08/12/2011

GEMMA GALGANI – 4 de dezembro de 2011


Eu sou GEMMA GALGANI. 

AUTRES DIMENSIONS.
5 de dezembro 2011

Irmãos e Irmãs na humanidade, dignem-se acolher o Amor que nos Unifica e nos Libera.
Eu sou, portanto, neste dia, a terceira Estrela a intervir junto a vocês.
Eu porto a Vibração da UNIDADE.
Já tive a oportunidade, em numerosas reprises, de exprimir certo número de elementos concernentes a essa Vibração.
Eu intervenho, portanto, após minhas Irmãs MA ANANDA e TERESA, a fim de prosseguir tudo o que pode ser em relação e em ressonância com o Amor, no sentido Vibral, a fim de – por minha Presença, pelas palavras que exprimirei e por nossa troca – permitir-lhes aproximar-se e viver, talvez, sua Ressurreição nos mundos da Unidade, da Verdade e da Beleza.
Além de nossa Presença comum, vamos trocar – como o fizeram minha Irmãs, anteriormente – a fim de, se isso for possível, aproximar-se e viver a Unidade.
Assim, além de seus questionamentos e de suas interrogações, eu responderei, é claro, pelas palavras, pelo Verbo, pela Vibração do Éter, a mais capaz de fazê-los conjugar o verbo Amar, na Comunhão de nossa Presença.
Através do que vocês têm a perguntar-me, eu responderei por esse Verbo, que favorece, de algum modo, nossa Comunhão uns com os outros.
Num segundo tempo, eu impulsionarei, no espaço do Alinhamento, por minha Presença (e, também, pela Vibração de minhas duas Irmãs que me precederam), o processo de Fusão dos Éteres, que os põe a viver o ponto ER da cabeça (ndr: no cruzamento das linhas AL / OD e IM / IS, ao nível, portanto, da moleira posterior, o alto da cabeça) e do Coração (ndr: o côncavo do esterno), que os conduz – eu penso, para inúmeros de vocês, aqui e em outros lugares – a fazer a experiência dessa Comunhão com a FONTE (que representa o ponto ER do peito).
Estado de Graça que permite conjugar a UNIDADE e o ponto AL da Alma, na mesma Vibração, no mesmo Coração, na mesma infinidade do Amor.
Então, vamos, de próximo em próximo, num primeiro tempo, aproximarmo-nos da Essência da Consciência.
Eu escuto, portanto, tudo o que pode concernir, em vocês, o princípio, o fundamento da Unidade, da Vibração e do Ser (ndr: todos os pontos são desenvolvidos na rubrica “protocolos").

Questão: o mundo animal sobe, igualmente, em Vibração?
Irmão bem amado, não existe uma Consciência, sobre esta Terra (no interior desta Terra), como no conjunto desse Sistema Solar, que possa subtrair-se à Luz, ao Amor e à subida Vibratória.
A cada Consciência, onde quer que ela esteja, em qualquer reino que seja, é oferecida a Graça da Luz e, portanto, a possibilidade de viver a Comunhão e a União no UM.
Trata-se, portanto, propriamente falando, de uma Ressurreição total do conjunto desse Sistema Solar, que responde – se tal é sua escolha – à recordação do Juramento da FONTE UNA, para permitir juntar-se às esferas da Liberdade e da Liberação, para toda Consciência presente sobre esta Dimensão.

Não temos perguntas.
 
Irmãos e Irmãs bem amados, vou, portanto, prosseguir pelo Verbo, deixando-me guiar por nossa Comunhão, no espaço de nossa Presença comum.
A Unidade confere a Alegria e é Amor.
A Unidade, nesse mundo, os faz penetrar nos espaços Multidimensionais, pondo fim à presença dos véus e liberando, portanto, sua Presença, que é Amor, que lhes dá a ver – a perceber, a viver a Vibração do Éter, da Luz, que lhes dá a ver, sem intimidá-los, com majestade, com respeito, as Presenças das Outras Dimensões, aquelas nas quais não existe qualquer separação e qualquer divisão.
A Unidade reforça sua Alegria, os faz transcender, em Verdade, os limites desse mundo (como seus limites, como os limites desse corpo), aportando-lhes a prova indelével da Verdade das Outras Dimensões e de sua Presença tão aguardada (tão esperada), que lhes dá a experimentar o Sopro da Consciência, que os conduz a descristalizar – a deslocalizar-seda Dualidade inexorável desse mundo, que os conduz a sair da Ilusão desse mundo, a provar-lhes que a densidade da Luz é, efetivamente, a única Verdade à qual vocês podem oferecer-se (e oferecer sua Consciência), a essa Alegria inefável, perpétua e infinita, que contrasta, ainda mais, com os limites desse mundo (as leis desse mundo no qual vocês estão), que põe fim, em Verdade, a todo confinamento da Consciência, propiciando, também, à sua Consciência (mesmo ainda limitada por esse corpo e pelas estruturas residuais desse mundo), a conscientizar-se, pela vivência e a experiência – e não mais por qualquer crença do Amor, o sem limite.
Um espaço no qual não pode existir a mínima Sombra portada, a mínima resistência.
Um espaço no qual reina aquilo de que vocês têm sede, desde o tempo de suas encarnações, que lhes dá a viver a Luz, não num distante qualquer ou em outra Dimensão, não para um depois, mas, efetivamente, para um presente.
Então, vivendo a Luz, vocês a absorvem e tornam-se ela.
Cada um de vocês vive, à sua maneira, sua Unificação com a Existência, permitindo-se juntar-se ao Si (os domínios nos quais não pode existir a mínima competição, a mínima ilusão, a mínima projeção), nos quais se pode viver – para além de todo véu o Coração a Coração, que os faz descobrir, à sua consciência estupefata, a realidade de sua vivência, a realidade de suas percepções, inscritas na carne desse Templo, desse corpo, no qual se realiza sua alquimia.
Assim, a Luz os conduz à Unidade.
Ela os porta – e ela os transporta – nos espaços, para além de todo espaço, nos quais nada há a reivindicar, porque a evidência é a regra, porque a Alegria é a constante.
Então, descobrindo isso, à sua maneira, a Unidadepela revelação da Luz – realiza essa Fusão dos Éteres de seu corpo e de seus corpos.
O Espírito mostra sua majestade.
Vocês tomam, então, consciência do Ilimitado, de sua morada de Eternidade.

Vocês podem dizer, então, como CRISTO: "Eu e meu Pai somos UM", não porque isso seja uma crença, mas porque é a Verdade que vive sua carne, seus olhos, seus sentidos e, sobretudo, seu Coração.
Os Anjos aparecem-lhes, não como uma representação ou uma imaginação, mas, efetivamente, como Acompanhantes que dançam ao redor de vocês e em vocês.
Não há mais diferença, na Unidade, entre qualquer alto e qualquer embaixo.
Vocês estão no alto e vocês estão embaixo, porque há Unidade.
Vocês estão dentro e estão fora, porque essa fronteira não existe mais.
Vocês são vocês, mas não unicamente: vocês são o Tudo.
A Unidade dá a ver e a viver os sentidos da Criação, os sentidos dos Mundos e das Dimensões.
Vocês constatam, por sua experiência que, quando nós dissemos que estávamos na orla de sua Dimensão, que isso é a Verdade, porque vocês a vivem.
Vocês nada mais têm a crer, porque a Unidade é evidência, porque seu Coração abrasa-se de um Amor infinito, porque, então, vocês Vibram a essa última Verdade do que vocês são, do que nós somos.
A Luz não tem mais cor, porque tudo se funde e todo corpo representa e Vibra cada corpo, qualquer que seja a Consciência e qualquer que seja sua Dimensão.
A Unidade é Comunhão com as outras Dimensões.
A Unidade é percepção das outras Consciências e das outras Dimensões.

A Unidade é a resposta, porque, vivendo isso, vocês percebem, então, que tudo o que era antes disso – qualquer que seja a glória ou o sofrimento – nada era, comparado à incomparável Beleza da Luz.
Essa Luz, visível além dos sentidos, dá a vocês acesso ao Éter.
Vocês são, naquele momento, nutridos à saciedade, à profusão, pelo Amor.
Vocês tomam consciência de que cada átomo, cada partícula que os constitui é Amor.
Nenhuma Sombra pode mais desviar o curso da Consciência Unificada (essas sombras que, ainda no instante anterior, podiam resistir, por condicionamento e por esquecimento, à Verdade de sua Luz).
Vocês nada mais têm a proclamar, nada mais a aclamar, porque vocês São.
Realizando, então, o Ser, vivendo o Si em sua Existência, vocês podem dizer, como CRISTO: "Tudo está consumado".
Após ter entregue seu Espírito no Coração do Pai, na Unidade, vocês percebem, então, que não há mais distância, que não há mais barreira e mais véu, que tudo é Transparente, a começar por vocês.
Como o conjunto de Consciências que vive nessas Dimensões, vocês vivem e apreendem que não estão mais separados, que não estão mais divididos, que o medo desvaneceu-se, que vocês são o conjunto da Criação e da Vibração, que nenhum limite pode ser imposto à Consciência.
Desse modo e sobrepondo seu éter limitado ao Éter Ilimitado – realiza-se a Fusão de sua Consciência à nossa Consciência, do Espírito que anima essa Consciência ao Grande Espírito à FONTE UNA – na qual todos somos religados e ressoamos na Liberdade a mais absoluta, no respeito o mais total e no Amor o mais autêntico.
Vocês apreendem, então – porque o vivem – que não são nem pequenos, nem grandes, nem nada, completamente, mas, bem mais do que isso, porque tudo é UM.
Então, na Unidade, sua visão, mesmo limitada, desaparece.
É-lhes dada a ver e a viver a Graça da Luz, a Graça da Verdade, que os conduz, então, a reconsiderar seu lugar nesse mundo, que os conduz a aquiescer ao apelo do CRISTO, que vem dizer-lhes: "Ame e siga-me".
Então, a Consciência descobre-se, ela mesma, em tudo e em todos, em cada um, na mesma humanidade, que não depende mais do humano, mas, efetivamente, de uma humanidade inscrita no conjunto das Dimensões, no conjunto dos Mundos.
O Anjo fala-lhes e chama-os.
As Consciências roçam-se, tocam-se, penetram-se, sem alterar-se.
Aí está a Unidade e o Amor.

A partir do instante em que vocês começarem a viver isso, à sua maneira, vocês descobrirão espaços que lhes pareciam inacessíveis anteriormente: de Paz e de Bondade, e, sobretudo, a cada experiência, vocês reforçarão a própria experiência e, portanto, a Unidade, que os conduz a estabelecer-se nesse estado de Paz, nesse estado de Comunhão.
Nada mais haverá a querer, nada mais a desejar, nada mais a temer.
Apenas viver a Consciência sem limite, sem freio, sem questão.
Vocês percebem, então, o que vocês são.

Vocês se conscientizarão, inteiramente, das Vibrações e das palavras dos Arcanjos, quanto ao modo deles de nomeá-los e de chamá-los, porque vocês estarão, para além de qualquer nome e para além de qualquer chamado, pondo fim, assim, à ilusão de qualquer confinamento, de qualquer limite.
Sua Consciência tornar-se-á, então, cada vez mais, um canto de louvores e de ações de Graça.
O Som do Céu e da Terra tornar-se-á a melodia dos Universos, melodia da FONTE, canto da Unidade.
A Luz Branca é nossa morada.
Ela é Criação, Infinita e Indefinida, que não se limita a qualquer localização, a qualquer tempo, a qualquer espaço, porque a Consciência Unitária é uma Consciência sem tempo e sem espaço, uma vez que todos os tempos e todos os espaços são a Verdade.
Vocês trabalharão, então, nos Ateliês da Unidade, que consistem, simplesmente, em estar Presente e ser a Alegria.
Vocês estarão, então, resgatados.
Vocês apreenderão, então, que nada há a aperfeiçoar, porque o Espírito e a Consciência são perfeitos, tais como eles são, de toda a Eternidade, e que todas as experiências são acessíveis à Consciência.
A Unidade vem consumir, em definitivo, o conjunto de limites resultantes dos véus postos e apostos nesse mundo.
A Luz convida cada Irmão e cada Irmã, a cada minuto, a tornar-se Transparente, a nada mais reter, a não ser o Ser perfeito que nós somos, todos.
A Unidade será sua Alegria de cada instante.

Vocês são inumeráveis, no espaço desta Terra, a conscientizar-se disso, dando-se a reconhecer-se (para além de qualquer palavra, para além de qualquer parecer, para além de qualquer ilusão), porque vocês vivem a Verdade, não a verdade de cada um, pessoal, mas a Verdade da Luz, que é UNA.
Então, vocês poderão dizer que o Amor é a única Verdade e que vocês são amados, para além de tudo o que vocês podem crer ser o Amor.
Aí estão as algumas palavras do Verbo do Amor, que traduzem a Unidade que se instala.
Não, vocês não estão sonhando, mas saem do sonho pra entrar na Verdade.
Não, vocês não estão sonhando.
Nada há a perder no Amor.
Não, vocês não estão sonhando, o que vocês vivem e Vibram é a Verdade de toda Consciência.

Quando os véus do sofrimento e da Ilusão são levantados, vocês são bem mais do que poderiam – ou ousariamimaginar.
Não haverá mais questão, porque a evidência será sua respiração, porque a evidência será a Luz.
Os últimos envelopes dos limites desse corpo que vocês habitam rasgam-se, nesse momento mesmo, levando-os – e conduzindo-osà Liberdade do Ser, aquele que não pode ser condicionado pelo que quer que seja (ou por quem quer que seja), porque sua Essência é Liberdade e Luz.
E a Luz é Liberdade, na Unidade.

Vocês viverão, então, à sua maneira, sua instalação na Verdade, que lhes dá o bálsamo e a nutrição para assentar, com a Terra, o tempo coletivo a vir.
Sua Presença na Unidade, no Amor, vem amortecer e limitar o choque de todo sofrimento da persistência de qualquer Ilusão, que espera que se estabeleça esse tempo coletivo da Unidade.
O estado de Ser que vocês tocam, à sua maneira, reforça-os em suas escolhas e, também, na Humildade e na Simplicidade da Unidade.
Seu olhar e sua Consciência não poderão mais, jamais, separar e dividir quem quer que seja ou o que quer que seja.
Vocês descobrirão, então, que sua única razão é ser o que vocês são: Amor e Luz.

Então, nós, Estrelas, e o conjunto de Luzes que estão à sua Porta, estendemos-lhes a mão do Coração, para celebrar, além de todas as Núpcias, nossos Reencontros eternos, que lhes dão o bálsamo que virá pôr fim, por sua Graça, a todo sofrimento, a toda falta, a todo problema, porque o Amor é a solução e é, sobretudo, um espaço no qual não há mais lugar para qualquer problema.
Nesse estado em que a Unidade instala-se, vocês deixarão instalar-se, em cada Irmão, em cada Irmã, o que deve instalar-se, por respeito à Liberdade imprescritível e absoluta deles.
Mas sua Presença amorosa será, para eles, um bálsamo, como nós somos, para vocês (que apareceremos à sua Consciência), o mesmo bálsamo: aquele do Amor.
Seus olhos e seus sentidos, na Unidade, não poderão mais, então, ser afetados, de maneira alguma, por zonas de Sombras persistentes desse mundo, porque vocês terão se tornado, na Unidade, a Luz do mundo, a Luz da Beleza e a Verdade.
Vocês se conscientizarão, então, de que a Vibração é, também, um espaço de Paz absoluta no qual apenas a Consciência é consciente dela mesma, como de toda Consciência, para além de qualquer distância e de qualquer Dimensão, e que a Liberdade é o Fogo do Amor.
A Unidade é o bálsamo e o que vocês vivem é a prova absoluta, para sua Consciência, da Verdade da Luz, não como crença ou ideal, mas, efetivamente, como Consciência vivida e realizada.
Pouco a pouco, então, vocês se estabelecerão com confiança, certeza, na Verdade.
A Alegria é o motor.
A Graça é o transdutor.
A hora é para viver a Paz da Consciência, da Felicidade absoluta.

Irmãos e Irmãs bem amados, aí está o Verbo que posso acrescentar na dança e na Vibração da Unidade.
Vocês têm algo a falar ou a dizer?
Têm a perguntar?
 
Não há perguntas.

Irmãos e Irmãs bem amados, eu rendo Graças à sua Presença e, sobretudo, ao seu acolhimento, à nossa Ressonância na Luz.
Eu me retiro, então, em alguns instante, em seu Templo, que é o meu, a fim de viver, durante o espaço de Alinhamento (bem além desse espaço, aqui como por toda a parte), pela Vibrância das três Estrelas que os acompanharam: AL (ndr: MA ANANDA MOYI), PROFUNDIDADE (ndr: SANTA TERESA DE LISIEUX) e UNIDADE (ndr: GEMMA GALGANI), que os conduzem a viver a Fusão dos Éteres no ER da cabeça e do Coração, como no ER de cada uma das células desse Templo (do qual vocês têm o encargo) que vocês devem Liberar.
Eu lhes digo até dentro de alguns minutos, com minhas Irmãs, em vocês como em cada um de nós e, ainda uma vez, eu rendo graças à Luz UNA, de Consciência a Consciência, no Espírito e na Verdade.
O Verbo se fez carne, um dia, a fim de que essa carne torne-se o Verbo.
Essa Alquimia é exatamente o que vocês vivem e o que nós vivemos, com vocês.

Até daqui a alguns instantes.


... Efusão Vibratória / Comunhão...



Tradução para o Português e divulgação:
               Célia G.
http://leiturasdaluz.blogspot.com

Post. e Formatação:


Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...