09/05/2013

Mensagem de Karen Bishop

"As energias que chegaram com 
a transição de Maio
 foram intensas". 

RETORNANDO ANTES QUE AVANCEMOS 
NOVAMENTE

8  Maio 2013 

Há importantes notícias a compartilhar, assim eu senti que é importante oferecê-las através de uma nova mensagem, antes que avancemos novamente.

 Desta vez estamos avançando de uma forma muito expressiva.

Após o grande influxo de energia de vibração mais elevada em 15 de Abril, foi-nos dada a oportunidade de “retornarmos”.


 Isto significa que as coisas se abrandaram por algum tempo e que não estávamos mais seguindo a plena velocidade, com intensos movimentos de retorno e avanço (embora nós realmente avançássemos várias vezes durante este período), mas de uma forma muito mais suave.

Semelhante a uma experiência de morte, quando deixamos uma realidade por uma muito nova, e em todos os sentidos desta vez, temos a oportunidade de cuidar de todos os negócios inacabados antes de partirmos.

 O período do dia 15 de Abril, até a semana de 1º de Maio, foi relegado a nossa própria cura pessoal e para examinarmos coisas  que poderíamos ter feito de forma diferente no passado. 

Foi um momento para o perdão próprio e um momento de compreendermos que Deus já perdoou. 

Tivemos mais um pouco de fôlego, quando as energias abrandaram um pouco e quando pudemos também nos ter encontrado em espaços de alegria e de felicidade, onde o que pudemos ter ansiado no passado, manifestou-se subitamente agora. 

Devido ao fato de que as intensas energias estivessem sob controle por algum tempo, pudemos também ter encontrado uma nova autoconfiança e força também. 

A agenda “normal” de avanços agressivos estava interrompida.

Agora, entram as energias para a semana de 1º de Maio.

 Os últimos dias de cada mês e os primeiros dias do mês seguinte trouxeram rotineiramente um novo nível de energia com um grande alarde.

Fazer a transição enquanto em um estado de fluxo planetário sempre traz uma energia de ajuste, quando fazemos a passagem do dia para a noite e da noite para o dia, e especialmente de mês a mês, e através dos 11 portais. 

Por estarmos entrando no ‘novo” durante estes momentos, eles trazem geralmente energias automáticas de limpeza e similares, pois é vitalmente importante que continuemos neste novo esquema de ascensão, sem permissão para deslizarmos para trás (e é por isto que alguns estão como que mortos-vivos agora).

As energias que chegaram com a transição de Maio foram intensas. 

E, desta maneira, alguns podem ter realmente sido afetados. 

Alguns sintomas de “gripe”, com doenças do tórax no comando foram muito predominantes (área do coração!), além de fadiga, sinusite e dores no corpo, pois estamos entrando agora em um espaço muito novo. 

A energia do coração chegou em grandes doses, e em qualquer espaço em que não estivéssemos em alinhamento com esta grande dose de amor poderia facilmente se tornar predominante.

 Pois esta energia eliminava quase tudo, talvez recebendo uma das últimas ondas da partida, antes que o grande advento da reconexão chegue em Junho.

Este foi um grande movimento de energia que abateu muito, e ela chegou porque precisamos estar preparados para alguns espaços muito novos que chegarão em breve. 

Ainda que estejamos nos movendo continuamente para um novo espaço ao longo do processo da ascensão, este movimento de chegada será muito mais substancial.

 Muitos, literalmente, mudarão de residência, os negócios e ocupações irão mudar, e muito mais, pois alcançamos com sucesso a marca dos 50% com o nosso progresso para uma nova grade. 

Situações onde possamos nos ter sentido presos ou cativos nos últimos meses, subitamente irão nos liberar.

 E as energias que chegaram na semana de 1º de Maio, vieram para nos preparar mais plenamente para este espaço muito novo de grande movimentação nos níveis físicos, neste momento.

Tornar-se intensamente fatigado, sentindo-se indisposto, e até experienciando uma dor contínua, pode realmente reduzir algumas partes do ego de nós mesmos, deixando um novo eu que está agora mais aberto à energia do coração e à unidade

Seja o que for que não ressoe com o amor, e o que estiver nos impedindo de dar ou de receber este amor se tornará conhecido, enquanto estas energias continuam a se intensificar. 

À medida que nos tornamos ainda mais vulneráveis, continuamos a nos tornarmos mais os nossos verdadeiros e autênticos eus

Para alguns, um desejo por uma conexão mais profunda com Deus, assumirá a linha da frente mais do que nunca, e veremos que o amor é tudo o que sempre existiu de qualquer maneira, enquanto todos os resíduos continuam a fazer a sua partida.

Deus esteve sempre aqui, o tempo todo. 

Quando estamos no meio de uma crise espiritual ou de uma transição, lembramo-nos raramente quem somos, do que nos tratamos, e com tudo a fazer raramente encontramos a nossa conexão com Deus.

 Mas Deus (Eu Sou) está sempre aqui, zelando por tudo, assistindo-nos e estamos recebendo ajuda de inúmeras formas, ainda que não possamos perceber isto na forma, ou nas maneiras com que elas estão chegando.

 Cada simples pessoa ou situação nos está dizendo exatamente o que precisamos saber, ainda que a mensagem seja um tema contínuo de “não há nada de errado’.

Se pudermos sair do redemoinho das indisposições físicas e de outras calamidades o tempo suficiente para nos perguntarmos “O que está realmente acontecendo aqui? 
Qual é a grande cena?”

 Ou até nos dizermos como o Curso em Milagres nos lembra:
 “Eu posso escolher a paz em vez disto”, poderemos sair de nós mesmos, tornarmo-nos o observador, e nos centrarmos novamente (Eu não posso lhes dizer quantas vezes eu tive que fazer isto ultimamente!).

Estamos todos seguindo na mesma direção. 

Todos nós estamos tendo uma experiência de ascensão. 

Estamos todos nisto, juntos.

 E mesmo quando não podemos imaginar agradecendo à Deus por tudo o que experienciamos, agradecer ao Pai enquanto oramos, constrói uma ponte que traz uma correspondência. 

E quando saímos do caminho (o que não é tão difícil de fazer com todos os delírios que possamos nos encontrar experienciando), Deus nos carrega precisamente para onde precisamos ir, e o Pai sempre sabe onde precisamos estar, ainda que nós não.

 Somos amados assim.

Do meu coração para o seu,

Karen 







Post. e Formatação

Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br 


Direitos Autorais:
Karen Bishop, P.O. Box 15196,
 Rio Rancho, NM 87174, USA

Um comentário:

  1. A Karen Bishop sempre me disse o que eu precisava saber. Ela sempre me ajudou nos momentos mais difícies e sempre colocou um sentido em tudo o que eu passei desde quando comecei a despertar na espiritualidade. Eu fico muito feliz por ter ela tão preocupada com as pessoas que ela ajuda e tão sempre perfeita nas suas colocações. Eu adoro ela!

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...