06/06/2014

DÊ UMA CHANCE À MEDITAÇÃO

Quando a mente está sem pensamentos, 
isso é meditação.


OSHO

05 Jun 2014


 A mente fica sem pensamentos em dois estados — ou no sono profundo ou na meditação.

 Se você está consciente e os pensamentos desaparecem, isso é meditação. 

Se os pensamentos desaparecem e você fica inconsciente, isso é sono profundo.


O sono profundo e a meditação têm uma semelhança e uma diferença. 

A semelhança é a seguinte: em ambos, os pensamentos desaparecem. 

Por outro lado, eles têm uma diferença: no sono profundo, a consciência também desaparece, mas na meditação ela permanece. 

Portanto, a meditação é igual a sono profundo mais consciência.

 Você fica relaxado, como no sono profundo, e continua consciente, totalmente consciente — e isso leva você ao portal dos mistérios.

No sono profundo, você passa para a não-mente, mas sem ter consciência. 

Você não sabe para onde está sendo levado, embora pela manhã sinta o impacto e o efeito disso. 

Se se tratar de fato de um sono profundo e belo, sem sonhos que o perturbem, pela manhã você se sentirá renovado, rejuvenescido, vibrante, jovem outra vez, cheio de ânimo e vontade de viver.

 Mas você não sabe o que aconteceu, onde esteve.

 Você foi tomado por uma espécie de coma profundo, como se tivesse recebido uma anestesia e sido levado para algum outro plano de onde você volta revigorado, jovem e rejuvenescido.

Na meditação, isso acontece sem anestesia.

Portanto, meditar significa ficar tão relaxado quanto você fica no sono profundo, mas alerta também. 

Faça com que a consciência continue — deixe que os pensamentos desapareçam, mas a consciência tem de permanecer. 

E isso não é difícil, acontece simplesmente que nós nunca tínhamos tentado antes, só isso.

 É como nadar: se você nunca tentou, vai parecer muito difícil. 

Vai parecer muito perigoso também.

 E você não conseguirá nem imaginar como as pessoas conseguem fazer isso, porque você simplesmente afunda! 

Mas, depois que tiver tentado um pouco, a coisa parece ficar mais fácil; fica muito natural.

Agora um cientista do Japão provou em laboratório que uma criança de seis meses é capaz de nadar; basta dar a ela uma oportunidade.

 Esse cientista ensinou muitos bebês de seis meses a nadar; ele conseguiu um milagre!

 E disse que está tentando fazer o mesmo com crianças mais novas também.

É como se a arte de nadar estivesse embutida dentro de nós; para que essa capacidade seja ativada só é preciso dar a ela uma oportunidade.

É por isso que, depois que aprende a nadar, você nunca esquece. 

Você pode ficar quarenta, cinqüenta anos sem nadar, mas nunca esquece. 

Não se trata de algo acidental, é uma coisa natural; é por isso que você nunca esquece.

A meditação é parecida; é algo que está embutido. 

Você só tem de dar espaço para que ela entre em ação; é só dar a ela uma chance.







Post. e Formatação
Semeador de Estrelas
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Origem:
Blog Palavras de Osho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...