06/05/2014

DUAS REALIDADES, JÁ NÃO SÃO SUSTENTÁVEIS

..."Não ajudem mais, por pena, a sustentar 
o insustentável".

Mensagem do Mestre Sananda

Canalizado 
por Elsa Farrus
04  maio 2014


Esta é a minha experiência pessoal e eu a comprovei com duas canalizadoras amigas também.


Estando em um espaço de trabalho, comecei a me sentir desenraizada cada vez mais.

Quando eu me virava, era como se flutuasse.

Pensei que era por causa de meu cansaço físico (pois tive umas noites dormindo pouco por cuidar de um animalzinho), mas cada vez aumentava mais, estava difícil escutar, me concentrar no que me diziam, sentia-me flutuar, sentia, ao fechar os olhos, que eu estava suspensa no ar.

Então de novo me sentei num canto e fui me enraizando; também consumi açúcar por garantia e sal... e tudo isso apenas me mantinha consolidada.

Então, como estava muito perto do mar, fui direto para a água molhar os pés, pois isto sempre me enraíza e consolida e eu me sentei na frente do mar, fechei os olhos com a intenção de me ancorar; e tudo dava voltas ao meu redor, eu estava suspensa em uma esfera e essa esfera girava cada vez com mais e mais velocidade ao meu redor; é quase impossível de determinar a velocidade.

Abri os olhos, me levantei e decidi voltar a me reunir aos outros, pois se me encontrasse pior, pediria ajuda, mas realmente, fisicamente, eu estava bem, mas não me sentia física.

Em 20 minutos veio uma visita, uma pessoa que ao final de umas horas descobriu-se sua consciência ávida de poder no mundo das energias, e ávida de sexualidade em relação a uma pessoa para pegar a sua luz.

Essa pessoa me olhava, olhava minha arte e apenas me disse três palavras, se despediu e foi embora...

Quando se foi, em poucos minutos me ancorei de vez, como se caísse em mim, uma sensação de cair dentro de mim, estando em pé... e todos os sintomas desapareceram, sem mais nem menos.

Foi então, quando compreendi, que me retirei para falar com Sananda e para pedir que me explicasse isso.

 E esta foi a resposta.

Duas Realidades Que Já Não Podem Coexistir.

Este ser, em mais de uma vez, determinou “calar você”.

Em mais de uma vida ele terminou com você.

Seu eu superior ou essência se retirou de seu físico para que você não se reconhecesse, somente ficou uma garota física, por isso você se sentia incompleta, etérea: faltava-lhe o seu Eu.

A realidade física de cada ser é um espectro de onda, é uma frequência.

E os que já decidiram onde estar, como ser e viver, já não estão vulneráveis às outras frequências.

A frequência de poder de outros já não os alcançam, eles somente tentam, vigiam, mas se há vibração própria, não há fuga de energia, nada pode alcançá-los, salvo as aprendizagens próprias para completá-los e desenvolvê-los.

Na frequência diamantinatrês grandes eixos:

Você é um ser na Terra com consciência universal: o tubo prânico, eixo vertical.

Você é um ser universal encarnado na Terra, sentido duplo do eixo prânico.

Você é um ser que recebe todo o necessário do Universo, experimenta e deixa caminhar, esteja já enriquecido ou com o desapego ou pela dor (segundo o estado de consciência da cada um).

Seria o segundo eixo, horizontal.

À altura do chakra do coração.

E um terceiro eixo diamantino: quando os dois anteriores se regulam abre-se a consciência do Não tempo.

À altura do chakra do coração, de nossas costas para frente, a partir do ponto da alma, para o futuro.

Ele nos permite estar em tempo esférico e caminhar sem limite para completar as realidades e as experiências.

Quando o eixo do não tempo começa a estar integrado, vocês podem trabalhar a consciência sem sofrimento, sem reviver as experiências, sem necessidade de experimentar novas provas.

Por isso os sintomas físicos para você se afastar dali, “mas como é uma boa teimosa”, me disse Sananda, você continuava permanecendo no lugar que não era para estar e foi então que sua essência se bilocou para baixar sua frequência, por isso o outro ser que a reconhecia, a observava, pois não sentia em você nenhuma ameaça, mas a reconhecia.

Esta lhe foi uma aprendizagem de densidades e de planos de consciência que você forçou (disse-me Sananda), pois já não lhe pertence estar entre planos, mas pode compartilhar com todos os seus irmãos a experiência para que eles escutem ao físico deles ao nível das cervicais.

Elas são a porta da energia procedente do chakra causal e quando se fecham, é para evitar a sobrecarga.

De fato, quando sentem náuseas, tonturas ou falta de gravidade é porque estão caminhando contra a sua vontade e forçando uma realidade física que já não lhes pertence, pela bagagem da alma.

Elas falam com vocês e indicam onde não estar.

Em troca, a experiência lhe deu um presente: ver a matriz, sem apego, ou seja, ver-se suspensa no tempo, sem realidade material, quando você foi meditar no mar...

Mostrou-lhe como você estava e como a realidade se suspende perante uma realidade para se formar outra realidade, só que ao estar separada, a sua essência de sua intenção... a nova realidade não se dava, e é isso que deve compartilhar com seus irmãos:

Que no processo atual de despertar, as vontades de ação e a essência de cada ser devem estar unificadas ou não se dá a materialização física.

Tudo que vem contra a nossa realidade não se sustentará depois do “Natal de 2014”, ou seja, a partir do solstício de inverno (de verão no hemisfério sul) de 2014, somente se manifestará a realidade de acordo com a essência de cada um e seu caminho, por mais que os humanos ponham sua vontade de sustentar outras realidades.

Pois já escolheram em um tempo passado cocriar e não manter por medo, manter pelos outros, sustentar o que não é harmonioso.

Cada vez serão mais sutis, mas mais físicos, os processos em que caminham em mais de uma dimensão de uma vez só.

Mas, ao mesmo tempo, as frequências de união entre corpo físico e essência estão cada vez mais intensas e isso faz com que vibrem em consciência unida; e isso, para “os sem lei” faz com que já não possam acessar a sua consciência.

Por isso é tempo de não criticar, de não dividir e de consolidação, o que os constitui como humanos despertos e livres.

Desde o portal 7/7 passado, que tanto os agitou neste mês de abril, as consciências se separaram.

Sim, ainda convivem a nível físico no planeta, mas não na mesma realidade.

Então, não ajudem mais, por pena, a sustentar o insustentável.

Somente a verdade os torna livres, reais e criadores de sua realidade.

Ânimo, pequena, que irá aprender como caminhar e como escutar seu corpo, Sananda acrescentou sorrindo.




Esta é a minha experiência em uma manhã muito diferente da minha vida cotidiana; por isso compartilho esta canalização pessoal com Sananda.
Um forte abraço,Elsa.


Post. e Formatação
Semeador de Estrelas
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação:

Fonte: http://ascensionalquimicageometrica.blogspot.com.es/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...