua eternidade.

Vocês são os filhos da Graça, mesmo se, até agora, algumas de suas vidas não lhes mostravam, pelos olhos da carne, a Graça.

ISSO TERMINOU.

Eu repito, qualquer que seja a dureza aparente de algumas desconstruções e dissoluções finais, vocês não serão afetados por isso.
Aceitem desviar seu olhar, não para fugir, mas, verdadeiramente, para olhar, inteiramente, o que vocês são.

Vocês nada são do que acreditam, isso tem sido repetido longamente, por alguns professores particularmente brilhantes que aceitaram, eles também, levar a efeito essa missão, no lapso de tempo de trinta e um anos que nos convinha.

Tudo se descobre, tudo se revela, a potência do Amor também.

Vocês constataram a potência de seu pensamento, quando ele está em acordo com o Amor, pelo princípio da co-criação consciente, pelo princípio do estado de Graça e da ação de Graça.

Então, hoje, não voltem a mergulhar em qualquer dualidade que seja, em qualquer reação que seja.

Acolham, acolham e abençoem, em meu nome, qualquer circunstância que se produza a vocês.

Acolham, tanto a dor como a alegria.

Acolham, tanto a pobreza como a riqueza.

Acolham aquele que os culpa como aquele que os ama.

Abram, completamente, as válvulas do Amor, porque vocês são apenas isso.

Todo o resto não durará e todo o resto desaparece, nesse momento mesmo.

Então, o que quer que desapareça, que a mesma Graça esteja presente em vocês, que minha Presença preencha vocês.

Os Arcanjos vigiam.

Inúmeros de vocês começam a perceber as Presenças, não, unicamente, dos povos da natureza, não, unicamente, pelo Canal Mariano, mas, também, de maneira direta, como, aí também, um face a face.

Isso não tem outra implicação que não a de ajudá-los a ser o que vocês são, não mais por experiência, mas, verdadeiramente, de maneira permanente e definitiva.

Vocês têm sido os ancoradores e os semeadores de Luz, vocês têm sido aqueles que propagaram a palavra, de diferentes modos.

Hoje, escutem a minha palavra, porque ela vem pôr fim a tudo o que vocês têm atravessado, a tudo o que lhes parece, por vezes, tão fácil ou, ao contrário, tão difícil.

Recoloquem-se, reposicionem-se em mim, como eu me recoloco em vocês.

Nada mais há a fazer, nada há, mesmo, a demandar.

Sejam vocês mesmos, sejam esse coração amoroso que vocês são, nada temam desse mundo, porque ele nada pode contra vocês e ele o poderá cada vez menos, quaisquer que sejam as aparências.

Se vocês têm a comer, comam; se vocês não têm mais a comer, jejuem.

E se vocês deram demasiado, não têm mais necessidade de qualquer nutrição, nem espiritual nem material, vocês reencontram e reencontrarão a verdade da Eternidade, a potência da Graça, a potência da Luz e do Amor, aqui mesmo.

Vejam isso, reconheçam-no.

Para isso, vocês não têm necessidade nem de percepções nem de seu mental, vocês têm apenas necessidade de deixar desenrolar-se sua vida, com a mesma atitude, com o mesmo Amor, com a mesma incondicionalidade de sua Presença.

Então, sejam felizes, sejam leves porque, em breve, tudo será leve e tudo será feliz.

Vivam sua Liberação do modo pelo qual vocês têm que vivê-la.

Aceitem tudo porque, em definitivo, mesmo se vocês não o saibam, é, muito exatamente, o que vocês escolheram e decidiram para viver o meu Apelo.

Não haverá, jamais, circunstâncias melhores do que aquelas que vocês vivem, nesse momento mesmo, quaisquer que sejam os gritos e os sofrimentos e o ranger de dentes, por vezes, desse corpo ou dessa personalidade que vocês desempenharam desde sua última encarnação nesse mundo.

Cada coisa está em seu lugar.

Não pode, doravante, existir qualquer erro, porque o quadro temporal que termina, é perfeitamente fixado pelas forças da Luz.

Então, é claro, as reações da sombra residual, quer ela esteja em vocês ou em seu exterior, podem, ainda, fazer truques.

Mas qual importância isso tem em relação à Eternidade?

Pesem o pró, pesem o contra.

Olhem, objetivamente, com seus olhos de carne, o que se desenrola em sua vida.

Não julguem o outro, não se julguem a si mesmos, não julguem o que se desenrola, isso é apenas a consequência direta da ação de desconstrução realizada a partir das Núpcias Celestes, pelo Arcanjo Miguel.

O Arcanjo Uriel tomou as rédeas, vocês sabem disso; a Obra no Branco começou há um ano e conclui-se agora.

É tempo de restituírem-se a si mesmos, é tempo de não mais sofrer pelo que quer que seja que pertença à ilusão.

Em qualquer idade que vocês estejam hoje, em qualquer condição que estejam, retenham que só a Graça salvará vocês.

Então, meu Apelo, que alguns de vocês começam a ouvir, não o chamado por seu nome, que assinalava meu Apelo à época, mas, hoje, o Apelo da Luz, diretamente, e de meu Filho, fazem-se sentir em vocês.

Olhem os momentos nos quais vocês desaparecem desse mundo, olhem os momentos nos quais a paz ganha vocês, nas circunstâncias, por vezes, as mais terríveis de seu corpo ou dos eventos que vocês têm a viver, porque vocês sabem que não são isso, mesmo se isso os afete, ainda, de momento.

Isso é feito apenas para encorajá-los a estarem em sua eternidade.

No momento em que meu Manto Azul depositar-se sobre seus ombros, no momento em que as Trombetas ecoarem, não mais, unicamente, em alguns lugares, mas no conjunto da Terra, de maneira simultânea, ao mesmo tempo em que os sinais do céu aparecerem, aí está a Luz.

É claro, as forças da sombra jogarão nisso para tentar arrastá-los ao medo, ao conflito, ao sofrimento e à zombaria, mas vocês sabem, pertinentemente, que isso não existe.

E se vocês não percebem isso ainda, a partir do instante em que o segundo sinal celeste for visível, vocês saberão, de maneira distinta e formal, que o que eu lhes digo, hoje, é totalmente verdadeiro.

Mesmo se ainda exista, até hoje, algumas dúvidas em vocês, não em relação à solução final nesse mundo, mas, justamente, em relação a si mesmos, não tenham medo.

Os eventos desse mundo que se desenrolam, atualmente, são, muito exatamente, aqueles que haviam sido previstos para a Luz e pela Luz.

Mesmo se alguns joguem com isso e pensem poder perturbar a Luz, lembrem-se de que nada mais poderá permanecer escondido.

O TEMPO DO APOCALIPSE TOCA AO SEU FIM.

Os sinais celestes vão aparecer a vocês, independentemente da segunda Estrela, cada vez mais claramente, progressivamente e à medida que a pressão da vibração e da Luz tornar-se cada vez mais intensa, em suas estruturas efêmeras, para fazê-las desaparecer, efetivamente, segundo o caminho que foi escolhido por sua alma, por seu Espírito e por sua consciência.

Olhem, olhem-se uns aos outros nos olhos, não trapaceiem, exprimam, realmente, a verdade do que vocês são, em cada circunstância porque, se vocês agem no estado de Graça ou da ação de Graça, não poderá haver qualquer oposição diante de vocês, nem entre vocês.

Só a pessoa, a personalidade, o ego, como vocês o chamam, pode, ainda, pôr-se no caminho.

Então, aceitem ver o que pode restar, ainda, e, sobretudo, não se julguem, mas atravessem isso.

Vocês são seres de Amor e são amados, de toda a eternidade; vocês devem, agora, assumir o que vocês são e não mais o que acreditam ser na superfície desse mundo.

Qualquer que seja sua idade, qualquer que seja sua riqueza ou sua pobreza, em qualquer nível que seja, vocês vão aperceber-se de que isso é bem irrisório, o que quer dizer que a Eternidade ganha em presença, o efêmero apaga-se.

Vocês sabem disso, vocês o vivem, alguns de modo, por vezes, mais importante do que outros.

Mas lembrem-se: os primeiros serão os últimos, os últimos serão os primeiros.

Então, não se preocupem mais, exceto com o que se produz, diretamente, na carne desse corpo e em sua vida.

Não façam mais qualquer projeção, nada mais procurem, sejam, simplesmente, Amor e amorosos.

A partir desse instante, a Graça preencherá vocês, as Presenças luminosas estarão ao seu lado, dia e noite, como o fazem, hoje, aqueles que se têm em vórtices multidimensionais, os povos da natureza ou, ainda, as Presenças que acompanham vocês.

Quer sejam seus anjos guardiões, quer seja a minha Presença, ou uma de minhas Irmãs, um dos Anciões ou qualquer outra Presença que se manifeste de maneira conforme e em acordo com a Luz, tornar-se-á, para vocês, cada vez mais acessível, qualquer que seja seu estado vibral, como vocês dizem.

Assim, meu Apelo de hoje é um Apelo solene, porque não haverá outro apelo antes de minha vinda.

O Apelo da Luz é suficientemente premente, a cada dia, para não mais ter que procurar o que quer que seja como explicação, como justificação, como prova.

Fiquem, vocês mesmos, o mais simplesmente possível, não reflitam em qualquer consequência, fiquem na espontaneidade a mais total, em toda relação e, também, em seu ser interior, em sua eternidade.

Fiquem na paz e vão na paz.

A Luz está em vocês, o sangue vem lavar suas vestes do cordeiro, ele vem chamá-los um a um.

Os Anjos do Senhor, que se reúnem em seus céus e que são cada vez mais vistos agora, não poderão mais, agora, impedir a ação das forças Micaélicas nesta Terra, que vem, por sua vez, desposar a Terra em um estrondo cósmico que é apenas a última Trombeta, aquela que faz cair os muros da ilusão nesse mundo, como aqueles que possam restar em vocês.

Meu Apelo solene é um chamado ao Amor, um chamado à Verdade.

Em vocês e na manifestação de sua consciência, por sua Presença amorosa, vocês são o bálsamo.

Por sua Presença amorosa, tudo se resolve em vocês, sem refletir, sem procurar, sem buscar o que quer que seja mais.

Vejam isso, porque vocês vão vê-lo, cada vez mais, até que isso se torne cada vez mais brilhante e cada vez mais verdadeiro, se posso dizê-lo.

SEJAM VOCÊS MESMOS.

Quaisquer que sejam a ausência de vibração ou as vibrações que os percorrem, deixem-nas percorrer livremente, assim como o que acontece em sua vida, deixe, simplesmente, acontecer, não resistam.

Porque mesmo o que pareça, hoje, fazê-los reagir, aparecer-lhes-á como estéril em muito pouco tempo, porque tudo tem um fim e o tempo do Choque da humanidade terminou.

É tempo, agora, de vivê-lo, de maneira coletiva e não mais individual.

Isso provocará um formidável empurrão, se posso dizer, de Amor e de impulso de Amor.

Muitos de vocês cairão de joelhos, em lágrimas, muitos de vocês baterão no peito, com um desespero aparente, por terem ignorado tanto tempo a minha Presença e o meu Apelo, e a própria eternidade.

Esses serão salvos por minha Graça, no último minuto.

Então, não os julguem, não os condenem, porque quem entre vocês conhece a verdade de cada um?

A única verdade que vocês conhecem, ou que deviam aceitar e que deverão aceitar, é que cada consciência presente na superfície desse planeta, qualquer que seja seu comportamento, qualquer que seja o que lhes pareça contrário à Luz, faz apenas refletir o medo que o habitava, que o impede de descobrir seu próprio coração.

Não se inquietem por nada, nem pelas situações nem pelos eventos nem pelo que quer que seja que se desenrole em sua vida.

Voltem-se para si mesmos, voltem-se para a Eternidade, agora, a hora chegou.

É tempo de entrar em si, então, se para isso, vocês devam encontrar uma caverna, então, façam-no.

Se, para isso, vocês devam, enfim, perdoar e reencontrar aqueles a quem vocês não perdoaram, então, façam-no, porque é a hora da reconciliação, aquela na qual vocês aprendem que são pó e que retornarão ao pó em seu corpo efêmero.

Qualquer que seja o modo pelo qual isso se produza, vocês estarão na alegria, porque eu estarei em vocês e com vocês, porque os Irmãos intergalácticos estarão, também, presentes, aqueles de suas origens estelares, aqueles de suas linhagens.

Nós estaremos, todos, aí, não para salvá-los, porque vocês sabem, há apenas vocês para salvarem-se a si mesmos, acolhendo meu Filho e acolhendo-se a si mesmos e ouvindo o meu Apelo.

O Manto Azul da Graça dará a vocês tudo o que é necessário para nutri-los.

Não haverá mais necessidade de alimentos exteriores, não haverá mais necessidade de procurar no olhar do outro o Amor, porque vocês o descobrirão olhando em si, porque vocês o descobrirão abrindo seus olhos e vendo o céu rasgar-se, o que põe fim à ilusão, de maneira total.

É claro, ISSO É AGORA.

Vocês sabem disso, há, em cada ano, aliás, datas importantes, datas que são memórias que transcendem a memória desse mundo, e que são ligadas a ciclos cósmicos bem mais vastos, mesmo, do que aqueles que vocês conhecem aqui, a partir desse ciclo de confinamento ou a partir de todos os ciclos de confinamento, se alguns de vocês viveram vários deles.

Deixem explodir sua alegria, deixem explodir o Amor, nada retenham, soltem tudo.

A HORA CHEGOU.

Filhos bem amados, permitam-me oferecer-lhes aqui, como para todos aqueles que me ouvirão e que me lerão, esse Apelo solene na Graça, por minha Presença e por sua Presença, pela Graça dos quatro Arcanjos que me acompanham nesse instante, pelo Espírito do Sol e o Coro dos Anjos, por Cristo.

Eu deposito, em vocês, o júbilo e a alegria, aquela da Liberdade.

Eu deposito, em vocês, a liberdade de sua eternidade.

Eu deposito, em vocês, o que vocês são, que bate à sua porta.

Vocês são os amados do Amor, porque vocês são o Amor amado.

A cada noite, as minhas bênçãos acompanharão vocês.

Vocês tem, todos, a possibilidade, no momento em que se colocam na cama para mergulhar no sono, de conectarem-se à minha Presença, ao Manto Azul da compaixão, ao Manto da Graça, para descobrir que vocês são isso.

Então, sim, o canto de alegria ressoa em vocês.

Então, sim, a Luz está aí, quase inteiramente.

Ninguém poderá ignorá-la, ninguém poderá negá-la.

Regozijem-se.

Amem-se uns aos outros, como Ele os amou.

Amem, sobretudo, aquele que os culpa, amem, sobretudo, aquele que lhes pareça sombrio, porque tudo isso nada é ao olhar da Eternidade.

E lembrem-se de que aquele que é sombrio e que tem a consciência nele é apenas o reflexo do medo exteriorizado e manifestado, e que, para além das camadas de medo, há o mesmo Amor que aquele que habita vocês.

Então, é claro, são esses seres, essas forças opostas à Luz que têm mais necessidade de seu Amor, não enviando a eles o Amor, mas, bem mais, mostrando-lhes que vocês são Amor, o que quer que eles lhes digam, o que quer que eles lhes façam, como foi o caso para os primeiros cristãos após a vinda de meu Filho.

Acolham.

Eu deposito em vocês, novamente, a vibração, primeiro, do Arcanjo Gabriel, Arcanjo da Anunciação...

Eu deposito, em vocês, em seguida, o Manto Azul de Miguel, que é o mesmo que o meu, o Guerreiro da Luz, aquele que porta a Luz, não mais na fronte, mas no coração, deposita-se em vocês...

Eu deposito, em vocês, a Graça do Arcanjo Uriel, aquele que os fez vibrar e que cantou os cantos da Liberdade em vocês, que eu os reengajo a escutar, para estabilizarem-se neste período, não ler, mas, sim, escutar o que lhes havia sido cantado há alguns anos...

E, enfim, eu deposito, em vocês, a compaixão, o Amor e o sentido da relação do Arcanjo Anael, aquele que os acompanhou em sua irradiação e sua Presença, na liberdade do Amor, na liberdade da Eternidade...

E eu deposito, enfim, em vocês, a totalidade de minha Presença e de meu Amor, para que vocês me reconheçam inteiramente, no que vocês são e no que eu sou.

… Silêncio…

É tempo, agora, de esquecer-se de todos os jogos nos quais nós jogamos para permitir-lhes chegar a esse momento, para despojá-los de tudo e serem vocês mesmos, ou seja, sua Presença eterna, que se basta para si mesma na Graça e na Luz que investe nesse plano, inteiramente.

… Silêncio…

Eu os amo, meus filhos.

Porque vocês são os filhos da Criação, vocês são os filhos da experiência.

Qualquer que seja seu posicionamento futuro no Absoluto, em seus estados multidimensionais, vocês verão que isso não faz qualquer diferença.

Nada procurem atingir que vocês não tenham atingido, sejam, simplesmente, vocês mesmos.

Vocês descobrirão, então, a confiança na Eternidade, aquela que passa de qualquer vibração, de qualquer projeção da consciência.

Sejam felizes, porque vocês são seres de felicidade, não aquela desse mundo que obedece às satisfações dos prazeres ou desejos, mas intrinsecamente, sem depender de nada mais.

Então, permitam-me depositar o beijo de minha Presença em sua face esquerda.

Agora que o Canal Mariano está suficientemente alinhado com suas Coroas, vocês vão sentir-nos cada vez mais presentes em sua carne.

Que a Paz, o Amor, a Luz e a Verdade estejam presentes.

… Silêncio…

Eu rendo graças por seu acolhimento, eu rendo graças por sua escuta, eu rendo graças por sua leitura.

Meus filhos, OS TEMPOS SÃO CHEGADOS.

Onde quer que seja seu lugar, nós não poderemos, nunca mais, deixá-los.

Quer vocês estejam estabelecidos ao mais próximo da Fonte, quer estejam estabelecidos além de toda forma de manifestação de consciência ou que tenham decidido experimentar a matéria, mas liberada do medo, é o mesmo Amor que se deposita em vocês.

Até logo.





Post. e Formatação
Semeador de Estrelas.
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação
Célia G.
Leituras Para Os Filhos da Luz.

Fonte: https://lestransformations.wordpress.com/

Esse trabalho de divulgar e traduzir as mensagens de luz,

para todos aqueles que no mundo estão envolvidos com 
sua sobevivencia possam vislumbrar o caminho da luz. Isso
exige muito tempo disponível, sendo quase impossível se
dedicar a ganhos externos, alguns tem aposentadoria ou rendas
mas muitos sacrificam-se para trazer  informações a seus irmãos e
passam por situações difíceis financeiramente, mas não desistem
desse trabalho.Toda contribuição é motivo de grande gratidão.

Se puder, por favor, considere uma 

contribuição para Célia  aqui

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...