22/08/2012

MARIA – 21 de agosto de 2012

Muitos Irmãos e Irmãs vão dar-se conta de manipulações e de mentiras, e muitos Irmãos e Irmãs, infelizmente, entrarão em reação.

Perdoem e Amem. 

 «tenham sua casa limpa, porque ninguém conhece a data nem a hora de meu retorno» Cristo.

Eu sou Maria,
 Rainha dos Céus e da Terra.

  AUTRES DIMENSIONS.

Filhos e Irmãos na Luz, acolhamos, juntos, durante alguns instantes, o Manto Azul da Graça.

... Acolhimento do Manto Azul da Graça...

Eis-me, novamente, ao seu lado.
Primeiramente, gostaria de dar-lhes alguns elementos, nestes tempos que concorrerão, grandemente, para facilitar sua preparação, ao mesmo tempo, para o meu Apelo se ele já não ocorreu, individualmente – e, também, ao retorno da Luz. 

Há extremamente muito tempo, havia sido dito, pelo Cristo: «tenham sua casa limpa, porque ninguém conhece a data nem a hora de meu retorno».

Alguns Anciões e algumas Irmãs Estrelas deram-lhes elementos importantes sobre a Paz, sobre o «ficar tranquilo» e sobre as condições de estabelecimento na Morada de Paz Suprema.

Ter sua casa limpa não deve ser um esforço, nem mesmo um trabalho, mas, efetivamente, uma atitude Interior na qual, em um primeiro tempo, a Paz, em relação às suas próprias emoções, em relação aos seus próprios pensamentos e, mesmo, em relação ao que pode restar, em vocês, de interrogações, deve apagar-se.

Devem sê-lo, não tanto por um esforço, mas, bem mais, por sua própria consciência, mesmo inscrita na personalidade.

Encontrem, para vocês, momentos – SNOW disse-lhes isso (ndr: sua intervenção de 19 de agosto de 2012) – na natureza, mas, também, mesmo, momentos, ainda que eles durem apenas alguns minutos, nos quais vocês deverão, de algum modo se a Luz não os chamou, completamente terem-se, tranquilamente, sem ação e sem pensamento. 

Se não é na natureza, simplesmente, em uma cama ou em uma poltrona, e, mesmo, se vocês adormecem.
Aí está sua preparação a mais útil.

UM AMIGO deu-lhes (ou lembrou) elementos de seu corpo que podiam ser úteis (ndr: sua intervenção de 18 de agosto de 2012).
O ideal é que, em seus dias, no momento de seu deitar ou de seu acordar, vocês tenham a oportunidade de ter-se aí, presentes a si mesmos, sem pensamentos, sem ideias, sem qualquer projeção do que quer que seja: de algum modo, estarem plenamente presentes, aí, em seu corpo, sem buscar algo de específico.
Simplesmente, estarem presentes.

É claro, vocês podem, também, e, mesmo nos instantes comuns, habituais de seus dias, chamar-nos, e nós estaremos aí.
Aliás, alguns de vocês, e cada vez mais numerosos, aí também, apercebem-se de que nós estamos aí, enquanto vocês nada pediram, o que traduz, sempre mais, nossa Presença e nossa aproximação, que assinala, para vocês, que os últimos Véus de Ilusões caem, que assinalam a iminência do fim do que Irmão K exprimiu, do conjunto de organizações (ndr: sua intervenção de 20 de agosto de 2012).

Então, encontrem, ainda que apenas alguns minutos, nos quais vocês não tenham necessidade de falar, não tenham necessidade de trabalhar com o que quer que seja, simplesmente, para estarem aí, no instante presente.

Como minha Irmã MA, também, deu-lhes, o Amor está apenas no presente.
E, cada vez mais, ele lhes será sensível e perceptível.

É durante esses instantes, seja em nossas Comunhões (quer vocês nos tenham chamado ou não), e nesses momentos nos quais vocês nada fazem, que nossa conexão e nossa Comunhão é a mais fácil.
Dessa Comunhão resulta o aporte de Luz e a manifestação da Luz em vocês. 

 
E isso é extremamente simples, e tornar-se-á cada vez mais simples.


Ter a casa limpa nada mais é do que encontrar esses momentos, porque, eu repito, ninguém conhece nem a hora nem a data.
Mesmo se a iminência, por sua vivência, pelo que se desenrola ao nível dos elementos da Terra e do Céu e os seus incite-os a, talvez, pensar e a constatar que é agora.

Se você teve a chance de ser chamado, em suas noites ou em seus momentos de quietude, então, regozije-se.
Mas, aí também, não se esqueça de ter-se tranquilo, de ter sua casa limpa, nada mais há do que isso.

Vocês poderiam quebrar-se na oração, na meditação sem, contudo, estarem prontos. 

E ter sua casa limpa nada mais é do que essa Presença a si mesmos, o instante em que nada mais existe que não vocês, esse corpo, essa consciência, que está aí e que vigia.
Desses momentos, vocês encontrarão – mesmo se nada percebam e se durmamuma maior Paz, uma maior facilidade.

A segunda coisa que eu tinha a dizer-lhes é que eu voltarei no mesmo dia que o Arcanjo MIGUEL, e eu os convido a reunirem-se a mim, onde quer que estejam sobre esta Terra (ndr: em 22 de setembro).

E, também, se isso lhes é possível, reunir-se entre vocês, porque Cristo havia dito: «quando vocês estiverem reunidos, dois ou três, em meu nome, eu estarei entre vocês».

E esse dia da vinda do Arcanjo MIGUEL é, também, o dia em que, todos juntos, no Manto Azul da Graça e no instante presente, nós nos acolheremos, uns aos outros.

Isso poderá ser, de acordo com seu emprego do tempo e suas ocupações, no momento em que julgarem oportuno em seu dia, mas antes do Arcanjo MIGUEL.
Eu não lhes dou, tampouco, horário preciso, mais horário preciso, mas terei a oportunidade de exprimir-me, também, durante aquele dia.

Inúmeros de vocês terão sido chamados, individualmente, também.
Porque esses momentos de ruptura de organização sobre a Terra são os momentos nos quais vocês devem estar mais em contato com vocês e conosco.

O Manto Azul da Graça, naquele dia, e a Onda de Vida atingirão uma intensidade inigualável, até o presente, sobre a Terra. 

Aqueles de vocês que, por uma razão que lhes é própria, não perceberam, ainda, ou viveram a Onda de Vida poderão, durante aquele dia, ali preparar-se.
Existe, para isso, e durante aquele dia, elementos que lhes foram comunicados pelo Arcanjo ANAEL ou, ainda, utilizando materiais nomeados cristais, que lhes permitem facilitar sua conexão à Terra (ndr: atualização assim que possível).

Esse dia será importante, tanto para vocês como para nós.

Nada procurem de um evento qualquer, porque esse evento está, antes de tudo, em vocês.
Mesmo se, é claro, ele se traduzir, nos arredores, por elementos visíveis, como o Arcanjo MIGUEL disse-lhes.

E, enfim, eu estou com vocês, também, como eu o fiz em minha penúltima vinda, para responder às suas interrogações, não pessoais, mas, efetivamente, que concirnam ao conjunto da humanidade.

Então, eu os escuto e espero, com Amor, o que vocês têm a perguntar-me.

Não temos perguntas, agradecemos.

Então, deixem-me prosseguir alguns instantes.

Como sempre, eu rendo graças por seu acolhimento e sua Presença, mesmo silenciosa porque, além das palavras, o que se estabelece entre nós, em sua intensidade maior, a cada vinda, conforta-me e conforta-os nessa ressonância e nessa Comunhão que nós estabelecemos.

Ter sua casa limpa, além desses instantes que eu lhes pedi e aos quais eu os convidei é, também, e qualquer que seja o lugar no qual vocês estão, sobre a Terra, e qualquer que seja sua vida, é ser o mais paciente e amoroso possível.
Cristo havia dito:
 
«não é o que entra em sua boca que é importante, é o que dela sai.» 

E eu diria a mesma coisa para seus pensamentos, porque, se existem, em vocês, pensamentos mesmo se eles não se exprimam em palavras – que não vão ao sentido da Luz e do Amor, esses pensamentos afetarão vocês.

Como o disse IRMÃO K (ndr: sua intervenção de 20 de agosto de 2012), elementos invisíveis até o presente desvendar-se-ão aos seus olhos, ou sob forma de uma clareza Interior da visão do Coração e, depois, também, durante este período, além desses momentos nos quais vocês se têm tranquilos, vocês tomam consciência, diretamente, do que, para vocês também, havia sido escondido, que lhes concerne. 

E, também, é aí onde eu peço sua vigilância, sobre os comportamentos e as atitudes ocultas daqueles que os cercam.

Nada poderá ser escondido. 

Aí também, eu os convido a não reagir, porque o que é importante não é corrigir uma situação ou ali aportar uma reação devido a qualquer descontentamento, mas, efetivamente, aí também, cultivar o presente, a Paz, o Amor e, portanto, o perdão.

Ao nível da Terra, também.
Isso havia começado a partir da desconstrução das Núpcias Celestes, mas vai reforçar-se agora.

Muitos Irmãos e Irmãs vão dar-se conta de manipulações e de mentiras, e muitos Irmãos e Irmãs, infelizmente, entrarão em reação.

E nós contamos com vocês, particularmente se já foram Chamados, para permanecerem nessa Paz, independentemente do que seja revelado na escala coletiva.

De sua capacidade de manter a Paz decorrerá a suavização da cólera dessas revelações.
As egrégoras coletivas, elas também, devem dissolver-se. 

Mas não é preciso que elas sejam substituídas por egrégoras de ódio e de vontade de reação, seja em seu círculo o mais próximo, como na egrégora de toda a Terra.
E seu trabalho, aí, é capital, aquele de não alimentar a cólera devido à revelação de mentiras e de manipulações.

Perdoem e Amem.
Isso basta para dissolver essas reações.
É importante não acrescentar, de maneira alguma, um elemento contrário à Luz na cólera e no Choque.

Vocês estão aí para isso, porque a cóleraque poderia aparecer como lógica e normal no plano da coletividade, do grupo social e da humanidade – representa um afastamento da Luz, em todo caso, para os grupos e os indivíduos que se voltassem, muito logicamente, ainda uma vez, de acordo com a razão, para esse gênero de reação.

Mas, se vocês ancoraram a Luz, se participaram, se foram Chamados seja pela Onda de Vida ou por seu nome pronunciado – vocês deveriam ser capazes de não serem levados por isso. 

E disso decorre o bom desenrolar desse retorno da Luz.
Eu lhes dou encontro nesse dia de 22 de setembro, eu repito, antes do encontro formal do Arcanjo MIGUEL.
Nós contamos, ainda uma vez, com sua Presença em seu Alinhamento e, cada vez mais, com sua Paz, em sua qualidade e em sua quantidade.

Questão: você intervirá, novamente, antes de 22 de setembro próximo?

Não.
Eu intervirei cada vez mais individualmente, para aqueles de vocês que fizeram a Paz consigo mesmos, a Paz com a Ilusão. 

Aqueles que conseguiram, cada vez mais, estabelecer-se nessa Paz, ter a casa limpa, porque não há melhor modo para facilitar minha aproximação e sua aproximação e o fato de ouvir-me chamá-los por seu nome, e, para aqueles de vocês que o permitirem, depositar, em vocês, o beijo do Amor, em sua face esquerda e em seu Coração. 

 
Questão: o Apelo e o Anúncio, é a mesma coisa?

Pode-se dizer que o Apelo coletivo será o Anúncio.
O Apelo individual é, portanto, antecipado, e eu esclareço, aliás, que alguns de vocês foram Chamados bem antes dessas Núpcias Celestes, porque tinham necessidade de ser Despertados, de algum modo, antes.

Portanto, meu Apelo individual depende de suas circunstâncias Interiores, de sua Paz.
O Apelo coletivo depende de circunstâncias da Terra.


Como nós sempre dissemos, é ela que decide.
Naquele momento, ninguém poderá ignorar meu Apelo, que se tornará esse Anúncio.
Mas meu Apelo individual é, também, o Anúncio que vem Despertá-los, e selar, em vocês, o Juramento e a Promessa de sua Ressurreição.
Se, contudo, vocês não são Chamados, individualmente, não concebam nisso qualquer mágoa, mas, simplesmente, desenvolvam, cada vez mais, seus momentos nos quais vocês tenham sua casa limpa. 

Encontrem esses instantes.
Eu repito, apenas alguns minutos.

Meu Apelo individual consiste em pronunciar seu nome e, para vocês, ouvi-lo.
O Anúncio será um Apelo coletivo.


Aí também, vocês serão Despertados por seu nome, mas quando serão anunciados os momentos específicos da Terra.

Questão: as Estrelas de Maria, encarnadas, retransmitirão o Apelo coletivo?

Aí não é função delas.
A nada servirá, para elas, revelar-se desse modo.
Isso poderia ser prejudicial, nestes tempos de confusão. 


Questão: quando você diz que, quanto mais o apelo atrasar-se, mais a passagem far-se-á na suavidade, trata-se do Apelo coletivo ou do Apelo individual? 

Os dois, meu Filho.
Há, entre vocês, os que foram Chamados há extremamente muito tempo. 

Outros, antes mesmo que eu o anunciasse como possibilidade.
Aqueles que foram chamados foram marcados de minha Presença e de minha Revelação, e as circunstâncias da vida deles fizeram com que tudo se instaurasse, pelos Anjos do Senhor, geralmente, ou pelos Anjos Guardiões, para facilitar a eles os eventos em curso.
Portanto, isso concerne, também, a esse Apelo individual.
Quanto mais cedo ele interveio, mais ele preparou seu papel de Liberador.
Em contrapartida, quanto mais o Anúncio coletivo é deslocado no tempo, melhor é, porque isso, como eu o disse e foi dito, encurtará as últimas Tribulações da Terra. 


Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, eu lhes dou, portanto, encontro, já, assim que vocês estejam prontos e, em seguida, todos juntos, nesse 22 de setembro. 

Esperando, eu lhes dou a Paz e o Amor.
Eu lhes digo, portanto, até um mês.


Minhas Estrelas farão a retransmissão se, daqui até lá, houver elementos a comunicar-lhes.
Quanto a mim, em seu tempo e em seu espaço, passarei esse período de tempo a vir vê-los, individualmente, porque, quanto mais vocês tiverem ouvido meu Apelo, de maneira individual, antes do Apelo e do Anúncio coletivo, mais ele será fácil.

Eu sou Maria,
 Rainha dos Céus e da Terra. 

Eu estou com vocês. 
 
Até muito em breve.




Traduzido e Divulgado Por: Célia G.
http://leiturasdaluz.blogspot.com

Post. e Formatação
Semeador de Estrelas
Imagem:Google Imagens.

Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...