05/04/2014

O. M. Aivanhov - Avivando o Ânimo -

"Os lugares, os cenários são apenas projeções 
no espaço infinito da própria 
Consciência". 

Através de:
Agnimitra
3 dezembro2013

Uma mensagem especial de avivamento e lucidez para todos os irmãos e irmãs, nessa Rede Cristalina de consciências!

Saudações.

 Eu sou aquele que ficou conhecido como Omraam Mikhail Aivanhov.

 Bênçãos e paz a todas as Centelhas Divinas.

Meus irmãos, minhas irmãs, todos aqueles que ouvirão estas palavras, minha Presença nesta oportunidade que a vida proporciona, tem como objetivo reforçar as paredes que nossa Mãe Divina vem levantando por meio de seu acompanhamento amoroso, por meio de sua Presença firme e, no entanto, suave, em torno de cada um de seus filhos e filhas sobre esta Terra.

Minha Presença ígnea, em vossa Presença ígnea, se destina a estimular e fortalecer seu ânimo, se destina a animar e avivar o Fogo desta devoção. 

Esta devoção não deve ser confundida com a adesão a um ideal de perfeição, com a adesão a uma aspiração por um comportamento exemplar, como estas coisas possam ser compreendidas pela mente humana. 

Esta devoção é a entrega de si, esta devoção é a entrega completa e total de si a este Amor sem fronteiras, a este Amor sem condicionamentos, a este Amor sem limites.

O tempo e os atos desempenhados nas linhas do tempo são simplesmente um fenômeno na própria Consciência.

 Os lugares, os cenários são apenas projeções no espaço infinito da própria Consciência. 

As marcações de um tempo e de um espaço que acontecem por meio das experiências perpetradas na dança da própria Consciência não devem se estabelecer aí como algo verdadeiro de fato.

Muito mais do que abrir os olhos, vocês precisam abrir-se para vocês mesmos, para viverem aí, onde esta Chama que eu venho animar habita, um encontro sem igual com vocês mesmos. 

Então todo o poder que o tempo, todo o poder que as encenações que acontecem no tempo parecem ter sobre vocês cairá.

Este poder é apenas seu próprio poder enquanto criadores e criadoras universais.

Este ânimo que eu venho injetar por meio de minha Presença em sua Presença, não é um questionamento mental de toda a encenação nestas linhas de tempo.

Este ânimo que eu venho injetar não é um repúdio da própria encenação. 

Este ânimo que eu venho injetar através desta Presença ígnea, que neste momento nós compartilhamos, têm como objetivo despertar aí em vocês o prazer do reencontro consigo mesmos.

Sim, eu tenho consciência de que este é um termo capcioso, não importa.

 Se vocês se deixarem ser consumidos por esta Chama Eterna que queima em seus corações toda a dúvida e toda a confusão se desfará, porque este prazer logo se transformará num Êxtase - sim, pois o prazer é momentâneo, o êxtase é implosivo. 

Mas então mesmo este Êxtase que só surge da aparente relação de elementos - e claro, não há elementos, há apenas Você - logo este êxtase se transforma em absoluta Bem-Aventurança, mas vocês devem redescobrir, ou reafirmar se já redescobriram, o fio do prazer do reencontro.

O caminho que não é um caminho não é uma estrada de pedras pontiagudas. 

O caminho que não é um caminho não é a coroa de espinhos que a moralidade e a religião transformaram no grande pesadelo!

 O caminho que não é um caminho é um campo de flores se abrindo constantemente, exalando seu mais prístino perfume.

Onde está o regozijo? 

Onde está a verdadeira Alegria que não se deixa abalar, que não se deixa ser desfeita pelas pequenas decepções de uma vida limitada?

 Onde está o gozo e o júbilo de seres despertos que realizam sua Realidade Última? 

Onde está a Bem-Aventurança da Liberação?

Vocês passam pela experiência neste mundo, dia a dia, como barcos que não possuem um capitão, à deriva, ao sabor dos ventos e das tempestades.

 É esta a vossa realidade? 

São vocês de fato barcos sem capitão?

 Onde está aquele que maneja o leme? 

Quem será este que maneja o leme? 

Deus lá no céu?

 Cristo lá no Sol? 

Eu no solo? 

Não! 

D, nenhuma das alternativas.

Quem maneja vosso barco? 

Hhhmmm... Percebam a maravilha da realização deste fato, quando vocês se redescobrem como plenamente potentes, como sendo por si mesmos, em si mesmos, o início e o fim de toda a Dança; quando vocês abrem os olhos para a magnificência de sua seidade e percebem que vocês são o conjunto de todas as possibilidades.

 E olha que elas são infinitas.

 Vocês então são infinitos?

 Não, vocês são algo para o qual não há palavra, vocês são algo para o qual não há representação, nem neste mundo nem nos mundos de pura Luz, pois todos eles são apenas reflexos desta mesma magnificência que vocês são.

Onde está então o motivo para o desespero? 

Onde está o sentido do choro?

 Da guerra?

Do conflito? 

Da discórdia?

 Onde está a semente da decepção?

 De onde surge este fruto irreconhecido? 

Sim, por que ninguém quer assumir a responsabilidade por ele.

 É muito mais fácil criar um deus e um demônio e culpá-los por toda a luz e toda a sombra.

O caminho, que não é um caminho, de reencontro com esta magnificência passa por assumir a responsabilidade pelos espinhos que nascem nas rosas que exalam o prístino perfume. 

Contra quem vocês lutam? 

Quem é seu inimigo? 

Quem é o oponente neste campo de batalha?

 Será que a vida de repente se transformou nisso, se resume nisto? 

Lutar contra o indesejável, proclamar a vitória do sonho? 

Do ideal?

Deixe-me lhes relembrar algo: a Vida não é, nunca foi e nunca será um campo de batalha. 

Na vida não há lados guerreando. 

Na Dança, esta, limitada, como a ilimitada, há apenas sempre vocês.

 Você, mais especificamente.

 Você que é a origem e a conclusão de todas as suas criações. 

Onde há espaço para um inimigo? 

Onde há espaço para um combatente?

 E eu gostaria que vocês aproveitassem e conseguissem transferir esta visão que eu lhes apresento para a mais óbvia de suas experiências, para o nível o mais superficial de sua existência, que é esta dança tresloucada que vocês vivem neste corpo de carne e osso.

Olha o tamanho do cenário, quantos outros cenários ele consegue acolher! 

E vocês se deixam abalar por um acontecimento neste pequeníssimo cenário que é contido por tantos outros e sendo vocês a origem de todos eles? 

De que adianta redescobrir a capacidade de transitar pelos cenários, se vocês continuarem identificados à ilusão de uma identidade fixa? 

De que adiantaria um céu se o ‘Pedro’ e o ‘João’ continuassem a existir nele como ‘Pedro’ e ‘João’?

Animem-se!

 Uma grande festa acontece ao seu redor! 

Seus dedos tocam esta realidade maravilhosa e luminosa, mas seus olhos parecem ainda se voltar para a sombra que seu próprio corpo projeta.

Fechem os olhos, fechem os olhos...

 Vocês conseguem perceber o que eu percebo agora?

 Vocês conseguem sentir, pelo sentir curado e retificado do Coração, a Vida que pulsa em cada átomo de seu corpo cósmico? 

Basta isso, basta um momento disso e todos os fardos de uma vida comprimida entre o nascimento e a morte se desfazem. 

Deixem os fardos caírem constantemente, porque o caminho que não é um caminho não é uma coroa de espinhos, é um campo de flores que se abrem exalando olor de santidade.


Eu vos deixo, Rosas do Coração Divino da Mãe, mas nunca vos deixei, porque eu vivo aí onde a Chama Eterna queima. 

Sejam abençoados, até outra oportunidade.





Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com
04/12/2013

Canalizado e
Divulgado por:
Agnimitra
Antena e Proteção


Transcrição feita por
colaboradores da Agnisangha
Revisão final: Agnimitra

Clique aqui para fazer o download do áudio.

Um comentário:

  1. Foi maravilhoso ouvir nosso amado Aivanhov em português!!

    Gratidão sempre por compartilhar as maravilhosas mensagens.

    Helena

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...