02/09/2016

AMAR-SE - É A CHAVE PARA O AMOR DIVINO -

"Aprender a reconhecer e ignorar a tagarelice
 do ego começará a mudar 
seu sistema de crença".

Mensagem do 
Grupo Arcturiano

Por 
Marilyn Raffaele
(Reply)


Nós do Grupo Arcturiano viemos novamente para saudá-los durante esta época de aparente confusão e de mudança.

Vocês são seres de Luz poderosos, mas quando no físico, vocês não se lembram disto.

A experiência humana faz muitos se considerarem somente carne que irá morrer e que não há nada após a morte.


Por causa disso, esses queridos normalmente procuram implacavelmente vidas que abrangem tudo que eles acreditam ser bom e importante independentemente das consequências.

Vocês frequentemente ouvem a frase: 
“Você somente tem um vida, então viva ao máximo”.

Bem, sim, vivam ao máximo, o que significa viver numa consciência da verdade e não dos conceitos humanos.

Vocês têm sim apenas uma vida na Terrauma por vez.

Todos vocês tiveram centenas de vida.

Vocês que leem e ressoam com essas mensagens são almas antigas.

Saibam que vocês são capazes de ressoar com a energia de verdades superiores porque elas são de seu estado de consciência atingidocaso contrário, as mensagens da verdade não fariam sentido.

A energia flui e ressoa com energia semelhante e é por isso que agora vocês estão descobrindo que determinadas pessoas, comidas, entretenimentos, etc., não mais parecem importantes sua ressonância mudou enquanto que essas coisas não mudaram vocês não ressoam mais com elas.

Viemos novamente falar do amor, mas desta vez com relação a amar a si.

Muitos seres humanos portam um sentimento de autoaversão ou baixa autoestima que frequentemente se manifesta externamente através de atos de violência, suicídio, abuso, e ações de uma natureza negativa ou em grau menor de recusa a aceitar ajuda, presentes, cumprimentos ou amor.

Para amar no mais alto sentido, o próprio eu deve ser incluído, o que normalmente prova ser mais difícil do que o ato de amar outros.

Quando um indivíduo começa a despertar, ele fica ciente de experiências em que ele não foi satisfatório lembranças de dizer ou fazer coisas que agora o chocam e envergonham.

Ele fica muito atento às falhas humanas e começa a se comparar com o que ele acredita quedeveria ser”.

Cada vez que ele lê ou ouve como uma pessoa precisa se amar, ele ouve uma vozinha que diz:
“Ah, mas se lembre de que você fez ou disse isto ou aquilo... você não é merecedor de amor.
 Você é uma pessoa má”.

O perdão é o primeiro passo para se amar.

A base para o perdão é a compreensão de que uma pessoa somente pode viver e agir a partir de seu estado de consciência atingido.

As questões que criam vergonha resultam de ações que foram realizadas em um estado de consciência diferentevocês não estão mais nesse espaço e é por isso que vocês podem reagir com vergonha em relação a alguma ação passada – vocês estão vendo de um nível totalmente novo.

Os seres humanos aprendem com a tentativa e erro das fases anteriores da evolução, e é disso que se trata o karma.

O karma simplesmente é o equilíbrio de energias, um modo de aprender e experimentar todas as facetas de alguma energia específica que um indivíduo desencadeou.

Em um ponto do processo evolucionário, o karma não é mais necessário porque se começa a viver a partir de um nível mais alto e a ser ensinado a partir de dentro.

Como estudantes sérios da verdade, vocês têm meditado, enviado Luz para Gaia e Seus reinos, e feito o que são orientados a fazer e estudar.

Entretanto, muitos de vocês jamais se perdoaram por faltas e ações reais ou percebidas, ou levaram séria e conscientemente em consideração o que significa amar-se.

Em vez disso, a ideia de se amar é posta de lado e ignorada enquanto que seu sentido pessoal de eu (ego) continua carregando a crença de ser desmerecedor ou inferior como uma bola pesada e corrente vida após vida.

Até para estudantes espirituais de longo tempo, a ideia de amar-se pode parecer inadequada e parecida com ação do egoo que não é.

Esses sentimentos simplesmente representam um conceito tridimensional do que significa amar-se.

Para se aprofundar mais no viver, mover e ter sua existência nas frequências mais altas da verdade e amor, vocês devem se incluir, pois TODOS estão no Um e são do Um vocês e qualquer outro, não importa o quanto “santo ele possa parecer.

Em suas horas de silêncio e meditação, transformem em uma prática passar por todos os seus chakras, descer a luz dourada/branca por cada um deles de acima da coroa com a intenção de que cada chakra seja aberto, limpo, equilibrado e alinhado quando a Luz entra nele.

Quando vocês chegam no plexo solar, que é o lugar da identidade pessoal, prestem atenção especial em honrar o Eu, declarar sua intenção de limpar e liberar todas e quaisquer energias ainda sendo mantidas e atuando como bloqueios nesse chakra.

A lembrança de alguma pessoa ou experiência pode surgir na sua atenção indicando que algo precisa ser limpo.

Vocês podem se lembrar de alguma experiência ou pessoa que ativa sentimentos de inadequação ou autoaversão.

Entrando ou não alguma coisa em sua mente no momento, declarem sua intenção de liberar com amor todos e quaisquer cordões energéticos negativos que ainda podem estar atados a vocês a partir de pessoas ou situações desta vida ou de vidas passadas.

Visualizem Luz inundando todo o seu ser e principalmente o chakra plexo solar e então deixem que se vá.

Amar-se não se refere a amar o eu ego, apesar de que vocês também precisam aprender a aceitar e a não resistir a essa parte.

O eu ego não é o real você, mas é um sentido percebido, falso do eu que foi construído ao longo de vidas vividas nas crenças de ser separado da Fonte e de todos os outros.

Amar-se significa reconhecer sua natureza divina e perdoar quaisquer passos em falso dados enquanto na ignorância disso.

Amar-se significa ter a coragem de admitir quando vocês estão errados enquanto que não se repreendem com relação a alguma questão do passado.

Amar-se significa viver a partir de quem e do que vocês realmente são apesar das aparências.

É a recuperação do poder inato que vocês inconscientemente permitiram que lhes fosse tirado.

Durante o processo de aprender a se amar, tentem evitar entrar em resistência com relação aos pensamentos que possam chegar ao seu conhecimento.

Quando um estudante espiritual começa a reconhecer e admitir sua natureza divina, normalmente ele descobre que também vem essa voz do ego determinado sussurrando como ele é carente das verdades que está aprendendo e o recordando dos muitos modos em que ele mostrou que sua natureza não é divina.

Virá a tentação de resistir a esses pensamentos, dizendo para si:
“Eu não devo permitir que essa voz me governe. 
Vá embora, eu não vou aceitar esses pensamentos.”, etc., etc..

A resistência simplesmente dá um poder a essas sugestões impessoais do ego.

Uma resposta interior melhor seria
“Sim, eu me considerava desmerecedor e, sim, eu ainda carrego culpa e sentimentos sobre certas coisas que eu fiz no passado, mas agora eu escolho liberar essas energias antigas e cada vez me aprofundar mais na minha conscientização de quem e do que eu realmente sou... para aceitar que EU SOU O QUE EU SOU”.

Aprender a reconhecer e ignorar a tagarelice do ego começará a mudar seu sistema de crença.

Não demorará muito até vocês reprogramarem seu pensamento habitual e começarem a confiar na verdade porque agora vocês percebem que vocês não apenas têm, mas são o poder e a presença para ser o que vocês são e fazer o que vocês vieram fazer.

Para a maioria a mudança não acontece da noite para o dia, os programas de separação e dualidade estão colocados há muito tempo – programas que os levaram a aceitar que vocês eram inferiores aos outros e que somente aqueles com dinheiro, aparência, poder, educação ou santidade eram importantes ou merecedores de amor.

TODOS são do Um e estão no Um.

As aparências e circunstâncias da vida diária para cada uma e para todas as pessoas têm a ver com suas escolhas pré-encarnação.

Vocês estão preparados, queridos, preparados para abraçar e começar a realmente se amar através do reconhecimento de que vocês são Seres de Luz aprendendo e evoluindo através das experiências tridimensionais.

Assim que vocês destrancarem a porta de amar o eu como EU, vocês descobrirão que esta é a chave há tanto tempo escondida, o Santo Graal escondido onde ninguém acha até estar preparado e então vocês abrirão o caminho para o Amor Divino e todas as qualidades dele fluírem infinitamente dentro e fora.

Nós somos o Grupo Arcturiano.





Post. e Formatação

Semeador de Estrelas
http://semeadorestrelas.blogspot.com
02/9/2014

Tradução e Divulgação:
 Blog SINTESE

Fonte: http://www.onenessofall.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...