06/11/2011

Qual o verdadeiro perigo do "2005 YU55"

NÃO EXISTE PERIGO, MAS....
6 de Novembro de 2011
Segundo a NASA, esta realizando uma intensa vigilância em um asteróide de 400 metros de largura e quase 300 de comprimento, que no dia 8 de Novembro, agora, estará a uma distancia menor  do que a Lua da Terra. 
Faz 35 anos que não acontece um fenômeno igual.
Vai ser possível observar.
O asteróide circular 2005 YU55, com um peso de muitas toneladas, foi detectado em 24 de Dezembro de 2005 pelo astrônomo Robert McMillan, e se aproxima a uma velocidade de 13,7 kilômetros por segundo. 
 Ficara mais perto da Terra do que a Lua, e terá uma aproximação máxima, de nosso Planeta, na próxima terça-feira, ficando a uns 325.000 kilômetros.

Os astrônomos dizem que se as condições atmosféricas permitirem, poderemos observá-lo com um simples binóculo, ou um pequeno telescópio (em horários da Península Ibérica), a partir do entardecer até as 23:28 GMT.
NÃO EXISTE PERIGO, MAS....
Os cientistas enfatizam que a trajetória do objeto, está muito bem definida, e não existe nenhum risco de acontecer um impacto.
Também garantiram, que a influencia gravitacional do asteróide, não terá nenhum efeito que possa ser detectado na Terra, tais como maresias ou algum movimento nas placas tectônicas.
Dessa maneira, o 2005 YU55 saiu da lista do programa de detecção de asteróides perigosos da NASA, onde existe um registro de 1.200 objetos potencialmente perigosos, mas mesmo assim, ainda será estudado detalhadamente pelos astrônomos, afim de poderem prever seu comportamento no futuro.

Se ocorresse uma colisão desse corpo celeste, com nosso planeta, causaria um desastre equivalente a explosão de 65.000 bombas atômicas, enfatizam os investigadores do Observatório de Arecibo, localizado em Porto Rico, que estudaram sua órbita.
Mede 400 metros de diâmetro (o mesmo tamanho de um porta avião).
Realmente devemos ficar totalmente tranqüilos, frente a essas mensagens que os cientistas da NASA nos transmitem?
Por acaso, ninguém lembra que eles são incapazes de prever com antecipação a queda e lugar exato de qualquer satélite que venha a entrar em nossa atmosfera?  
Que é mais difícil de prever?... 
Eu penso que é muito mais fácil determinar o impacto de um objeto (satélite) que está justamente em cima de nossa atmosfera, e que já tem uma longa experiência em sua manipulação daqui da Terra.
Dessa maneira, se são totalmente incapazes disso, menos ainda o serão para um objeto, cuja longa e distante trajetória poderá verse alterada por muitíssimas circunstâncias, as quais não nos contam.
Mas, sempre fica outra teoria mais fácil de aplicar... Sabem muito, mas do que dizem, e no entanto silenciam sobre dados potenciais do perigo que é esse acontecimento, ou dito de outra maneira, "não podemos acreditar absolutamente em nada".


Asteroide 2005 YU55 (Español)




Post. e Tradução:  Semeador de Estrelas

Extraido de: Ovines Ultima Hora
http://ovnisultimahora2.blogspot.com/
Fuente: http://buscandoladolaverdad.blogspot.com y http://ovnisultimahora2.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...