07/10/2013

Satsang do Coletivo do Um

SATSANG

(...)"O Absoluto não tem que se interessar pelos dados históricos ou pelos dados do passado"(...)

Por ALTA
21.09.2013 

(A palavra satsang é um termo
 em sanskritoque significa 
Encontro com a Verdade)”. 


Questão (3):  Olá, eu me chamo Alain e moro na Suíça, eu teria uma pergunta para Alta:

Olá Alta, eu tenho 45 anos e sempre fui apaixonado pela história humana...

Eu estou consciente de que esta questão se destina a alimentar o meu cérebro, mas eu vou colocá-la assim mesmo. Você tem informações referentes à teoria de Darwin sobre a história dos seres humanos e a participação dos Anunnaki nesta evolução ou nesta experiência terrestre?

Eu quero dizer, antes dos famosos 320.000 anos de experiência Arcôntica falsificada, como eram os nossos corpos, azuis?
Como era a vida sobre a Terra? 
Estávamos em formas conscientes Unidos no Um e conectados com A Fonte como os Vegalianos, por exemplo? Em suma, jamais falamos antes desses 320.000 anos sobre a Terra!
Sinto-me atraído por toda esta experiência incrível e talvez inútil! Foi dito que cerca de 80 sistemas solares foram confinados na nossa galáxia, é que o nosso é mais excepcional já que abrigou grandes deuses Arcontes, sucintamente, etc..
Eu acho muito interessante obter informações sobre o período anterior à falsificação!
Porque eu devo dizer que, para desprender-me disso, tudo está dito e majestosamente dito!
Naturalmente, no Absoluto essas questões são inúteis como todas as outras, mas eu gosto de ver as coisas na sua globalidade e de compartilhá-las sobre a Terra agora.


Obrigado.  Seu Alain G.



Resposta de Alta

Então... Eu poderia falar durante muito, muito, muito tempo deste período anterior à falsificação, mas, ainda uma vez, isso recorre a memórias que me são pessoais e a um filtro que é pessoal, que é em função, como você próprio diz, de uma história.

 Esta história não se desenrola em um tempo passado, ela é concomitante, além desta ilusão, em todos os tempos, ela é então dificilmente apreensível.

Eu não posso lhe dar um curso de história, e mesmo se eu o pudesse, mesmo se isso lhe interessar, eu penso sinceramente que esse não é o propósito. 

Por outro lado, o que eu posso lhe dizer é sobre as tonalidades da vida a partir do momento em que não há falsificação, ou seja, a partir do momento em que, seja qual for a forma de expressão de uma vida em meio à matéria, tal como nós a conhecemos, ela não é alterada na sua conexão com o que nós somos.


 O melhor exemplo, a melhor analogia que eu posso encontrar é sempre esta história do sonho. 


À noite nós sonhamos, nós acordamos sabendo que isso era um sonho. 


Que houve um sentido nesse sonho, que houve um sonho preditivo, que houve um sonho que pode ser analisado com as grandes técnicas de análise do sonho, referentes aos arquétipos ou referentes simplesmente aos fatos cotidianos, isso é quase a mesma coisa, e aí eu entro efetivamente em uma história particular, mas apenas para lhe dar a tonalidade e não o conteúdo.

Há muito tempo, ou seja, antes deste período de 320.000 anos, a consciência dita humana, para aqueles que eram humanos (porque é preciso compreender que não havia apenas seres humanos sobre a Terra, havia todo tipo de consciência e todas essas consciências estavam conectadas de alguma maneira, não havia esquecimento do que nós somos, não havia esquecimento do Espírito, não havia ruptura do Espírito e até mesmo da alma, para alguns, como é o caso para muitos Irmãos e Irmãs adormecidos), mas simplesmente, durante essas vidas, vocês também tiveram as suas ocupações, sejam quais forem, que nada têm a ver com as ocupações no sentido em que entendemos hoje.

O lado artístico e criativo da vida era muito mais intenso, havia, de fato, através da experiência da encarnação, a possibilidade de criar, através do que era trazido dos outros estados multidimensionais em meio a este plano.


 Esse foi o caso do que chamamos de civilização dos Gigantes que terminou, eu diria, há 320.000 anos.


Podemos também ir muito, muito, muito mais longe, quando a vida em carbono começou a progredir diferente, ela já tinha sido criada, mas esta vida em carbono foi estruturada em modelos matemáticos, geométricos, que estão inscritos nos cristais, por exemplo, e a 20 milhões de anos, por exemplo, havia seres sobre a Terra que tinham a aparência de golfinho que se mantinham no ar, cuja pele era acobreada, que mediam de dois metros e meio a três metros de altura e que organizavam as estruturas cristalinas que apareceram naquele momento na gênese dos cristais.


 Mas esses seres, enquanto trabalhando na matéria, estavam perfeitamente conscientes do que eles eram na Eternidade.


 Quase como hoje, para voltar aos dias de hoje, quase como o que eu expliquei em relação às Chaves Metatrônicas e às mudanças, talvez mais importantes e talvez mais intensas, que são vivenciadas por alguns desde agora alguns meses, mas principalmente desde o início de setembro, isso dá a impressão de estar, ao mesmo tempo, perfeitamente integrado, consciente desta vida, com os limites deste corpo, com os limites sociais, morais, educativos, coletivos, e, ao mesmo tempo, aceder, sem dificuldade, ou lentamente, isso depende dos indivíduos, a esta realidade transcendente. 


Mas isso não acontece em um corpo de Estado de Ser em outros lugares ou em um corpo astral, como aconteceu antes da falsificação, a grande diferença é que isso acontece neste corpo físico e nesta própria consciência da personalidade onde há, como eu dizia, a possibilidade de ver realmente, desta vez, com os olhos de carne, hein, com a visão retiniana, os Seres de Luz, as partículas Adamantinas, as Embarcações e as formas de Luz muito, muito particulares, que nada têm a ver com a nossa realidade tridimensional.

É isso aí, então, conhecer esta história talvez apaixonante efetivamente para o intelecto, mas se você quiser ter uma resposta, eu diria, mais íntima da sua questão, cabe a você deixar chegar de algum modo, hoje, neste corpo, na Presença que vocês têm hoje, esses dados multidimensionais.

 Entrar nos detalhes das esculturas que criaram os Gigantes, entrar nos detalhes da arquitetura da vida social dos Delfinoides Gigantes de Sírius, não tem qualquer importância hoje. 


Simplesmente, o importante é que hoje, justamente, vocês são perfeitamente capazes de encontrar, enquanto estando neste corpo limitado e nesta consciência limitada, os fragmentos ou a inteireza, isso é diferente, ainda uma vez, segundo cada pessoa, de ver o que é uma consciência e de vivê-la, uma consciência que não está mais limitada por este corpo, que não está mais limitada pelas contingências da encarnação, enquanto estando ainda encarnada, então, isso é algo de maravilhoso porque é algo que os instala sempre mais na Paz, sempre mais na Alegria e sempre mais na ausência de questionamento.

Agora, nada diz tampouco, e eu não digo tampouco, que o Absoluto não tem que se interessar pelos dados históricos ou pelos dados do passado, principalmente neste período fora da falsificação. 

Mas, novamente, isso não pertence ao passado, é difícil de explicar mesmo havendo modelos físicos que explicam perfeitamente isso, eu não sou físico, mas matemático, porém, em todo caso, há coisas que são vivenciadas com a consciência comum, há coisas nem sempre agradáveis, coisas chatas da vida, onde não há mais ruptura da nossa Eternidade e onde a Eternidade está, eu diria, tanto aí como o efêmero.


E lembrem-se também, de que ai existe uma alquimia, uma integração dos diferentes componentes da consciência em uma única realidade, em uma única verdade que engloba tudo. 


Então, aí dentro, é claro, alguns de nós vão ter imagens, imagens das nossas vidas passadas, porque não, mesmo elas sendo ilusórias, o tempo em que elas se dissolvem, que aparecem muitas vezes com os olhos fechados, no que diz respeito ao terceiro olho, sobre rostos que passam, que desfilam, mas também sobre cenas de vidas passadas


Contudo, tenham cuidado para não se sobrecarregarem de emoções, de pesos desse passado, mas, às vezes, para alguns de nós, efetivamente, esta história pessoal pode ser mostrada, tanto no aspecto, eu diria, como dizer... limitado, kármico, como nos aspectos ilimitados.


 Vocês podem até mesmo voltar até a Centelha Divina, a primeira exteriorização do Absoluto de toda Criação, mas, ainda uma vez, não é o sentido histórico que é importante, é sobre o que nós recebemos uns e outros, com esta Paz extraordinária, com esta Alegria inefável que aumenta cada vez mais, sejam quais forem, mais uma vez, as contrariedades do efêmero, e o Pai sabe que existem algumas atualmente, hein... 


Não é preciso crer que ser Liberado Vivente preserva de alguma coisa, muito pelo contrário, mas isso não é vivenciado em tudo com a mesma consciência.

Então, os dados históricos do passado, eu não posso lhe dizer muito. 

Eu poderia lhe falar de outras civilizações que ocorreram sobre esta Terra também, mas o mais importante é efetivamente este conceito de conexão do qual nós fomos privados, que muda realmente tudo.


 Ou seja, de quando vocês estão particularmente nessas civilizações que eram, eu repito ainda, muito, muito criativas, muito inspiradoras do que é a consciência na forma, em uma forma limitada, mas sem ruptura, sem corte. 


E há, algumas vezes, coisas muito surpreendentes sobre as quais, aliás, eu não chegaria ainda hoje a colocar palavras inteligíveis, no que pôde ser vivenciado. 


Há formas de consciência que existem, por exemplo, no que chamamos de Civilização dos Triângulos, na 24ª Dimensão, onde não há mais qualquer antropomorfismo. 


Entretanto, essas consciências de Luz Triangular possuem todas as memórias dos universos, elas são ricas de tudo o que elas vivenciaram, inseridas em outras consciências.


 Mais próximo está o que chamamos de Hayoth Ha Kodesh, entre as civilizações ditas dos Triângulos da 24ª Dimensão, aquelas que são mais próximas, memorialmente falando, da totalidade, são os Hayoth Ha Kodesh, ainda denominados Querubim ou Quatro Cavaleiros.

Mas tudo isso, uma vez mais, transcrito em palavras, não significa grande coisa, mesmo se a história for bonita, mesmo se eu tiver efetivamente os fragmentos dos conhecimentos e das lembranças desse passado muito distante, o importante é que podemos viver tudo isso hoje, sem se referir a uma escala linear de tempo, no instante presente e no imediatismo, eu diria, deste instante.






Post. e Formatação

Semeador de Estrelas
http://semeadorestrelas.blogspot.com/

Tradução para o português e 
divulgação: Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com
www.portaldosanjos.net


Blog: Satsang do Coletivo do Um – Questão 3 (21-09-2013)
Transcrição do texto (em francês): Nicole Tremblay
http://satsangducollectifdelun.blogspot.ca/2013/09/reponse-alta-question-3-21-09-2013.html

3 comentários:

  1. Irmãos, a lua só existe há 230 mil anos terrestres, sendo que o planeta tem, aproximadamente, 27 bilhões de anos, o que nos dá a ideia de quanto tempo vivemos sem a influência negativa desta antena parabólica arcônte. Felizmente, todo o magneto que nos prendia neste plano de ilusão está sendo liberado, através da luz de cada ser, que desperta em GAIA, AQUI E AGORA.Chegou o momento de voltarmos a sermos ELÉTRICOS, SEM MAGNETO, como éramos no início. Namastê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta noite,minha filha sonhou que naves desciam em grande quantidade,elas piscavam muito e a maior delas tinha a forma triangular de algo parecido com um metal cinza. Desejo possíveis esclarecimentos sobre estas descrições. Fico grata.

      Excluir
  2. Olá Sandra, alguns intervenientes nos dizem que os sonhos podem ser muita coisa, ou nada serem, apenas devemos nos atentar em nós mesmos, para que os contatos com irmãos do alto, possam ser bem elevados, bastando apenas que VIBREMOS NA LUZ. Quanto ao formato triângular, confirma-se o relato de que muitas delas teriam formatos de FIGURAS GEOMÉTRICAS, como tubos e cubos .Irmâ, vamos esperar no despertar para vermos o que veremos no final, que só poderá ser O BEM MAIOR SE MANIFESTANDO AQUI E AGORA. Namastê, esperando te-la ajudado um pouco que seja.

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...