25/10/2012

IRMÃO K - Linhas de Predação - (Parte II)

A maturidade espiritual é então o que vai decorrer 
do seu modo de viver a extração da 
sua própria ilusão. 

IRMÃO K

 - PARTE  II -


Krishnamurti
AutresDimensions

Descobrir o que vocês São, ser então Liberado, acompanha-se desta maturidade espiritual.

Enquanto existir um sonho (que esse sonho seja lógico para aquele que está encarnado e que não conhece o que está além da encarnação), não é possível conceber que possa existir algo que escape ao tempo, algo que escape a um objetivo (e que sempre esteve aí) já que a consciência é colocada em um ponto de vista que o confinou, por si só, em meio ao Eixo ATRAÇÃO / VISÃO

 

A Reversão da Alma, efetuada pelas diferentes Passagens (em particular, aquela de quase dois anos, realizada pelo Arcanjo URIEL: a última Reversão do ego ao Coração, fazendo e realizando a Passagem da Porta Estreita, o estabelecimento em meio ao Coração Ascensional, em meio aos diferentes marcadores Vibratórios que lhes foram dados a viver), vai aproximá-los, de maneira inelutável, do Instante Presente.

O Instante Presente, o Absoluto, a Última Presença, a Última Unidade, não precisam das circunstâncias deste mundo, que isso seja da sua vida, das suas ligações, quaisquer que sejam, dos seus apegos, quaisquer que sejam.

O fim das Linhas de Predação põe fim ao reflexo de sobrevivência existente em meio aos dois primeiros centros energéticos, mas põe fim, também, à preeminência do Eixo ATRAÇÃO / VISÃO.

Algumas Estrelas lhes falaram das possíveis manifestações existindo em meio às Portas ATRAÇÃO e VISÃO, traduzindo, justamente, esta última Reversão.

Os pontos doloridos, sobrevindo no nível do plexo solar, como no nível do que é nomeado o 8º Corpo (ndr: ponto OD do peito), refletem, muito exatamente, este período de questionamentos finais visando fazê-los sair do relativo, para fazê-los entrar no Absoluto.

As manifestações, expressas como “resistências”, logo antes de mim, por UM AMIGO (ndr: sua intervenção de 16 de outubro de 2012 (4)), correspondem, muito exatamente, também, ao processo de Liberação que está em curso.


A Liberação pode ser obtida, não pela negação do passado ou do futuro, mas sim, de algum modo, pela remoção de todo passado e de todo futuro, a fim de se instalar, plena e totalmente, no Instante Presente.

O papel da Luz Vibral, o papel do Supramental, o papel das Vibrações da Consciência (já que a Consciência é Vibração) tiveram apenas um único objetivo: aproximá-los deste Instante.

Alguns de vocês vivenciaram este Instante desde o aparecimento da Onda da Vida.

Alguns de vocês ainda o vivem (que isso seja pelo Manto Azul da Graça ou pela própria Onda da Vida), dando-lhes a instalar-se em uma perenidade.

Ao se instalar nesta perenidade, neste Absoluto ou nesta Infinita Presença, vocês notam então que vocês continuam a existir muito mais, mesmo sem viajar a outros lugares senão sobre este mundo, senão sobre este próprio mundo.

Estando muito mais sobre este mundo, estando muito mais do que vocês estão sobre este mundo, é-lhes então oferecida a possibilidade de realizar a fixidez, além de todo efêmero, do que vocês São, na Verdade.

Vários intervenientes lhes disseram que vocês não podem definir o que vocês São: vocês apenas podiam aproximá-lo vivendo-o no Interior, de algum modo.

Ora, isso não pode existir enquanto houver uma projeção em um futuro, qualquer que seja.

Nós estamos perfeitamente conscientes de que vários ensinamentos visaram, muito exatamente, o contrário, ou seja, de fazê-los manter um ideal de uma Idade do Ouro ou de uma Terra regenerada pelo Amor (que isso seja pelo Alinhamento com o Centro galáctico, pelo trabalho pessoal, ou ainda pelo trabalho da Terra, ou ainda pelo trabalho da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres).

Nada disso existe.

O seu nível de realidade está em um estado de tamanha resistência e de predação (que, mesmo vendo o fim das Linhas de Predação pessoais ou coletivas, mesmo vendo o fim do Sistema de Controle do Mental Humano) que ele não permite uma solução de continuidade, conservando, de algum modo, as bases históricas, as bases memoriais, deste mundo tal como vocês o conhecem.

Há então (e desde o momento em que a maturidade os faz vê-lo) um mecanismo de ruptura total.

Essa mudança de equilíbrio, para obter um novo equilíbrio, não pode ocorrer em meio a uma antiga forma, em meio a um antigo corpo, em meio a uma antiga memória.
Nós estamos, também, perfeitamente conscientes de que as memórias, tais como elas são abordadas a vocês por vários ensinamentos, são elementos de referência que lhes permitem, apoiando-se nisso, liberá-los, justamente, desses elementos memoriais que afetam vocês.
Mas isso pode levar a Eternidade.

A única maneira, nesse tempo atual a viver, de liberarem-se, é conceber que vocês já o estão.
Ou seja, não mais projetar um objetivo de Liberação, não mais projetar uma consequência memorial ou uma consequência futura.

A maturidade espiritual é então a instalação, total, no Instante Presente.

Esta instalação no Instante Presente vai realizar, através do Alinhamento espontâneo que ocorre naquele momento, uma ruptura de continuidade da consciência.

É nesta ruptura de continuidade da consciência que vocês irão descobrir quem vocês São.

Mesmo se, para muitos de vocês, isso se assemelhar, ainda, muito mais, a um mecanismo denominado sono ao invés de Turiya, não o é.

O próprio marcador da sua Liberação pode, para alguns de vocês (e eu diria, até mesmo, para a maior parte de vocês), apresentar-se por episódios como de obscurecimento da consciência que vocês assimilam, por enquanto, ao sono.

Não há outra maneira de sair do sonho e da ilusão senão efetivamente despertar.

Este despertar ocorre por intermitência.

Ele ocorre por uma noção de Passagem, de Basculamento, de um estado a outro, todos eles visando, sem qualquer exceção, além de todo desenrolar temporal, fazê-los instalar-se em um tempo muito maior do que aquele considerado os três tempos separados: presente, passado, futuro.

Assim, portanto, escapando ao tempo, não como uma rejeição da encarnação ou uma rejeição deste mundo, mas aceitando ver claramente as coisas (que isso seja com o olho da visão, o olho da razão, o olho Interior ou o olho do Coração, é exatamente o mesmo).



Vão além das aparências, vão além da dor e do conflito e vejam o que age, realmente.

O que age, realmente, através de algumas leis de atração e de visão (que vão cessar), é o prosseguimento da Ilusão.

O enfraquecimento do Eixo ATRAÇÃO / VISÃO, a Reversão da Alma para o Espírito, a Passagem da Porta Estreita, a conjunção da Onda da Vida e do Manto Azul da Graça, a instalação em meio ao Coração Ascensional e o desenvolvimento do Coração Ascensional, vão permitir-lhes alcançar, simultaneamente (a título individual e, cada vez mais, a título coletivo), a compreensão de que este mundo é apenas uma matriz de natureza informática tendo criado e tendo sido criada a partir do código binário.

Este código binário é o próprio princípio do confinamento, ou seja, da dualidade.

Percebemos este mundo pelo que ele é: como uma construção não tendo outro sujeito e outro objeto senão a sua própria perpetuação.

Tornar-se-á para vocês cada vez mais fácil extrair-se desta Ilusão pelos diferentes choques vivenciados, a título pessoal, a título social, a título coletivo e, enfim, a título planetário, e a título do conjunto do sistema solar.

A maturidade espiritual é então o que vai decorrer do seu modo de viver a extração da sua própria ilusão.

Esta extração apenas acontece, unicamente, se a maturidade espiritual estiver ela própria presente, se vocês aceitarem ver, logicamente (ou seja, com o Olho real), as circunstâncias deste mundo e as circunstâncias da sua própria vida.

Isso irá liberá-los de um peso e, efetivamente, neste último Basculamento, nessas últimas Passagens (correspondendo à Última Unidade ou ao Absoluto), vocês irão constatar que tudo o que era resistência ou peso, obstáculo, interrogação, questionamento, irão desaparecer por si mesmos.

Aí, está a Liberação.

Nada mais há a fazer.

Nada mais há a realizar. 


Há, apenas, de algum modo, que tomar consciência disso, no Instante Presente. 

Cada vez mais irá parecer-lhes fácil Bascular de um estado a outro: do sono ao despertar, do sono ao sonho, do sonho ao despertar, do despertar à Liberdade.

Tudo isso prosseguindo na encarnação, sobre este mundo, até o limite desejável. 


Assim, o sentido deste mundo irá parecer-lhes como totalmente desprovido de sentido. 

Existem sentidos, existem leis, sobre este mundo, mas, como foi dito, isso não é, em nenhum caso, as leis da Liberdade, as leis dos Universos Livres (que não estão confinados).

Tomar consciência da prisão, tomar consciência do teatro, ou ainda das diferentes camadas da cebola (qualquer que seja o conjunto de frases que nós lhes propomos, uns e outros): este trabalho, é o que vocês estão, muito precisamente, prestes a realizar, e eu diria que ele acontece independentemente da sua vontade, independentemente da vontade da Terra, e independentemente da vontade d’A FONTE.

Já que a lógica deste mundo é uma lógica absurda: é uma lógica onde tudo é consumido, onde tudo desaparece, onde tudo é apenas efêmero.

O desaparecimento do efêmero é então a garantia do aparecimento da Eternidade. 


O efêmero não pode se substituir à Eternidade e, em caso algum, o efêmero pode se tornar Eternidade, pelo próprio fato das Linhas de Predação e pelo próprio fato do que existiu, desde tempos extremamente longos, com relação ao Eixo ATRAÇÃO / VISÃO.

A liberação do Eixo ATRAÇÃO / VISÃO (que começou a manifestar-se durante a liberação do Sol, pelo aparecimento da visão etérea, pela percepção das Partículas Adamantinas e, mais recentemente, desde a liberação da Terra e pelo aparecimento do Canal Mariano, pela possibilidade de entrar em contato Vibratório conosco), deu-lhes um vislumbre do que é a Verdadeira Vida.

A maturidade consiste, então, em não rejeitar seja o que for, mas em estar simplesmente lúcido do que é o efêmero e do que é a Eternidade.

Estar lúcido disso é abandonar o medo e entrar sem dificuldade, e satisfeito, no Amor. 


O Amor não precisa deste mundo.

O Amor não precisa das circunstâncias deste mundo, não precisa do desenrolar da vida deste mundo.

E, no entanto, o Amor está presente neste mundo.

Sem isso, não haveria vida alguma.


Mas esse é um Amor que foi, como vocês sabem disso, rarefeito, cortado, e colocado na dualidade com o medo.

Toda vida humana e todas as experiências humanas (que todos nós conhecemos) sempre se inscrevem sob o princípio da alegria ou da dor, do sofrimento ou da paz.

E isso é permanente.

As Moradas da Paz Suprema, denominadas assim, irão lhes demonstrar, pela experiência (se esse já não for o caso), pela vivência da consciência do que vocês São, além de toda consciência: que a Eternidade não é uma palavra em vão e, em nenhum caso, uma projeção em algum futuro.

A saída da linearidade do tempo é, muito exatamente, a Translação Dimensional da Terra e deste sistema solar, em meio aos Mundos Unificados, e a sua restituição à sua Origem estelar ou às suas Linhagens estelares.

Deste modo, então, a maioria das conversas que vocês tiveram com aquele que se nomeia BIDI permitiu a vocês (de maneira por vezes violenta) desviá-los de tudo que era efêmero.

Se existir, em vocês, resistências, é que ainda existem confrontações entre o efêmero e a Eternidade ou, se vocês preferirem, confrontações entre os medos e o Amor.

A partir do momento em que a maturidade estiver presente, a partir do momento em que vocês verem, com Clareza e Precisão, tudo isso, vocês descem nas profundezas do seu Ser, vocês se apercebem de que todos os monstros estão no Interior de vocês, e de que não existe qualquer solução de continuidade no seu exterior.

O prosseguimento de um objetivo, nele mesmo, não tem, no entanto, que ser abandonado porque há, efetivamente, imperativos deste mundo que ainda existem.

Dessa maneira, então, o que é proposto pela Luz não é, obviamente, o fato de rejeitar o que é efêmero, mas deixá-lo ser transcendido pela Eternidade.

O medo desaparece pelo Amor.

O medo se apaga diante do Amor.

A sombra se apaga diante da Luz. 


Não é a Luz (como nós lhes dissemos) que vai combater a sombra.

Assim como dizia o CRISTO quando ele lhes disse "que vocês estavam sobre este mundo e não eram deste mundo", Ele ilustrava exatamente a mesma coisa.
Quando Ele disse que seu Pai e Ele eram Um, e que Ele fazia a Vontade do seu Pai e não a sua vontade, Ele exprimia, aí também, o que vários Anciãos expressaram a vocês, com relação a esta noção de Abandono do Si.

O Abandono do Si é, portanto, a maturidade espiritual. 


É aquela que vai permitir-lhes considerar e viver que o efêmero era apenas um sonho e eu diria, até mesmo, um pesadelo, mesmo se a Vida ali estiver presente.

Acordar do sonho é sair da matriz.

Sair da matriz é ser Liberado da Ilusão.


Estando fora da matriz, a partir do momento em que o Sistema de Controle do Mental Humano desapareceu totalmente para vocês, a partir do momento em que as Linhas de Predação pessoais desapareceram, a partir do momento em que as últimas resistências emergiram, a partir do momento em que vocês aceitam vê-las claramente sem ali se opor, sem ali se confrontar (porque é justamente a confrontação que se desenrola por si mesma), sem a intervenção da sua consciência (que ela seja limitada ou expandida): de tudo isso, resulta a Liberdade, a Liberação coletiva.

O fim do Eixo ATRAÇÃO / VISÃO corresponde também a uma mudança de inclinação da Terra assim como da maioria dos planetas deste sistema solar, traduzindo-se, pelo seu nível, pelo que foi enunciado, desde mais de sete anos, agora, pelo próprio SÉRÉTI (ndr: ver sua intervenção de 04 de julho de 2005).

O conjunto dos sinais dados por SRI AUROBINDO (no momento em que ele era São João e recebia, sob o ditado de CRISTO, o Apocalipse) é exatamente o que se desenrola sobre a Terra.

Leiam-no, não mais em um modo Vibratório (como foi comunicado há três anos), mas o leiam de modo objetivo e lógico, aquele da razão.

E vocês não poderão evitar de fazer paralelos entre o que foi escrito e o que se desenrola, atualmente, sobre esta Terra.
O que chega não é um fim: é um início.

Somente a lagarta irá chamar isso de um fim e irá viver isso como um trauma.

Mas, além do trauma, há a Liberdade, para todos, e a Liberação, para todos.

Lembrem-se também dos conselhos de UM AMIGO em relação a esta Liberdade e a esta Liberação: vocês nada têm a fazer.

Naturalmente, é possível e permitido realizar as práticas, quaisquer que sejam, que vão elevar os seus próprios estados Vibratórios.

O aumento das Vibrações corresponde ao aumento da amplificação da sua consciência.

Ela se estende e se expande cada vez mais.

Isso pode ser, para muitos, um pré-requisito antes deste próprio desaparecimento.

Deste modo, então, cada um é diferente em relação ao que está chegando, mas o mecanismo coletivo vai passar à frente do mecanismo individual.

Assim irá se viver a Liberação da Terra e a eliminação, eu diria, do sistema de Predação e do conjunto dos Véus de isolamento, do conjunto dos confinamentos, e o desaparecimento, puro e simples, da prisão.

Não são vocês que decidem sair da prisão, é a prisão que desaparece, a partir do momento em que vocês aceitarem que ela jamais existiu.

Dessa maneira foi construído o sistema matricial.

Dessa maneira foi construído o sistema do sonho.

Não há qualquer textura.

Não há qualquer substância.


O que vocês denominam matéria e substância, em meio ao seu mundo, para nós, não existe.

A única estrutura e a única substância é aquela da Luz.


Foi a ausência de Luz que inverteu a percepção, que lhes deu a ver este mundo como um mundo consistente e mesmo material.

Ele não tem justamente qualquer materialidade.

Os mundos sutis, os mundos do além, os Mundos Livres têm, eles, uma substância.

A tal ponto que o que vocês percebem, no universo é, para vocês, denominado o vazio e vocês consideram que o universo, o que lhes é visível, observável pelas suas ciências modernas é constituído em 95% de vazio.

 

(Nota: S.Estr. Veja o que diz Mark Comings, cientista americano, ele vem confirmar o que diz Irmão K, que não existe vazio mas ENERGIA, veja o texto clik aqui)

Nós podemos lhes dizer que o que é vazio, é vocês. 

E que os 95% que restam são, justamente, a Luz, possuindo uma estrutura, uma densidade, uma materialidade (para empregar os termos de vocês), muito mais perenes do que aquelas deste mundo.

Desta forma, a maturidade espiritual não é um ponto de vista, simplesmente, nem uma crença.

Ela é simplesmente a instalação na Verdade.

Esta instalação da Verdade não acontece trocando uma crença por outra crença, mas vivendo, de algum modo, no Interior, o mecanismo de Passagem, de Basculamento e de Liberação.

Assim, o seu trabalho e a sua ancoragem da Luz, a resposta da Terra à sua própria Elevação (pela sua Liberação, percebida por cada vez mais pessoas, no nível das Vibrações dos pés), traduzem-se inelutavelmente pelo momento final da humanidade.

Que é, de fato, o seu renascimento na Eternidade, a sua Liberação e o acesso à verdadeira Vida e à verdadeira Luz, ao Amor Vibral, nada tendo a ver com qualquer forma de ilusão projetada na linearidade do tempo.

Os elementos que eu dou a vocês são simplesmente destinados a atrair a sua consciência para o que vai se desenrolar, em vocês, como sobre este mundo, de maneira, eu diria, muito mais tangível, muito mais real e, sobretudo, muito mais global.

O conjunto dos sinais que foram notados e enunciados desde a liberação do Sol (que isso seja referente à Fusão dos Éteres, aos Sons do Céu e da Terra, que isso seja referente aos movimentos planetários, que isso seja referente aos sismos, ao vulcanismo, tudo o que se refere aos elementos da Terra que foram localizados em alguns lugares) vão agora se generalizar a fim de que ninguém ignore e possa desviar o seu olhar e a sua lógica do que está acontecendo.

Além do choque do que vai se tornar visível, tanto enquanto elemento celeste, como enquanto as outras Dimensões que se interpenetram (como vocês vivem isso cada vez mais).

Deste choque irá decorrer, certamente, a maturidade espiritual, mas esta maturidade espiritual não irá privá-los, a título individual, de forma alguma, da sua Liberdade.

Se a sua Liberdade for a de considerar que vocês devem permanecer confinados em meio a um sistema de carbono, então vocês irão viver isso.

Se vocês viverem o Absoluto, então vocês não terão mais necessidade de forma e, ainda menos, necessidade de estrutura em carbono, enquanto tendo as mesmas prerrogativas que A FONTE, ou seja, de poder se manifestar em qualquer Dimensão, em qualquer forma, e em qualquer sistema solar que seja, com toda Liberdade.

O tempo, tal como vocês o definem, será eliminado.

Ele será eliminado definitivamente.


O momento do desaparecimento do tempo ser-lhes-á anunciado muito precisamente, como isso foi dito, pelos Sons do Céu e da Terra, pelo Anúncio de MARIA e pelo seu próprio estado de estase Interior e de ocultação da consciência em meio à Luz.

Se vocês aceitarem olhar, objetivamente (além dos seus próprios processos Interiores Vibratórios, além das suas experiência, além dos seus estados), o que se desenrola claramente na superfície deste mundo, em breve vocês não poderão mais negar ou mesmo se indignar com o que ali acontece, e vocês irão se ver também do ponto de vista da borboleta e não mais da lagarta.

Portanto, encontra-se exposto, sob o olho da sua lógica, o que eu chamaria de último desafio da humanidade, nesses tempos.

É este último desafio que vai posicioná-los (muito além das escolhas anteriores que foram feitas) para viver a sua Liberdade, segundo a sua concepção da Liberdade.

É nesse sentido que eu devo dizer-lhes: não se restrinjam, não coloquem limite para a Liberdade, não confinam a Liberdade através de novas regras, mas vivam-na.

Se, entretanto, lhes for mais evidente permanecer em algum contexto conhecido, então não tenham qualquer preocupação em fazê-lo, vocês ali irão permanecer também, da mesma maneira.

Se nós tivermos tempo, e se houver perguntas com relação ao que eu acabo de expor a vocês, então eu os escuto.

Pergunta: os fenômenos de estase podem já ter começado? 

Isso foi, de fato, descrito como possível, cada vez mais frequentemente, cada vez mais seguidamente e cada vez mais amplamente, desde já vários meses.

Pergunta: se o tempo parar, será que tudo fica imobilizado?

Isso corresponde ao mecanismo inicial de Translação Dimensional, que foi chamado de estase ou, “três dias de Trevas”, que são, de fato, três dias de Luz.

Pergunta: se o Absoluto contém tudo, por que desse último nasceu o confinamento?

O Absoluto não é referido nem pela Liberdade, nem pelo confinamento. 

A expressão da Vida, ela aparece e ela desaparece: ela se perpetua evoluindo segundo as Dimensões.
Nada foi permitido.

Isso foi instalado pela Liberdade da própria Vida que pôde se ampliar através de algumas consciências e reger, administrar e confinar outras formas de vida.

Eu os lembro, entretanto, de que vocês fazem exatamente a mesma coisa, sobre este mundo, 
 com os animais.
Nós não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.

Irmãos e Irmãs na humanidade, IRMÃO K rende Graças pela sua escuta.

Permitam-me compartilhar com vocês um momento de bênção antes de deixá-los viver o seu Alinhamento com MARIA e MIGUEL.

Eu saúdo vocês.


... Compartilhamento da Dádiva da Graça ... 


Para ler a Pate I - clik aqui -




Post. e Formatação
Repost. 12/04/2013

Tradução para o português e
 divulgação: Zulma Peixinho
23 outubro 2012

Mensagem do Venerável IRMÃO K no site francês:
16 de outubro de 2012
(Publicado em 18 de outubro de 2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...