14/12/2016

O.M. AÏVANHOV - Parte 1BA-

"Você aceita que a Luz e a Eternidade façam 
seu trabalho, ou você resiste".

O.M. AÏVANHOV 
- Parte 1BA -

Perguntas/Respostas

Continuação da


Pergunta: Você se refere à terceira guerra mundial em preparação?

Está em curso. 

Vocês não foram atingidos por nenhum míssil, mas a guerra começou há alguns meses, já, a guerra mundial.

 Tenham presente que os meios de destruição da humanidade são muito diferentes daqueles que existiam no primeiro e no segundo conflito global.

 Há armas muito sofisticadas.

 Não é necessário fazer campanha durante meses ou anos.

 Pressionar um botão é suficiente para destruir um país, como bem sabem.

 Está em curso.

 Todos os preparativos foram concluídos.

 Tudo está pronto para a cena final.

 E o calendário não é ditado, lembrem-se, pelos maus rapazes, nem pela Luz, nem pela Terra, nem pelo Sol, simplesmente, doravante, é ditado por Nibiru

E é tudo.

Pergunta: a atribuição vibral é irrevogável, hoje, ou haverá elementos durante os três dias que poderão modificá-la?

Sempre dissemos que até o Apelo de Maria haveria as últimas Graças, porém, de modo global e geral, tudo está congelado.

 Estão todos no lugar correto, digam o que digam, vivam o que vivam.

 Não há melhor lugar que aquele que ocupam, mesmo que os pareçam detestáveis.

 Não posso dizer nada melhor.

 E tudo o que lhes proporciona a vida, seja em seu corpo, em suas relações, em suas profissões, em todos os âmbitos de sua vida é muito exatamente o que lhes corresponde atravessar.

Pergunta: portanto nossos eventuais trabalhos são mais aceitações do que mudanças.

Oh, absolutamente, foi isso que eu disse.

 Absolutamente.

 Aceite ver e atravessar quaisquer circunstâncias que lhes mostrem onde estão.

 Aquele que está na paz, aquele que está na Morada da Paz Suprema, obviamente pode estar irritado ou descontente em certos dias, mas não é mais tributário de seus humores, vamos dizer. 

Os humores chegam e eles partem. 

É isso o mais importante.


 É onde se situa sua consciência que é importante.


 Não para lamentar o estado deste mundo, nem para ter medo, mas para estar mais e mais lúcidos sobre o que vocês vivem, o que vocês são e o que a vida lhes mostra. 

Pergunta: Você costuma dizer que precisamos ver as coisas em si mesmo. Às vezes pensamos que vemos, mas não vemos realmente. Você quer dizer ver com o coração, alma, espírito, é mesmo um fenômeno tão profundo?

Não é apenas ver. 

Como eu disse, é atravessar. 

Não é necessário ver com a visão do coração ou a visão etérica, é ver em consciência.

 Isso concerne tanto aos pequenos eventos da sua vida quanto os mais exaltantes.

Isso significa dizer, não dar importância ao que é visto. 


É por isso que a palavra que foi usada atravessar, hein? 


Se você tem uma emoção, uma raiva, uma recusa, não importa qual emoção, se você se identifica com essa emoção, você ali participa, ou você a vê pelo que ela é, você aceita esta emoção (não é o caso para reprimir nada), você as vê e você deixa a Luz agir, trabalhar. 


Nesta não ação é que está a ação justa, se posso dizer. 


Você é capaz de passar pelo sofrimento, raiva, ser traído, ser ferido? 


Porque no final, e isso nós também sempre dissemos, não há melhor inimigo do que você mesmo, no interior.

Então, mesmo que o Yaldeboth em chefe venha se agarrar a você, é apenas sua culpa - já que o mundo não existe e está em você

Todos estes cenários se desenrolam em você, e atravessar o que se desenrola, como lhes disse Bidi, estar sentado no teatro e ver a cena do teatro. 


É isso o que torna possível ver que não há nem teatro nem tampouco espectador.


Mas se você não der este primeiro passo, que não é mais do que a simples refutação sistemática, mas ver, em todos os significados do termo, se posso dizer, aceitar que você estava com raiva, que você está com raiva, aceitar que quando o medo chega, ele te submerge, mas você não é esse medo.


 Não significa rejeitá-lo, não é negá-lo significa aceitar estar em seu coração, não para caçá-lo, mas para encontrar a si mesmo


Então tudo isso desaparece. 


Se não desaparece, é que você está situado ainda na pessoa


Estou falando para os mais antigos, ou os mais avançados, se preferem, entre vocês, porque, muito evidentemente, esta prática não está acessível, eu diria mesmo, para todos os despertos.

Mas é um processo natural.

Lembrem-se de que durante o Apelo de Maria e os três dias após a estase vocês não terão meios de lutar, nenhum meio de entender, você aceita ou não. 

Você aceita que a Luz e a Eternidade façam seu trabalho, ou você resiste. 


Pela necessidade de entender, a necessidade de compreender, a necessidade de escapar. 


Esse é o Choque da Humanidade.

Então, mais uma vez, não há como dizer, não há punição porque, de qualquer modo, nada disso existe.

 Quando você tem consciência, você vê o ator, você vê o espectador, você vê o teatro, mas fundamentalmente você não é nenhum deles, nem o cenário, o ator, o espectador ou o teatro. 

E quando você realmente vivi isso, não como uma adesão intelectual, você pode apenas estar na alegria. 

Isso não significa não ser mais concernido pela sua vida ou pela vida, ou pela sociedade, isso não significa se tornar um ermitão, se você atravessa isso com real clareza, enquanto você dá consistência, isso significa, se você vê o copo meio vazio, você nunca o verá cheio. 

É sempre a mesma história. 

Mas mesmo que você veja o copo meio vazio, é que você não está livre

Se você vê que não há copo ou conteúdo, você é livre. 

É o mesmo com os jogos da consciência, exatamente a mesma coisa, e eu diria que com ainda mais e mais clareza e com mais e mais acuidade. 

Então, agora, eu os lembro de que mesmo os mais irredutíveis materialistas, serão de qualquer forma liberados, então, finalmente, porque se preocupar?

Eu volto então para a pergunta: porque uma data?

Pergunta: isso está ligado ao tédio.

Nós concordamos, porém o liberado vivo não conhece o tédio.

Pergunta: a Liberação se acompanha necessariamente de uma subida vibratória muito forte?

Não, isso pode ser o silêncio vibratório total, tal como será no caso da estase durante o Apelo de Maria.

 Nós sempre lhes dissemos que a consciência é vibração, mas a a-consciência não é vibração

Está conscientemente projetada, em qualquer dimensão que seja, que é Vibração-Luz, Amor-Luz, mas assim que você sai da projeção, mesmo no mundo mais luminoso e etéreo, você se conscientiza, se posso dizer, que você não é a consciência. 


E você escapa da forma, escapa do tempo e escapa das dimensões e descobre esta liberdade, você pode explorar todas as dimensões, todas as formas. 


Você pode ser uma árvore, um planeta, um sol, uma entidade como os Hayot Ha Kodesh, um Mestre geneticista, não faz diferença. 


E o que estou dizendo não é um ponto de vista mental, é a experiência real daqueles que a vivem. 


É claro que eles sabem que estão limitados por um corpo, por uma estória, ainda que tenham posto fim ao ego, pela liberação, e eles nada recusam. 


Mas eu admito que às vezes deve ser muito chato para a pessoa.

Pergunta: podemos dizer que a a-consciência é o Absoluto, o Nada?

Foi o que disse Bidi, exatamente. 

Então, se dizem o Liberado Vivente, o Jnani (assim é mais sábio), Shanitnilaya, a Morada da Paz Suprema, podem colocar todas as etiquetas que quiserem.

Pergunta: Prefere continuar a conversa informalmente ou passamos para as perguntas escritas?

Podemos alternar, façam como quiserem.

De qualquer modo, mesmo com as perguntas escritas há uma conversa, então...

Pergunta: poderia desenvolver sobre a circulação da Luz Adamantina, sua procedência e a respeito da codificação dessa Luz?

Eu teria primeiramente que compreender o que quer dizer “codificação da Luz”

Aí eu não tenho como responder.

 A circulação, o que quer dizer isso?

 No corpo, no planeta, no Sol? 

Onde?

 A circulação da Luz, vocês sabem, é o Corpo de Estado de Ser. 

São as cruzes que estão ao nível da cabeça, são as estruturas vibrais que viveram, ou não, é o conjunto das estruturas ligadas às Portas. 

Isso é o seu Corpo de Eternidade. 


É a circulação da Luz pura, vocês são constituídos disso. 

Pergunta: os dragões nos disseram que leem na Luz Adamantina instruções para eles, através da codificação da Luz.

Erelim disse isso, ou foi outro dragão?

Pergunta: Erelim

O que ele disse, exatamente?

Pergunta: que sua função dependia de instruções na codificação da Luz Adamantina, que eles podem decifrar.

A codificação da Luz adamantina, creio que seja simplesmente a organização da Inteligência da Luz através de um suporte que é o corpo físico, ou seja as Estrelas, as Portas, os chakras, os novos circuitos da Onda da Vida, o Canal Mariano, as Coroas Radiantes do coração e da cabeça. 

Isso é a codificação vibratória. 

Porém a Luz em si mesma, já porta informações, certamente, porém a informação, a codificação, como diz, só aparece quando esta Luz Adamantina toma uma forma, uma estrutura, por exemplo, como expliquei e como explicou, também, Erelim, com relação aos vórtices de Luz Adamantina que estão presentes na maioria das cidades dos povos da natureza, mas também em alguns pontos precisos sobre a Terra.

Então a Luz vai se estruturar – no momento em que haja um suporte, é claro, quer se trate da Terra ou do seu corpo - vai se estruturar para restabelecer, restaurar o equilíbrio da Luz. 

Vocês sabem que a Luz foi desviada da Terra pela nave dos Arcontes que também se chamava Nibiru, sabem, a esfera metálica, falamos dela durante as Núpcias Celestes e também após.

 Isso é o que impedia a Luz Adamantina de se desdobrar, porém sem suprimi-la completamente, sem ela não haveria mais vida possível, sem a Luz, a Luz Adamantina.

Então, quando a Luz encontra um suporte, quer seja um corpo, quer seja a Terra, quer seja um sol, vai, espontaneamente se agenciar para respeitar a Liberdade. 

Então, como temos dito, para a terra, os vórtices, ou suas Portas que também são vórtices, é claro, como para as Estrelas, mas pode ser também simplesmente o ato de iluminar e desvendar o que estava sendo ocultado, estava escondido, vocês sabem, que não deveria ser revelado aos supostos profanos.

É isso o que está sendo feito em pedaços. 

Então, a circulação da Luz Adamantina não é uma circulação no sentido que poderiam entender como uma circulação de energia, é uma vibração, e isso á lhes explicamos, muito, muito longamente.

 Essa vibração vibra, mesmo que às vezes se propaga, então circula como no caso da Onda da Vida. 


A Coroa Radiante do coração, não é como um chakra, que gira, não é a mesma coisa, é a percepção da borda periférica do chakra que foi chamado o Coração Ascensional ou a Coroa Radiante do Coração. 


Portanto, não circula, ressona e vibra. 


Pode dar a impressão de movimento. 

Mesmo quando vocês têm, por exemplo, dor nas Portas como ocorreu, em 2012 e 2013, no fígado e no baço, agora são as Portas Precisão e Profundez, ou nas quatro Portas ao redor do Sacrum. 

Estas estruturas vibram, e efetivamente se estabelece uma ressonância.

 Por exemplo, (como foi explicado), entre as Portas anteriores e as Portas posteriores do tronco, neste caso entre as Portas Precisão e Profundez e o que está situado atrás, ao nível do Sacrum e os chakras também, que passam por aí.

Os chakras, a energia circula, como nos circuitos que são chamados meridianos, ou nadis. 

Mas a Luz, exceto pela Onda da Vida que circulava através de ondas que subiam, é uma ressonância vibral que se fixa na estrutura do seu corpo, da Terra ou de qualquer sistema material. 

Então, se esse sistema material não estiver orientado corretamente e conectado corretamente à Fonte e ao Absoluto, então isso é reabilitado.


É claro, podemos falar de estruturas geométricas.


 Havíamos desvelado alguns elementos importantes ao nível da estrutura do Coração de Eternidade, que é uma espécie de diamante, então isso brilha.


 É a famosa estrutura geodésica com vinte e quatro triângulos, que tem esse nome bárbaro, que vem dos gregos: tetrakihexahedro.

Mas eu sempre disse, também, e foi dito pelo Impessoal e por outras vozes, que não havia nenhuma necessidade, hoje, como que se passa ao nível das Portas, de descrever-lhes a outra estrutura que está presente aqui. 

Para nada serve, só iria alimentar o intelecto


O importante é vivê-lo, para aqueles que o vivem, hein?

Assim, não posso falar de outra coisa que não seja do Corpo de Eternidade, que efetivamente tem uma estrutura idêntica em todas as dimensões.

É um veículo, e o veículo é exatamente o mesmo, mesmo que a forma seja diferente na aparência, além do antropomorfismo, desde os Hayot Ha Kodesh, desde Metatrôn até vocês. 

Simplesmente eu os recordo que este corpo de Eternidade, ele estava prisioneiro no Sol antes de 2009. 

Então, a circulação das Partículas Adamantinas, se faz sempre segundo algumas linhas e segundo zonas de ressonância, que estão adaptadas a uma matéria, a um suporte, de alguma maneira, dimensional, com o fim de criar a forma, de criar a cor, de criar a dinâmica. 


Mas, eu os lembro, que, em definitivo, tudo o que havia sido reconstruído no exterior, seja seu corpo de Eternidade que regressou do Sol, seja a ressintetização do corpo de Eternidade, tudo tem uma única finalidade, que é a Liberdade, a Liberação, o efeito de não estar mais prisioneiro ou mantido confinado em qualquer coisa fechada e, portanto, perecível. 

Pergunta: como vocês fazem, com os povos galácticos de diferentes dimensões, envolvidos na liberação de um mundo, para se comunicar e sintonizar?

Ao nível, terei que chamar hierárquico, embora não tenha nada a ver com alguma noção de hierarquia, há alguns corpos dimensionais em uma determinada dimensão, que estão mais aptos para uma determinada função do que para outras, em seu mundo.

 Então não há propriamente dito uma harmonização de conversas, como você poderia entendê-lo.


 Há umas conversas, eu diria, nas instâncias que se ocupam de maneira privilegiada deste sistema solar, ou seja, o que foi nomeado o Conclave Arcangélico, o que foi nomeado as Estrelas, o que foi nomeado os 24 Anciãos. 


Porque eles conhecem esse sistema solar, conhecem seus mecanismos, os mecanismos no seio da Liberdade, como no seio do confinamento, mesmo que, como podem imaginar, para um Arcanjo, talvez seja uma concepção mais ampla, menos precisa.


É precisa na Luz, mas quanto mais descemos na materialidade, menos a informação pode chegar, salvo para alguns Arcanjos. 

Mas para os Anciãos e para as Estrelas, nós somos parte, e Maria sempre lhes disse, da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, contudo não há nenhuma noção de racionalização.

Cada embarcação de Luz está em seu devido lugar, cada cápsula Vegaliana está em seu devido lugar, não é nenhuma decisão.


 A harmonização não se faz por uma decisão ou por um conclave, se faz pela própria Inteligência da Luz, o que não é de modo algum sobreponível ao que poderiam ter, por exemplo, em uma sociedade ou uma família, onde cada um dá seu ponto de vista. 

É claro, eu disse que no seio dos Anciãos como das Estrelas, há, às vezes, umas dissonâncias.

 Essas dissonâncias estão simplesmente ligadas à experiência terrestre que tivemos.

 Porém, nos demais planos dimensionais, por exemplo, ao nível dos Arcanjos, por exemplo, ao nível de um sistema solar, que não conhecem a 3ª dimensão, nem unificada nem dissociada, é área de manifestação de sua consciência em um determinado plano dimensional que lhes dá as capacidades e harmonizações necessárias.


 Não é nenhuma decisão, nem coletiva nem individual. 


Apenas seguimos a Luz com as diferenças próprias aos Melquisedeques e às Estrelas, porque todos estivemos encarnados neste mundo.


 Todos nós conhecemos este mundo e temos, talvez, ferramentas um pouco mais adaptadas para o mecanismo da Liberação, mas não para o estabelecimento da Luz. 

É por isso que nos ouvem falar mais em nome da Confederação Intergaláctica, mesmo que, efetivamente, o Arcanjo Miguel ou Maria podem intervir por eles mesmo, como dizer, quando desejam - e nós também, com esse propósito.

 Mas não há nenhum interesse referente a este aspecto organizacional que lhes descrevemos, e que os temos ajudado a conscientizar e a viver. 

A Inteligência da Luz varre todas as organizações e estruturas. 


É justamente a famosa codificação da Luz, segundo uma forma, e a interação com essas consciências, que criam a organização, não é nenhum mecanismo reflexivo, lógico ou razoável. 


É a Evidência da Luz, o que temos chamado de estado de Graça, e Ação da Graça.

Não temos as mesmas referências. 

Temos a experiência e a memória de nossa vida na Terra, que foi conservada, com a finalidade de que aqueles que nos recebiam, se posso dizer, se beneficiassem de certo número de informações. 

Vejam por exemplo as Estrelas. 

Hoje, sem sequer falar de pessoas ou de história, mas estes pontos vibracionais que estão em suas cabeças, são utilizados e aproveitados por inúmeras pessoas na Terra. 

Mas não há nenhuma outra necessidade que aquela de estar alinhado com a Luz. 


É o que dizemos cada vez mais. 


Nenhuma história se sustenta diante da Luz, as histórias são os jogos da consciência. 

Então, sim, para voltar ao que dizíamos, a Luz é portadora de certas informações e de certas codificações, mas que estão ligadas ao que a Luz vai deparar-se como forma, como sistema solar, como história de vida de um irmão ou de uma irmã. 

Mas não há nenhum plano, nós superamos amplamente os planos. 


Tudo está em seu lugar. 


Creio que de fato o Arcanjo Miguel, como Maria, em agosto, lhes disse que toda a Frota Intergaláctica estava agora estacionada ali onde se faz necessário.

Nós esperamos, assim como vocês, mas não há que prever nenhuma organização. 

Houve uma organização precisa e muito trabalhosa para as Núpcias Celestes, para as Chaves Metatrônicas (isso é uma codificação vibratória), para permitir que a Luz se encarnasse na totalidade, coisa que nunca havia sido feita desde 320.000 anos, mesmo ao final dos Ciclos precedentes, e é com isso que vocês têm que lidar em suas vidas.


 Não para ficarem como um vaso e não fazerem nada, esperando pelo fim, não para reagir a este mundo, e sim, para avançar com um sorriso, com leveza, em suas vidas e no que lhes pede a Luz. 


Mas não são vocês que organizam a Luz, nem nós, sobretudo agora. 


Até a liberação da Terra, sim, havia que organizar, havia que estruturar, mas agora não.

Pergunta: uma irmã tem uma bronquite, já há quatro semanas, e se pergunta se isso se trata de uma limpeza com relação ao fato de tomar esta espécie de tri-terapia: óleo de Krill, óleo de coco e iodo.

Tri-terapia?

Pergunta: ou seja, o iodo, o óleo de coco e o óleo de Krill.

Óleo de coco, falas do coco? 

Pergunta: sim.

Eu desconheço.

E o outro, de Krill?

Pergunta: o Krill, é um pequeno camarão que serve de alimento para as baleias. O óleo de Krill é rico em fosfolipídeos.

Permite cuidar do corpo, é isso?

Pergunta: talvez outras coisas também, talvez ampliar a consciência.

Porque não?

 Mas o que queres que eu diga a respeito?

Pergunta: uma bronquite se iniciou há quatro semanas, com perda de voz. Poderia ser uma desintoxicação em relação ao fato de tomar estes produtos? 

Ou pela própria Luz. 

Eu os lembro de que mesmo consumindo esta espécie de camarão, como você diz, o importante será sempre o interior

Agora os efeitos, sobre o corpo, sobre a consciência, pessoal, coletiva, eterna e efêmera, se realmente há, tanto melhor. 

Creio que Bidi os mandaria passear com essa pergunta. 

No entanto é verdade que quando se está encarnado, é mais agradável ter um corpo - que é o veículo, como o carro - que funciona, não é? 

E que estejam pouco alterados, se posso dizer, por problemáticas do corpo que requeiram sua atenção, sua consciência, de ter que ir ao terapeuta, e finalmente, de não estar disponíveis para viver a Luz integralmente. 

Mas é a Luz que age.

Talvez essa irmã necessite calar-se.

Talvez precise ficar em silêncio.

Pergunta: ela não é muito falante.

Se calar não é necessariamente as palavras pronunciadas.

É às vezes ser enfraquecido por não ser capaz de refletir e poder soltar aquilo que ainda mantém. 

Tudo o que acontece hoje, sem exceção alguma, Liberado Vivente, materialista, ou o que seja, tem uma única finalidade: fazê-los soltar. 

E fazê-los soltar, não quer dizer, mais uma vez, ignorar os problemas, mas como disse no princípio, atravessá-los e ver o que há a ver, não em uma explicação ou cogitação, e mesmo se está relacionado… tenho que me informar e lhes responderei, me lembre de responder isso na segunda parte da nossa conversa, quando terei podido recolher informações com alguém mais competente que eu em relação a isso, mas eu os lembro, de qualquer modo que...

Pergunta: então lembre-se do Krill, o pequeno camarão, o óleo de coco e o iodo.

Não muda nada.

 Que seja a Inteligência da Luz, que seja esta Tri-terapia, como você diz, tanto num caso como no outro, creio que é muito conhecido na homeopatia, são eliminações

Alguns não tomam nada e também têm eliminações.


 A eliminação pode ser a raiva na cabeça, e, também pode passar pelo corpo.

Pergunta: devo lembrá-lo?

Sim, sim, sim, exatamente, peça-me novamente, prometo informar-me acerca de estas coisas curiosas que me falou.

Pergunta: assim como as Portas Atração e Visão, as Portas Profundidade e Precisão podem manifestar-se em relação com o que acabamos de comer?

Certamente, mais que nunca. 

Porque esta zona energética, mais além mesmo da Porta que é a estrutura vibral, vocês têm nas medicinas energéticas tudo o que está ligado, e, sobretudo, creio, já dissemos, na acupuntura, as Portas e os pontos que estão nesta zona, correspondem efetivamente, é claro, a algumas dores locais, mas de maneira geral, corresponde ao modo de alimentar-se

Alimentar-se de alimentos como da Luz, como de relações, como de tudo o que vocês têm ao seu redor, e não unicamente pela boca. 


Que seja a sexualidade, o intercâmbio, ou os alimentos.

Então, é claro, irão constatar que certos alimentos, vocês terão vontade de comer algo, e eu falei à época, da resposta do coração. 

Agora é ainda mais terrível, porque já não é a resposta do coração, é a resposta do corpo.

Seu corpo, ele lhes diz muito rapidamente se algo é bom para vocês.


 Não requer nenhum teste muscular, de cinesiologia ou questionar a resposta do coração; o corpo, em sua nova inteligência ligada às partículas adamantinas, lhes dirá em seguida se o que vocês tomam irá ser digerido ou não, diretamente, sem passar pela resposta do coração ou os diferentes testes que lhes permitem selecionar um alimento. 


A resposta agora é direta.

Pergunta: quando uma Porta se manifesta, é por causa de um problema, ou não, necessariamente?

Podem ser ambos os casos.

 Poderia ser a ativação das próprias Portas, mas, de qualquer forma, estas Portas estarão contentes ou descontentes em função do que você ingere.

 Mas, eu os recordo, de todo modo, tal como lhes disse o Arcanjo Anaël, durante muito tempo, que quando vocês estão, mesmo em 3D unificada, os Vegalianos, por exemplo, não têm nenhum trato digestivo, ao contrário deles, os povos intraterrestres Delfinóides, que conservavam uma comida ritualística, se posso dizer assim, uma vez por semana. 


Mas, a Luz, quando vocês estão em um corpo de Eternidade, inclusive em 3D unificada, não há necessidade de exercer a menor predação, não há nada a absorver.

Assim, vocês estão a cavalo, se querem, sobretudo alguns de vocês que resintetizaram ou reincorporaram, se posso dizer assim, o corpo de Estado de Ser. 

Vocês estão, ainda, em um corpo carbonado que tem suas necessidades, e ao mesmo tempo, estão em seu corpo de Estado de Ser, e os dois nem sempre se levam bem, sobretudo quanto à alimentação.

Pergunta: quando nos colocamos em um vórtice, qual é o efeito: transformador, curativo ou outro?

Pode ser tudo isso ao mesmo tempo: curativo, transformador, reparador.

 É por isso que temos incitado-os, durante algum tempo, a ir ao encontro, não apenas da natureza, mas, também, dos povos da natureza. 

Que vocês os vejam claramente, que vocês não vejam nada, que vocês os ouçam, que vocês apenas tenham o sensação de sentir uma presença, pouco importa, o trabalho se faz nesse momento. 


Então, os vórtices de Luz têm um efeito curativo, um efeito terapêutico e um efeito sobre a consciência também. 


Como com os gnomos, que os pediram para ir vê-los, e também, para deixá-los trabalhar, é a mesma coisa.


 As barreiras entre os mundos são cada vez mais tênues, isto é, que são cada vez mais porosas.


 Você os vê bem, você os vive bem.

Portanto, tudo isso concorre para privilegiar e nutrir o Corpo de Estado de Ser, ou sua Eternidade.

 Então, é claro, o corpo, ele, não tem as mesmas necessidades. 

Assim, isso pode manifestar-se, como eu disse, por dores nas Portas. 

Por exemplo, sua pessoa adora tal alimento, e de um dia para o outro, não vai poder digeri-lo mais.

 E, os recordo, que quando se está no Corpo de Estado de Ser, não é preciso nutrir-se com alimentos, vocês podem retirar o prâna dos alimentos e deixar a matéria.


 Vocês terão os mesmo efeitos no coração e no corpo.

Pergunta: alguns de nós, temos a intuição ou a informação, que uma grande onda de liberação individual está por ocorrer, inclusive, antes do Apelo de Maria. O que pode dizer a respeito?

Eu lhes disse, o número é cada vez mais importante, e as ocasiões – porque são ocasiões, através de seus encontros, através de suas leituras, através de seus passeios – vão tornar-se cada vez mais fáceis para aquele que está atento.

 E de fato, ainda que não seja a Liberação, muitos irmãos e irmãs, em diferentes países, entram em reação, em rebelião, contra aqueles que os escravizaram, mesmo que não conheçam todos os detalhes.

Muitos irmãos e irmãs se dão conta da falsidade e da mentira que foi perpetrada desde tempos imemoráveis, sempre pelos mesmos, heim, é claro. 

O perigo seria de entrar em uma reação demasiado violenta com relação a isso.


 Lembrem-se, que estas forças se nutrem de todas as suas emoções, e se vocês combatê-los, de uma maneira ou de outra, eles seguem ganhando ainda mais.


 Lembrem-se, a Luz não combate, sobretudo estando encarnado, porque se você combate, você recai na dualidade, e a dualidade deste mundo confinado é sempre proveitosa para os que manejam os cordões, e não para vocês.


 Eles se nutrem de tudo isso, se nutrem de sua consciência, então, cabe a você ver, também, com o que você se nutri.

Pergunta: sabendo que eles se nutrem nossa consciência, por que alteraram tanto nossa consciência, por que sabotar seu gado a esse ponto? É uma estupidez de sua parte ou conflitos entre eles?

Nem uma coisa nem outra, querido amigo, e unicamente, a chegada da Luz em cada final de ciclo.

 O ser humano está tão feliz de estar em um galinheiro, que não imagina que possa existir uma vida fora e, como você acabou de dizer, para aqueles que estão incrustados, é exatamente o mesmo processo.

 Quando você nasceu em uma prisão, não sabe que há um mundo fora da prisão, ou do galinheiro, já que você falou de gado. 


Eu poderia ter falado de estábulo, mas o galinheiro é mais simpático.

Pergunta: por que os Fantoches não nos tratam melhor, para que sejamos um melhor alimento?

Porque para eles a qualidade nutritiva da ira, da guerra, do entretenimento, é muito mais importante que ter um corpo em boa saúde e uma consciência íntegra. 

Não há nenhuma diferença para eles.


 A guerra, ou a reação à guerra, isto é, aqueles que querem a paz, é a mesma coisa, é o mesmo alimento. 


Não se alimentam de seus corpos físicos, pelo menos não de momento, eles se alimentam de suas emoções e de seus pensamentos. 


E vocês mesmos, em contrapartida, alimentam a matriz e a mantêm, apesar de sua matriz pessoal, a história pessoal, a lenda pessoal, e mesmo coletivamente.

Dissemos que as linhas de depredação no momento da liberação da Terra haviam sido pulverizadas. 

As únicas linhas de predação, embora não possamos chamá-las assim, são, unicamente, os costumes, as crenças, a adesão a este mundo.

No entanto, o problema é que há uma linha tênue entre a rejeição do mundo e a vivência da Luz neste mundo. 


É o que já dizíamos nas perguntas anteriores.

É preciso estar vigilantes para não deixar-se arrastar pelas reações, para não deixar-se arrastar por algo que irá nutrir a sombra, mas eles se nutrem das consciências, e, então, de consciência confinadas, é claro. 

Então, que isso passe pelas emoções, que isso passe pela guerra, que isso passe por uma partida de futebol, a copa do mundo, é, exatamente, a mesma coisa.


 Porque, enquanto você esteja em uma projeção de consciência em um prazer ou em uma guerra, ou em busca da paz, você mesmo não pode estar em paz


No entanto, a paz, todos os grandes sábios o disseram, começa em seu interior.

Pergunta: é quando se dissolveu a alma, em totalidade, que o corpo se torna, verdadeiramente, o templo do Espírito e podemos manifestar a potência do Verbo sem desviá-la?

Sim, evidentemente, é claro, não antes, porque mesmo no Sí, e havíamos falado disso durante o ano 2013, com os tournicoti-tournicota, e havia o ego espiritual.

Mas tudo isso, agora, acabou. 


A atribuição vibral, as destinações futuras para aqueles queriam continuar jogando, estão tramitadas. 


E isso corresponde à liberdade de escolha da consciência, não há nenhum erro no caminho.

Pergunta: você disse que não é o ideal cantar o OM. Você mantém? Se sim, por quê?

Agora vocês podem cantar o que quiserem. 

Ja que a Terra está liberada, vocês podem cantar « Petit papa Noël », podem cantar todos os mantras do mundo que quiserem, tudo o que os faz sentir bem.

 Já não existe a possibilidade de apanharem a energia disso.

Lembre-se, mesmo antes se fez uma distinção entre o « Eu Sou » e o « Eu Sou Um », o « I am » dos ingleses, e o Tao, por exemplo, mas, hoje, tudo isso não tem nenhuma incidência, porque cortamos, eu diria – não nós como Melquisedequesa Luz cortou as fontes de alimentação ligadas às egrégoras das religiões, das crenças.

Foi cortado pela liberação da Terra. 


Portanto, não há modo de constituir um reservatório que possa ser utilizado em uma defasagem temporal ou espacial, isto é, ser utilizado em outro momento.


 A energia, sempre é produzida por alguns que creem, mas é dissipada instantaneamente, não pode coagular-se mais e provocar os confinamentos


É isso que é importante.

Então, é por isso que lhe digo agora: podem fazer o que quiseram. 

Se quiserem entoar um mantra oriental ou um mantra em honra a Yaldabaoth, com uma oração, vocês nada arriscam agora.

Pergunta: quer dizer que tampouco serve para algo?

Pode servi-los, mas depende de sua fé.

 Se vocês estão na Luz, vocês nutrirão sua Luz.

Pergunta: e sobre a Flor de Vida? Podemos utilizá-la para a codificação da água hoje?

Eu diria, ao limite, por que não? 

Mas a água, coloque-a na luz, coloque uns cristais, reze, simplesmente, com a sua consciência

Por que utilizar formas geométricas – que funcionam, é claro?

 No há nenhuma possibilidade de recuperação agora, mas vá sempre para o mais simples, não complique as coisas. 

Quer abençoar sua água? 


Abençoe e beba-a.


 Não há nenhuma necessidade de criar circuitos, desenhos, formas, cores, não vale a pena complicar. 


Lembrem-se, a Inteligência da Luz está trabalhando, e ela será muito mais inteligente que todas as suas formas desenhadas, todos os seus desenhos, todos os seus encantamentos.

Pergunta: qual a diferença entre as chamas gêmeas e as mônadas? A mônada chega de frente como um Arconte?

Primeiro, quem disse que havia uma diferença entre as mônadas e as chamas gêmeas? 

São termos equivalentes, me parece. 

As almas irmãs são outra coisa, é um contrato kármico ligado a esta terra. 

As mônadas ou as chamas gêmeas é o mesmo ovo-Espírito que foi dicotomizado muito antes da falsificação e muito antes do confinamento, para aqueles que têm uma mônada.


 Sempre dissemos que não era, absolutamente, uma circunstância nem uma obrigatoriedade, nem mesmo desejável em alguns casos, mas algumas consciências primitivas ígneas nasceram do mesmo ovo, ou seja, da primeira projeção de forma de consciências. 


Elas se encontraram, falamos sobre isso em 2012, com a liberação da Terra e a Onda de Vida que permitiu se encontrarem, quaisquer que sejam as diferenças de pensamento, de modo de funcionamento, de idade, de origem social e familiar.


 Alguns se encontraram, heim, mas o que chamamos as chamas gêmeas e as mônadas, são a mesma coisa.

Pergunta: ela chega de frente, como pode fazê-lo um Arconte?

Eu não compreendi nada, então, expresse de outra forma.

Pergunta: a primeira vez que se apresenta a mônada, ela vem de frente ou por trás?

Nem uma coisa nem outra.

 É uma reconexão que se faz com o coração e o olhar. 

Quando eu disse que um Arconte chegava de frente, é quando ele se apresenta, porque, geralmente, ele, depois, está enganchado nas costas, heim.

 Mas sua mônada, se ela está encarnada, você não tem nenhuma noção nem de gostar, nem de seduzir, nem de relação de casal, é algo que se faz independentemente de toda vontade.

O que acontece quando você está, realmente, em face de sua de sua mônada? 

No olhar, não há necessidade de palavras, não há necessidade de história na terra, não há necessidade de karma; e no coração, é a mesma coisa. 

Está para além de qualquer norma social, para além de qualquer idade e de qualquer sexo, certamente, é um reconhecimento instantâneo. 


Portanto, não há que confundir um ser de Luz ou um ser da sombra, ou um desencarnado, que se aproxima com fatores topográficos, e sua mônada encarnada que se apresenta fisicamente a vocês. 


Isso não tem nada a ver.

E duvido muito que lhes possa ser apresentado uma mônada, sua mônada, com uma forma etérea. 

É um encontro que se realiza de olho a olho e de coração a coração, isso é tudo.

 Mas daí a compará-lo com a aproximação de um guia de Luz, com a aproximação de Yaldabaoth ou de um desencarnado, não tem nada a ver

Qual a associação de ideia que tenha sido feita sobre a apresentação de uma mônada com forma sutil etérea ou luminosa? 


Nós nunca evocamos isso.

Pergunta: por que algumas crianças muito jovens falam deles mesmos em terceira pessoa?

Certamente que são velhos sábios que já viveram o Advaita Vedanta e o princípio de Unidade. 

Vocês sabem que as crianças de hoje estão, ou muito despertos, ou o contrário

Então, você constatará, efetivamente, que algumas crianças vão falar deles em terceira pessoa, porque sabem pertinentemente que não são este corpo, sabem muito bem que são Absoluto. 


Então, são crianças que nascem liberados viventes.


 Sim, é claro, cada vez há mais e mais, e esses, vocês não poderão educá-los normalmente, heim, eu os desejo boa sorte, porque colocá-los em escolas e colocá-los em moldes, nunca funcionará, ao contrário de vocês que aceitaram isso.

Há uma grande probabilidade de que sejam crianças muito afetuosas e muito alegres, mas sobre todo muito rebeldes. 

Não suportam a autoridade, não suportam os marcos de referência, não suportam o coletivo, no sentido humano, isto é, ir à escola tal dia, a tal hora, ao mesmo tempo – e já estão liberados, é claro. 

E vocês não poderão em nenhum momento dar-lhes gato por lebre. 


Todos os canais de recepção da Luz estão abertos neles.


 Não digo que seja assim para todas as crianças, mas para muitas crianças. 


Se vocês mesmos estão despertos e têm uma criança, há uma grande probabilidade de que ele esteja ainda pior que vocês, isso quer dizer, dez vezes melhor.

Vocês não poderão impor sua autoridade maternal ou paternal a uma criança assim. 

Ou vocês o compreendem, ou não o compreendem, mas não poderão encaixar uma criança assim, no quadro habitual, no jardim da infância, na escola primária

Aliás, vocês veem, que a partir de dois / três anos, eles são capazes de manejar seus computadores com mais facilidade que vocês. 


Isso não é uma prova da evolução, é um sinal, simplesmente, de uma capacidade muito mais vasta de compreensão do ambiente, porque eles veem para além de todos os filtros, para além de todas as normas, e, sobretudo para além de todos os papéis. De fato, as crianças assim, vão dizê-los: « Mas você não é minha mãe, minha mãe é Maria ».


Eles lhe dirão claramente, olho no olho, porque, antes de tudo, eles não suportam as mentiras, não suportam as evasivas e não suportam o doutrinamento, qualquer que seja, escolar ou familiar. 


Pois resultam, desde o ponto de vista da pessoa, como uns verdadeiros rebeldes.

Pergunta: Qual é a origem do Absoluto?

Mas, não pode haver nenhuma origem já que ele é a origem e o fim. 

É o Alfa e o Omega, e é anterior ao Alfa e ao Omega. 


O Absoluto é sua morada. 


O jogo da consciência e a criação dos mundos nos universos multidimensionais sempre existiram, é a liberdade da consciência. 


A origem do Absoluto não pode ser expressa, nem em palavras nem em explicações. 


De fato, quando você é Absoluto e o vive, não há mais perguntas, não há mais consciência.


 Há beatitude, apenas isto, mas não é a beatitude da consciência, é a beatitude do Absoluto, que está mais além, diria eu, de Shantinilaya e mais além da Infinita Presença.


 Mas, no entanto, como dissemos, a Infinita Presença e Shantinilaya são o ponto, se me permite dizê-lo.

Todas as pessoas que vivem o Absoluto percebem que sempre esteve aí, mas que o filtro do mental, o filtro da história, o filtro das emoções, o filtro das normas, ligados ao confinamento, havia feito que se perdesse de vista. 

Isso é tudo.

Não há nem origem nem fim, há um desdobramento permanente. 

E às vezes contração, o retorno ao ponto inicial, mas é a respiração dos universos e dos multiversos, isso é tudo. 


Quando você é Absoluto, e que vive, não há perguntas possíveis sobre uma origem ou um fim. 


Porque você é ao mesmo tempo tudo isso, o definível, mas você é também tudo o que não é definido, tudo o que é potencial, e também tudo o que não ocorreu na emanação da consciência. 


Tudo o que podemos dizer, é que é anterior à primeira consciência, mas este anterior, não nos dá uma escala de tempo, já que o tempo não existe, salvo, nos sistemas confinados.

Portanto, não podemos, como dizia Bidi, dar uma definição do Absoluto, são apenas palavras.

 Sei que Bidi falava do Parabrahman, se querem, mas poderia ser também o Ain Soph Aur dos Hebreus, podemos colocar todas as palavras que quisermos.


 Mas, lembrem-se que vocês não têm nenhum cérebro, heim, para além da 3ª dimensão, é a Luz que é inteligente. 


A Inteligência da Luz não necessita cérebro, apenas necessita interatuar com a consciência pura e liberada. 


É isso o que faz o veículo, qualquer que seja a dimensão, cuja base é o corpo de Estado de Ser.

Pergunta: durante uma estância na casa de uns irmãos e irmãs, para além da participação nas tarefas cotidianas, deveria fixar-se uma tarefa de estância ou uma participação livre? Como situar a noção de partilha e de troca?

Quando é um encontro de coração… é claro que há alguns gastos, tem que compartilhar os gastos, mas deixe, agora, que trabalhe a Inteligência da Luz.

 Certamente que, quando há alguns grupos importantes, vocês estão obrigados a estabelecer umas regras, mas se são uns poucos irmãos e irmãs que se reúnem assim, vocês podem ou bem evocar uma participação livre, ou bem fixar um preço. 

Mas deixe trabalhar a Luz, ela os guiará melhor que eu com meus conselhos. 


Mas, lembrem-se, heim, aquele que recebeu muito, muito lhe será pedido. 


Claro que nesta sociedade, o valor de troca é o dinheiro, mas entre vocês, o valor de troca é o coração, antes que qualquer coisa. 


Ei diria que o mais abastado deveria ser necessariamente, pela Inteligência da Luz, o mais generoso.

Então, é claro, alguns depois vão dizer: mas isso não é justo.

 Sim, para a Luz é justo. 

Se vocês receberam muito, em Luz, ou muito em dinheiro, você guarda para si?

 É o que o mundo anima, certamente, porque é claro que há uma propriedade privada do dinheiro.


 O dinheiro de um não é o dinheiro de outroe, no entanto é o mesmo dinheiro que circula – porque as regras da sociedade ocidental são assim, porque há uma usura do dinheiro


Eu os reenvio (e já o fiz uma vez) a uma canalização de Maria, referente ao dinheiro, é muito, muito antiga. 


Quando entendem isso, vocês entendem tudo.


 Confiem nas leis da Luz ou nas leis deste mundo. 


Cuidado, não falo de transgredir as leis deste mundo, mesmo se sejam falsas, digo: o que você coloca à frente, o Amor ou a lei?


 Porque no Amor, não há outra lei que a do Amor.

Como vai fazer, quando haverá, para aqueles que devem enfrentar os 132 dias, se vocês não têm nenhuma outra moeda de troca para dar de si mesmo ou do que você tem?

 Não esqueças que a sociedade ocidental, desde há muito tempo, conhece apenas o dinheiro. 


Nas sociedades primitivas, não você podias vender nada (e inclusive a palavra vender no é a mais adaptada), algo que não tivesse, você mesmo, produzido.


 Enquanto o comercio hoje, é comprar algo barato em alguma parte para revendê-lo mais caro em outra parte, não é assim? 


Funciona assim em todos os níveis da sociedade. 


Mas isso não é a verdadeira vida.


 E quando você está entre pessoas de coração, ninguém deve buscar sua própria vantagem, mas a vantagem do outro


Enquanto seguem sem entender isso, vocês não são livres. 


Não digo para atirar todos os seus bens pela janela, heim, eu não disse isso, ou inclusive dar todas as suas camisas.


 Digo, simplesmente, que você tem que ver também isso, que inclusive se desenrola através desta pergunta. 

Não tenho nenhum conselho a dar, porque cada circunstância é diferente.

 Às vezes não há comida para comprar, por vezes, são lugares que você tem que reservar, tudo isso, tem um custo neste mundo, é claro.

 Então, aquele que proporciona um trabalho pode ser talvez, mais importante que os outros, também. 


Mas cada caso é diferente, não há uma regra.


Se vocês são suficientemente autênticos e suficientemente alinhados com o que vocês são em eternidade, esta pergunta nem mesmo se faz.

Certamente, há uma questão de tamanho. 

Porque, quanto mais numerosos vocês são, mais (e eu sei disso por experiência), mais é um caos, entre o que vela pelos seus interesses, e o que quer ter uma cadeira e não outra cadeira, e isso, até vemos mesmo nas assembleias mais nobres, inclusive entre nós, aqui onde estamos.

 É assim. 


Agora, há um equilíbrio justo.


 Mas este equilíbrio justo, não tem que ser ordenado segundo regras precisas, deve adaptar-se e seguir no sentido das linhas de menor resistência.


 Então, é claro, vocês me responderá: é necessário antecipar, é necessário preparar, é necessário fazer compras, é preciso fazer isso, é preciso fazer aquilo


Sim, mas cabe a vocês fazer malabarismos, tanto com a Eternidade como com o efêmero. 


Mas não há nenhuma receita milagrosa.

Pergunta: nós podemos fazer uma pausa e você pode lembrar-se do óleo de coco, o óleo de Krill e o iodo?

Vou informar-me com os Mestres geneticistas, que criaram a vida neste mundo e, certamente, responderei daqui a pouco.

Já é a hora de parar?

 Não falei muito.

É a hora da pausa.

Então, eu paro, pensava que estava falando a cinco minutos, somente.

Então, eu os transmito todas as minhas bênçãos e voltarei com as respostas, certamente, daqui a pouco.

 Portem-se bem.

Boa pausa.

Pergunta: assim como as Portas Atração e Visão, as Portas Profundidade e Precisão podem manifestar-se em relação com o que acabamos de comer?
Certamente, mais que nunca.


Continua - Parte 1BB -
(em formatação)





*"Mensagem de Maria - 
7/5/2005 (autresdimensions)" 
Sobre o dinheiro:

Post e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução do Espanhol
Tatjana Hein

Divulgado por

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...