07/09/2014

- ARCANJO GABRIEL - É A HORA -

"Abandone todos os verbos de ação, ao mesmo tempo deixando a Vida guiar esse corpo,
 em suas tarefas quotidianas, para que
a Graça revele-se, em toda Transparência,
no não fazer, longe de todo 
conhecimento".

"Você é o que eu sou, como eu sou o que você é".

Transmitido por:
 au coeur de la danse
4 setembro 2014

Bem amado, eu sou Gabriel, Arcanjo,
 que vem, hoje, saudá-lo, saudar sua Presença, sua Eternidade, para Celebrar a Evidência que se revela em você, cada vez mais.

Bem amado, meu Irmão, minha Irmã, eu sou o que você é.

E eu venho anunciar-lhe, mais uma vez, que é a Hora, a hora de reconhecer-se, a hora de deixar todos os brinquedos de lado, brinquedos que não têm mais lugar de ser, que, em face da Verdade que se revela, são obsoletos, além de toda a ilusão.

Há apenas o Sol de Amor, apenas o Fogo de Amor, que é sua verdadeira Natureza, que é nossa Natureza comum.

Ele vem, Ele está aí, Aquele que É, Aquele que nós somos, Aquele que vem fazê-lo dançar, Aquele que o convida ao Renascimento.

Você é Dança, para além de toda falsificação; você é o Amor, o Caminho e a Verdade, o Caminho, o Caminho do Amor não é outro que não aquele da Imobilidade.

Imobilidade de todo movimento, de todo movimento da personalidade; então, tenha confiança, seja tal uma rocha, seja como Cristo o anunciou.

Seja como essa montanha, como o grão de mostarda.

Essa montanha que você pode erguer, porque não há montanha.

Tudo está aí, em você, a cada instante, cabe a você reencontrá-lo.

Para isso, não há que mergulhar, há apenas que deixar a Verdade revelar-se, a Verdade toda nua, nua de toda falsificação, de toda mentira, de todo papel e de toda identificação.

Meu filho, meu Irmão, minha Irmã, você é Isso.

Você é o que eu sou, como eu sou o que você é.

Venha, eu o convido à Dança, deixe-me Amá-lo, deixe-me elevá-lo, porque eu sou o que você é.

E, a partir do instante em que você se deixa levar, você descobre que é apenas Amor, desde a Eternidade, porque nada mais há que não a Alegria, nada mais que não esse Oceano de Amor, que faz soçobrar seu coração, cada vez mais, se você se deixa embalar, se você se deixa acariciar.

Então, você não está isolado, embora esse momento de face a face seja um momento de solidão para muitos de vocês.

Essa solidão é necessária, para que você se reencontre, plenamente, na Profundeza e na maior Clareza, entre os Quatro Pilares. ( S.Estr. - Os 4 Pilares do Coração são: a HUMILDADE, a SIMPLICIDADE, a TRANSPARÊNCIA e a INFÂNCIA - Aivanhov -)
Porque aí está a Verdade, a cada instante.

A cada instante, o que você É está aí...

Então, você nada mais tem a procurar, nada mais a fazer.

Simplesmente, deixar-se ir, deixar-se levar, tal uma folha que descobre sua verdadeira Natureza e que vem Desposar a Evidência, Dança da Unidade, Dança desse Amor reencontrado.

Esqueçam-se de tudo, de todo o resto.

Meus bem amados, aí está a Paz, aí está a Abundância.

Longe das redundâncias, longe de todo jogo.

É tempo de embarcar para a Grande Transumância, para o País da Imortalidade.

É essa sua Infinidade, é essa sua Verdade.

O Amor ensolarado do Fogo Crístico vem tudo perfurar, atualizando, deixando cair todos os véus, fazendo reaparecer o que vocês sempre desejaram, o que sempre procuraram e do que vocês se desviaram, mas que, no entanto, sempre esteve aí.

Venha, Bem amado, meu Irmão, minha Irmã, minha Verdade, minha Eternidade...

Eu o chamo ao Amor e à Dança, eu o chamo a reencontrar-se, em toda Equidade, em toda Integridade.

Nada há a lamentar, nada há a rejeitar, nem nada a renegar.

Tudo é dado.

Tudo foi, é e será, em um mesmo ponto, além de todo ponto, além de todo tempo, além de toda linearidade.

Então, deixe cair todas essas crenças que o mantém em um tempo linear que o transporta de um ponto a outro, que o faz crer que o Um vem a você, a partir de outro ponto afastado.

O Um é o que você É.

O Um É e sempre Foi.

Não há qualquer limite, qualquer separação.

E, hoje, o Amor Verdadeiro vem perfurar tudo, tudo o que você crê, todas essas crenças às quais você aderiu.

Descole-se de tudo isso, reencontre esse espaço para além de todo espaço, para além de todo tempo, aí, onde a Eternidade que você É está, sem corpo, sem limite, manifestando-se por toda a parte e em cada um.

Reencontre o que Está aí...

A cada instante...

Então, deixe cair todos os seus fardos e permita que o Fogo de Amor e da Graça venha guarnecê-lo, o que lhe permite, assim, a Visão clara e precisa do que você É, para além de todo ser e de todo fazer, para além de todo tomar e de todo dar.

Simplesmente isso...

Ouça, nas profundezas de seu Coração, o Apelo de sua verdadeira Natureza, de sua Essência ardente, que vem abrasá-lo, que vem abraçá-lo, que o convida a essa Dança para além de toda dança, sem passo algum, sem movimento algum, simplesmente Aí, Estar Presente.

Presente a si mesmo, Presente ao Amor, Presente ao Fogo Crístico, na Unidade, sem qualquer forma, ao mesmo tempo mantendo esse corpo e essa vida terrestre.

Junte-se a nós, junte-se à Dança, para além de todo «nós», para além de toda «dança», porque nós o esperamos.

Nós o convidamos a incendiar-se...

Deixe esse Coração abrasar-se, deixe o Fogo trespassar, porque é sua Verdade...

Meu Irmão, minha Irmã, você É o Amor.

O Baile dos Reencontros desenrola-se a cada instante, desde sempre.

Então, abandone toda esperança de reencontrar-se em um futuro hipotético, de pensar que amanhã será melhor, que amanhã você terá esquecido mais todas as suas crenças, que amanhã você deixará cair todos os seus fardos e que você será, enfim, Liberado porque – e nós o repetimos – meu Irmão, minha Irmã, você É Liberdade, Aqui, Agora, a cada instante, no Presente, presente além de qualquer tempo, na Presença Final que você É.

Abandone todos os verbos de ação, ao mesmo tempo deixando a Vida guiar esse corpo, em suas tarefas quotidianas, para que a Graça revele-se, em toda Transparência, no não fazer, longe de todo conhecimento.

Eu estou aí, em você, e eu o chamo ao nosso Amor Unificado.

Meu Irmão, minha Irmã, eu o amo, para além de toda personalidade, para além de tudo, porque nós somos UM...

Então, Esteja Presente a si mesmo, porque eu estou Presente em você, desde sempre, tal um eixo, que o atravessa, que o conecta aos Céus solares, os Céus do Pai e da Mãe que vibram em seu Coração e o conectam à Terra, nossa Terra de Amor, que não é outra que não a manifestação da Graça, em toda sua beleza.

Então, seja esse canal, esse , meu Irmão, minha Irmã, a cada instante de sua vida eixo imaculado a nesse mundo, bem Presente no que você É, nesse Silêncio que Dança, sem qualquer palavra fútil, sem qualquer julgamento, mas no Amor, simplesmente.

Um Amor para além de todo limite, que lhe permite, assim, ao mesmo tempo prosseguindo suas tarefas quotidianas, Ser... Ser o que você É, na Simplicidade e na Humildade a mais total.

Eis o meu pedido, meu Irmão, minha Irmã, hoje, para vocês.

Eu os Amo.

Nós somos Graça e Felicidade.

Cabe a vocês, agora, manifestá-Lo.

Até muito em breve.


Os Melquisedeques dirigem a vocês todas as saudações, assim como Maria, nossa Mãe, e as Estrelas, que estão presentes ao meu lado e que os convidam a essa Dança, essa Dança que se dança deixando cair todas as máscaras.



Então, até muito em breve e até já, a cada instante, nesse Coração Vivo.



Post. e Formatação

http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação
Célia G.

Transmitido por:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...