02/05/2016

EL MORAYA - VONTADE E PACIÊNCIA -

"Da vontade e da paciência emana 
uma vibração".

Tudo é vibração!

Mensagem do Mestre
El Moraya 
Atraés de
Monique Mathieu


Sou aquele que vocês chamam
 « o Mestre El Morya »

Vou falar-vos de duas coisas que me parecem importantes: a vontade e a paciência, porque associo um pouco essas duas qualidades humanas.

Porque certas pessoas são dotadas de uma vontade muito mais forte que outros?

 Há muitas razões!

Está bem claro que uma alma que experimentou muito a vida cresceu com a vontade de avançar sempre mais longe no conhecimento dela mesmo, no Amor e na Sabedoria.

Evidentemente, ficará privilegiada em relação às almas muito mais jovens que ainda não adquiriram maturidade suficiente nem vontade para conseguirem evoluir como deve ser.

Há outras razões simples a essa falta de vontade; uma dela é a dependência.

 Uma pessoa que tem uma dependência cria nela uma sujeição; ela programa o seu cérebro (ou o seu subconsciente) de forma tal que ele pede permanentemente que essa dependência seja saciada, quer se trate de alimento, tabaco ou álcool, por exemplo. 

Corpo e cérebro estão ligados.

 Se o corpo se habituou a este ou àquele suporte, não pode passar sem isso; sente uma falta fisiológica e psicológica. 

A programação é tal que o inconsciente, o psicológico e o físico clamam todos juntos, permanentemente, o que lhes falta. 

Para ser eliminada, essa dependência exige à pessoa que a criou uma vontade considerável.

A vontade de um ser cresce em função do número de incarnações da alma. 

A vontade é uma qualidade! 

Quando um ser tem vontade, tudo é-lhe permitido. 

Mas, mais uma vez a vontade deve ser reflectida. 

Não devem querer por querer!

 Não devem espezinhar os outros porque queremos realizar qualquer coisa.

 O que não faz parte necessariamente do domínio espiritual pode ser válido para a vossa própria evolução. 

Por isso a vontade pede reflexão e discernimento.

Quando falo do discernimento em relação à vontade, isto quer dizer que a vontade não tem como finalidade dominar. 

Há seres dotados com uma grande vontade que esmagam os fracos; trata-se então da vontade inferior e da vontade superior.

No vosso andamento, devem sempre adquirir tudo o que for superior e largar totalmente tudo o que for inferior e que vos trava.

Como qualquer qualidade, a vontade trabalha-se pouco a pouco, com a condição que possam dar-se conta que têm falta de vontade.

 Há muitos seres que dizem: tenho um hábito; dizem-no para compensar essa dependência ou parecer ignorá-la; dizem que é um hábito mas não é!

Reflitam bem na forma como devem dirigir a vossa vontade! 

Reflitam no que impede a vossa vontade de estar ativa e o que devem trabalhar em vocês para desenvolvê-la.

A vontade é uma grande qualidade humana que um ser que está no caminho espiritual deve trabalhar. 

A vontade pode igualmente permitir muitas potencialidades nele; ela pode igualmente permitir-lhe abrir de par em par as portas do seu coração, da sua consciência, com a condição, claro, que faça um trabalho adequado com a vontade.

No entanto, certas pessoas deleitam-se nessa falta de vontade porque isso lhes traz prazer, mesmo que por vezes isso lhes traga grandes desagrado. 

Fazem o que têm vontade de fazer e dizem: “não tenho vontade”! 

Então, mais uma vez, tomando bem consciência do que são, e tendo a vontade de trabalhar, elas conseguem muito facilmente, muito mais facilmente do que pensam, desistir de qualquer dependência, de qualquer vício.

Claro, é muito mais fácil para os seres que estão neste caminho espiritual.

 Aqueles que não estão no caminho têm por vezes uma falta de vontade por fraqueza

Então onde situar a fraqueza em relação à vontade?

 Situa-se na falta de energia! 

Certos seres vieram à Terra com um potencial energético muito grande que lhes é muitas vezes dado em função do que têm para cumprir.

Há seres humanos que escolheram vir a este mundo não só para se realizarem o mais possível, mas para cumprirem a sua missão e ajudar os outros com o seu trabalho, sejam eles docentes, médicos, ou outro. 

Nessa altura, a sua vontade é importante, e é sobretudo a energia que emana deles que é importante. 

É-lhes dado sempre a possibilidade de realizarem o seu desejo em relação a uma vontade profunda.

Para poderem trabalhar a vontade, é preciso começarem primeiro por reconhecer essa falta de vontade em relação a este ou àquele problema existencial.

Podemos dar um pequeno exemplo. 

O nosso canal tem uma certa impaciência.

 Se ela trabalhar a sua vontade, colocá-la-á ao serviço da paciência.

 Assim, a vontade pode ser utilizada para servir uma energia que devem transformar, transcender. 

Ela não é a única neste caso! 

Muitos de vocês são impacientes!

Devem trabalhar tanto a vontade como a paciência porque, na vossa vida, vocês são totalmente impacientes.

 São impacientes porque aquilo que a vossa alma deseja não chega suficientemente depressa!

 A impaciência é permanente na vossa vida, mas não a vêem!

 Por isso, aprendam a paciência!

 Aprendam a levar tempo, aprendam a não querer que as experiências da vossa vida vão mais depressa do que devem ir!

A paciência também pede tolerância.

 Está tudo ligado: a vontade, a paciência e a tolerância, porque se a paciência se transforma em impaciência intolerância.

Da vontade e da paciência emana uma vibração.

 Tudo é vibração!

 Tudo o que emana de vocês é vibração!

 Tudo o que emana dos vossos pensamentos é vibração!

 Tudo o que emana das vossas palavras é vibração!

Dizem dos vossos irmãos que não têm vontade: “São fracos”, e eu digo-vos: “não, não são fracos”, porque essa falta de vontade pode vir de uma grande falta de energia e também pode haver problemas de saúde do corpo físico, um abandono frente à vida, um abandono frente às experiências, uma incapacidade de avançar.

Por isso devem ter consideração para os seres que são fracos (e estejam certos que existem muitos no mundo atual), porque não têm a sorte de estar dotados com a vossa vontade, com a vossa paciência (mesmo que por vezes tenham falta dela), essa sorte que lhes permitiria gerir melhor a sua vida.

Nessa falta de vontade, há por vezes revolta. 

Este ou aquele ser revolta-se, talvez por causa de uma injustiça, pelo menos o que eles pensam ser uma injustiça.

 Os seres que pensam que tudo o que vivem os sobrecarrega, que tudo o que sentem os perturba, deixam-se escorregar porque não tiveram a sorte de ser ensinados em relação a eles mesmos.

No entanto, cada vez mais, o trabalho que é feito nos grupos, aquele que é feito em vocês e a vibração que emana de vocês permite-lhes uma grande ajuda no invisível. 

Essa vibração dá força àqueles que são fracos, àqueles que estão revoltados, dá-lhes força para avançarem um pouco mais depressa, para adquirirem o que lhes falta em vontade.

Agora, muitas coisas vão evoluir em cada um de vocês, mas para isso é preciso que estejam atentos.

Agora é preciso que façam um retorno sobre vós mesmos, que tenham plenamente consciência do que são, das vossas fraquezas, da vossa falta de vontade, da vossa não-aceitação da vida e da vossa impaciência.

 É preciso que façam um balanço de tudo isso e que, pouco a pouco, trabalhem o que mais precisam transformar: para um ser que tem falta de vontade, será a vontade, para um ser que tem falta de paciência, será prioritariamente a paciência, para um ser que tem falta de tolerância a sua prioridade será a tolerância

Claro, não se devem esquecer de investigar tudo o resto!

Agora é importante que se coloquem acima de vós mesmos, isto quer dizer que não estejam mais dependentes em relação a tudo o que foram e ao vosso passado, que não estejam mais dependentes seja do que for e vão em frente.

A dependência seja do que for ou de quem for, cria uma falta de vontade e cria também uma vibração inferior que não vos permite avançar como deveriam.

Sei que pouco a pouco, a Luz iluminará a vossa consciência e que a vossa vida terá uma outra viragem.






Post. e Formatação

http://semeadorestrelas.blogspot.com

Fonte: site http://ducielalaterre.org
 Monique Mathieu 

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...