15/06/2013

Toda a Frota Mariana Reunida.

O.M. Aïvanhov, os Melquisedeques e 
Toda a Frota Mariana Reunida

"Não creditem mais o que quer que seja, qualquer ilusão que seja"...

Transmitida por:
 Séverine Authier 
12  junho 2013.

Nós, os Melquisedeques da Terra, do Fogo e do Ar estamos reunidos ao seu redor e vimos ao seu encontro. 

Nós estamos aí na íntegra, para esse dia tão especial, que corresponde a uma entrada em uma fase nova. 

É a partir do coração da Confederação Intergaláctica dos mundos de Luz Unificada, na Frota Mariana, que está, mais do que nunca, presente nesses tempos de reencontros, que nós vimos saudá-los e desposá-los, novamente. 

Sim, é um tempo de festa, e nós estamos felizes. 

Então, filhos, irmãos e irmãs, Brémisskayàn*(meus queridos filhos) , nós vimos, hoje, dirigir-lhes essas palavras, não por uma voz desse Comandante, mas por uma única Voz, de um único Coração, reunido, porque é o que nós somos. 

Filhos da Graça, Maria está aí, muito presente, cercada, se se pode dizer, dos Arcanjos e de todos os seus irmãos de Sírius, que se preparam para vir ao seu encontro, mais do que nunca, ainda, isso não foi feito. 

Sim, Cristo está aí, em Unidade e em Majestade, vocês podem vibrar Sua Presença, Sua Ressonância, e é como Miguel que Ele vem, também, saudá-los e desposá-los. 

Todos reunidos, em um único coração de Amor, nós estamos aí, bem diante de vocês, mas, sobretudo, em vocês, sim, em vocês. 

E nós os convidamos a Vivê-lo, doravante, a cada dia, a cada instante de sua vida sobre esse mundo, a cada minuto, porque é essa a Verdade de quem vocês são. 

Nós convidamos a personalidade a deixar-se ir para a Verdadeira Vida e para juntar-se às esferas do Amor e da Unidade. 

Nós convidamos a personalidade, esse ego, a colocarem-se no coração de quem vocês são, para não mais ser perturbado pelo que quer que seja. 

Esse ego, essa personalidade estão no ponto de desaparecer, inteiramente, e isso não pode ser diferentemente. 

Nada mais será, jamais, o mesmo, e vocês devem aceitá-lo. 

Sim, isso pode ser difícil para o ego que, certamente, ocupa, ainda, um lugar importante junto a alguns de nossos irmãos, de nossos filhos, mas isso não é importante, porque essa não é a verdadeira natureza deles. 

Todos, sim, todos vão viver, doravante, o Amor e a Liberdade; cada um tem seu modo, segundo sua Vibração, segundo suas escolhas. 

E tudo é perfeito, porque vocês são, para além desse mundo falsificado, vocês são perfeição, vocês são livre Amor, vocês são Eternidade, e é a isso que vocês são convidados. 

A Terra vive o próprio Renascimento, e nós estamos nela, a cada instante, para acompanhá-la nesse momento de Graça.
É um grande momento, uma grande oferenda, uma grande Festa... que isso é celebrado em numerosos planos, sim, para além de tudo o que vocês podem imaginar. 

As Estrelas agem como guardiãs, e velam nesse renascimento e seu bom funcionamento, diríamos. 

Elas estão colocadas, cada uma, em um ponto preciso da Terra, ponto de ancoragem da Luz, mas, também, de Liberação. 

Elas são como sábias mulheres que velam pelo nascimento desse bebê, desse novo berço da Humanidade, dessa nova Terra que eclode, dia a dia, no Presente. 

Elas velam, assim, igualmente, pelo renascimento de cada um de seus filhos, vocês, meus irmãos. 

Sim, vocês veem, vocês estão cercados de tanto e tanto Amor...! 

Então, vivam-no, sim, vivam essa reversão e entrem, diretamente, em sua Eternidade, porque é sua evolução, é nosso convite. 

Aí está a escolha a fazer. 

Vocês vão continuar a deixar-se enganar por essa farsa, por todas as mentiras do mental humano, por todas essas chamadas feridas que não têm qualquer consistência? 

Ou vocês vão ousar olhar tal como vocês são, na realidade, e fundir-se na Imaculada de minha Presença que é sua Presença? 

Sim, nós, Melquisedeques da Terra e de todos os Elementos, Arcanjos, Estrelas e irmãos de todos os espaços-tempos unidos à Luz, nós lhes fazemos esse pedido, esse convite. 

Nós nos dirigimos a vocês por esse Coração que é UM, que é vocês, que é o que vocês são, o que nós somos. 

Voltem à sua verdadeira Natureza, esqueçam-se desse mundo e dessas feridas, esqueçam-se do que vocês não são e mergulhem, ousem, deem esse passo, saltem, diretamente, recuem em relação a esse mundo e a tudo o que o contém, para reencontrar, plenamente, o que vocês são. 

O que vocês são jamais se moveu, jamais desapareceu.
E é tempo, para vocês, de fundir-se nessa ausência de consciência, nessa ausência de crença, nesse Absoluto e nesse Silêncio, nessa Graça que vocês são. 

E vocês são, aí, grandemente ajudados. 

Sintam essa ajuda, é uma ajuda de vocês mesmos que é estendida para vocês... 

Sejam humildes, sejam simples, nós já lhes dissemos isso e repetimos, porque isso é muito, muito importante para esses momentos finais. 

Sim, é muito natural que tanto o ego como a Terra, que corresponde, também, à sua terra interior, seja revolucionada, agitada, mas de Graça. 

Não creditem mais o que quer que seja, qualquer ilusão que seja, quer seja uma emoção, um pensamento que os percorra, não o rejeitem, mas, sobretudo, não se identifiquem mais a ele, porque vocês estão tão além, tão além de tudo isso... 

São jogos humanos. 

Entendam-nos: tudo o que vocês conheceram, até hoje, vai desaparecer, e será preciso aceitá-lo. 

Mas o que vocês querem tanto é, também, perguntar-se: vocês querem permanecer no sofrimento ou visam o Contentamento? 

Então, é claro, nada há a visar, vocês sabem muito bem disso, há apenas que permanecer tranquilo, isso, eu lhes disse numerosas vezes e numerosos intervenientes disseram-no, também, então, cabe a vocês ver. 

Porque, em breve, vocês não poderão mais tergiversar e vagar entre suas feridas, suas projeções libidinosas e todo o fausto e sua Eternidade, você vê? 

Cabe a vocês ver onde querem colocar-se. 

E, aí, é mais do que tempo para decidir-se e colocar-se onde o coração os chama. 

Cabe a vocês ver, e isso será ou mais leve ou mais difícil, não é, no entanto, complicado, hein? 

Aí está, é importante, aí, olhar-se, a si mesmos, porque aí vocês estão, efetivamente, em face de si mesmos. 

Então, ousem olhar-se ou não, depende. 

Mas aí está a escolha, nesse momento, e nós somos numerosos a apoiá-los, a oferecer-lhes todo o nosso Amor, mas não no exterior de vocês, nem dentro, aliás, mas, aí, isso depende do ponto de vista, vocês sabem. 

Estejam, simplesmente, tranquilos, serenos, calmos e simples. 

Ousem olhar-se, ousem olhar-nos. 

Nós somos numerosos aí; não, de fato, nós não somos numerosos, nós somos UM... (eu me repreendo). 

Sim, nós insistimos nesse Coração Unificado que nós somos e que vocês são, em Verdade, e que nós os convidamos a juntar-se, mais do que nunca, aí, é tempo. 

O resto é apenas infantilidade, eu sei, nem sempre é fácil a ouvir, mas é, no entanto, a realidade, e nosso amigo Bidi já lhes disse o bastante, e repetiu, e, apesar disso, ainda não entrou em algumas cacholas, hein? 

Então, isso não é grave; para alguns, é mais longo, e isso não é o mais importante porque, de qualquer modo, vocês são a Eternidade desde sempre, e é a isso que vocês são convidados.
E, se vocês param de crer nesse mundo, nessa personalidade, nesse ego que crê sofrer, que crê ser ferido e torturado ou não sei o que mais, bem, deixem-no sofrer, vocês não são ele! 

Não se prendam mais a isso, vocês veem, é como se se dissesse a uma criança: vá, é tempo de crescer um pouco, você vê? 

Embora isso seja um pouco diferente, aí, trata-se de reencontrar toda a sua Imensidade, simplesmente, voltar-se em face de si mesmos e olhar-se. 

Sim, trata-se, simplesmente, de uma mudança de olhar, em todo amor, que os fará penetrar, diretamente, na Imaculada, no coração da Fonte que vocês são, sua Eternidade. 

Aí está nosso convite… 

E, aí, os momentos são propícios para o abandono. 

Então, abandonem-se a essa onda de amor que chega e que já está quase aí porque, aí, um tsunami de amor vai derramar-se sobre esta Terra, e vocês dela fazem parte, vocês são esse tsunami, então, não resistam mais. 

Como resistir ao amor, à graça? 

Vocês não querem desposar o que vocês são? 

Vocês não deram duro suficientemente, como se diz, em seu mundo? 

Vocês não têm o suficiente? 

Então, mergulhem no coração dessa onda que espera apenas vocês, e eu lhes prometo que vocês serão, para sempre, satisfeitos. 

Não pode ser de outro modo. 

Nós os amamos, infinitamente, não pode ser de outro modo, porque nós somos vocês... 

Então, deem um passo, esse passo que não é um passo, uma vez que vocês são a Verdade e a Vida, desde sempre... 

É-lhes solicitado, simplesmente, para esquecer-se, inteiramente, o que vocês são sobre esse mundo, porque nada, nada, absolutamente nada sobre esse mundo é real, e nada lhes pertence. 

Então, vocês podem tudo soltar, em toda segurança, em todo Amor, o Comandante está pronto para a decolagem (risos!) e pronto para levá-los ao coração do Amor... 

Mas esse piloto, esse comandante é vocês, também, vocês veem? 

Então, cabe a vocês levar-se ao coração de si mesmos, sejam autônomos, aí, é tempo. 

Mas fiquem tranquilos, hein? 

Mesmo se minhas palavras venham pressioná-los, elas vêm pressionar o ego e nada mais, porque há apenas o Amor, e vocês são o Amor! 

Nós os amamos, nós os amamos, infinitamente, e os irmãos do Intraterra estão aí, em nós, e exprimem-se, igualmente, nesse momento mesmo... 

Eles lhes dirigem todas as bênçãos. 

É essa, também, a magia da Unidade da comunhão, mesmo se, aí, seja mais do que a comunhão, mas vocês vão descobri-lo, cada vez mais, e nós estamos contentes por isso. 

Aí está a minha mensagem e a nossa mensagem de hoje. 

Todos os Melquisedeques reunidos, toda a frota Mariana Intergaláctica junta-se a mim e nesse coração de Amor que nós somos, e dirige-lhes toda a sua Graça... 

Sejamos unidos, sejamos Um, para além de toda forma, de toda crença, de toda projeção. 

Isso se anuncia, cada vez mais, e vocês estarão maravilhados, meus queridos irmãos, do que se prepara e do que vem. 

Lembrem-se, coloquem-se em seus quatro Pilares, chamem os irmãos Melquisedeques dos quatro elementos para ajudá-los nisso, e fiquem na paz, mais do que nunca. 

O que vem não é uma ameaça, vocês sabem disso, e pouco importa a forma que isso tome sobre esse mundo: olhem cada evento com seu Coração, seu Coração Unificado, e tudo transcorrerá bem, hein? 

Aí está. 

Bem, vou deixá-los e agradeço-lhes por sua atenção. 

Eu os abraço, meus caros amigos, e eu lhes digo até muito em breve, para a sequência do jornal galáctico. 




*Brémissakayàn: embora essas vibrações não sejam para traduzir, como se poderia com uma língua terrestre, essa vibração da linguagem vibral corresponde a «meus queridos filhos» 

Pequena partilha segue essa mensagem, que me foi transmitida e que foi vivida na Unidade, segundo o procedimento da escrita automática, digamos. 
Hoje, torna-se mais fácil transmitir essas mensagens que não vêm mais de uma Presença em especial (mesmo se se possa reconhecer algumas Presenças, como aquela de OMA), mas que se exprime a partir do Coração Coletivo e Unificado que nós somos. 

Quando isso é vivido, é mais do que uma Comunhão: a personalidade apaga-se e esse Coração exprime-se, muito naturalmente. 
É para nós, também, portanto, normal que isso seja cada vez mais fácil. 
Não se trata mais, portanto, de «canalizações», porque se pode dizer que não há mais emissor, nem transmissor. 
Nós somos UM, ponto. 

E, para voltar a essa mensagem em especial, que não tinha o material disponível, no momento da transmissão, houve, portanto, uma releitura gravada no dia seguinte..., o que foi bastante divertido e não muito fácil, sobretudo quando OMA exprime-se...! 
Deixar-lhe o lugar, com seu sotaque e sua entrega, ao mesmo tempo lendo, é bastante informal, mas muito simpático. 
Obrigado a nós, portanto, embora a Gratidão torne-se obsoleta, uma vez que nós somos UM e vivemos isso, cada vez mais... é mágico! 

Graças. 



Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com/

Tradução e Divulgação:

Transmitida por: 
Séverine Authier 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...