16/05/2014

BIDI - O JOGO DO EU -

"Da Liberação deste Sistema escravizante, desta farsa, deste Teatro".

BIDI
Canalizado por:
Célia M.

(Comentário: S. de Estrelas - Os que leram a entrevista do Sr.Bhodyoul em "Os Contos de Fadas do Tibete", onde nos informa o que acontece no teto do mundo e como somos controlados mentalmente pela concentração de milhares de monges que são manipulados por aqueles que querem nos manter presos nesta dimensão. Ao ler o ali dito, nos surge uma pergunta. Como sair desse jugo, desse controle mental ao qual nos submetem? Pois bem, existi sim muitas maneiras de não ser influenciado por esse controle mental, por essas linhas de predação, como bem diz Aivanhov.  Bidi e os outros Anciões sempre nos mostraram esse caminho de saída do jugo escravizante criado neste mundo. Nos mostram como ser consistentes de nós mesmos, a quem devemos escutar ou a não escutar para percebermos o Si e a Unidade que somos. São mensagens que recém agora se tornam claras e evidentes para nós, pois muito expandimos nossa consciência e muito percebemos as informações que anteriormente pareciam não ter nem pé nem cabeça, mas elas tem sim e muito.  Falam para o nosso Ser interior, que envolto na ilusão do mundo foi. Tentamos querer entender mentalmente o que a mente não pode perceber,  mas nosso Estado de Ser a percebe e ele é a própria verdade. Por isso irei transcrever novamente algumas mensagens de Bidi e outros que nos libertam da Ilusão criada para que ficássemos na roda cíclica de vida e morte física, tentando ai encontrar o que ai não pertence, a Eternidade).


Olá, meus Amigos, minhas Amigas. 

Fui convidado a falar a vocês outra vez.

Desde nossas últimas conversas eis que retorno entre vocês. 

Vocês me conhecem como Bidi. 

Venho propor-lhes uma troca. 

Uma troca de Radiância e de Irradiância , visando apenas tocar o “Ponto” onde emerge em vocês a sua Verdade, a Essência Verdadeira do Ser que habita, como eu o disse em outras oportunidades, este Saco de Comida. 

Este Veículo que os conduziu a viver esta experiência. 

Que os permitiu viver esta experiência nesta carne, neste saco, mas que para muitos a identificação e a cristalização foi tão fundo, que eles acreditam ser este Veículo, este Saco, esta Experiência. 

Cada um de vocês são um Centro dentro do Centro que é toda esta Experiência. 

Centros Individuais, centrados em Si mesmos, voltados para a Realização Exterior, para a Realização Material, Sentimental, Social, que nada mais é do que argolas que os fecham cada vez mais nesta grande corrente.

Mas que graças ao trabalho de Seres Divinos e Amorosos, que se sacrificaram e adentraram esta Experiência, para que num dado momento houvesse uma quebra de Paradigmas, uma quebra de Protocolos, que foi idealizado neste Sistema que se “imaginou” absoluto, mas que não passa de uma grande Ilusão, de um grande Teatro, de um grande Jogo. 

Jogo do “Eu”.

Jogo de Personalidades e Egos que resolveram adentrar tão fundo, que hoje, com toda a Luz que bate à sua porta, não conseguem enxergar a Luminosidade do Ser que os habita.

E que, este sim “É a Verdade”, “o Absoluto”, que apenas se revelará , lembrando que isto não é uma busca, não é um Caminho, apenas se revelará a partir do momento que conseguirem enxergar este “Exterior a vocês” pelo o que É.

Uma grande Farsa, uma grande Ilusão, uma grande Encenação. 

Somente vocês podem parar o Teatro. 

Como Centros individuais que são. 

Cada Centro é uma argola que se quebra nessa corrente a partir da sua descoberta, da abertura da sua Luminosidade Interior, do acesso à sua Verdade, da realização do Si.

Da Liberação deste Sistema escravizante, desta farsa, deste Teatro. 

Eis que muitos focos, muitos elos desta corrente se quebram

Mas, há também, que assumir, que ousar serem Absolutos. 

Buscamos aí Irmão K, quando dizia da Liberdade e Autonomia.

Como ser livre e não viver a Liberdade e Autonomia?

Eis que isto foi escrito para aqueles que realizam o Si, que despertam para a Unidade, mas, também, para aqueles que começam a se abrir para esta Verdade, integrando-a, vivendo-a em toda a concepção da palavra. 

Venho apenas para lembrar-vos de Ousar. 

Ousem SER ABSOLUTOS

Ousem PARTICIPAR!

Não se escondam! 

Participem do Absoluto que É.

Participem O Absoluto que São. 

Andem sobre esta Terra como Liberados Viventes que São. 

Sejam a Liberdade e a Autonomia.

Inspirem os vossos Irmãos e Irmãs a serem independentes da Cena do Teatro. 

A serem independentes da Platéia do Teatro. 

A serem independentes do Teatro. 

E apenas SEJAM. 

Sejam o Instante Presente que desemboca no Instante Eterno, revelando a sua, a vossa Eternidade. 

Bidi os deixa esperando os reencontrar, em breve, do lado de fora do Teatro. 

Até breve.





Post. e formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com/
28/10/2013

Canalizado e Divulgado por:
 Célia M.

Transcrição de áudio Pabuh

Fonte:

2 comentários:

  1. Já estava com saudades de BIDI.
    Tempo de " Ser ABOSOLUTO!, Ousar participar!
    Não se ESCONDAM!"

    Helena

    ResponderExcluir
  2. Rendo Graças pela re-postagem! Fora de qualquer espaço/tempo tudo é Aqui e Agora! Graças Irmão!

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...