10/04/2011

LOVE'S IN THE AIR - O AMOR ESTÁ NO AR - MESTRA ROWENA

Love’s in The Air
O Amor está no Ar

Meus queridos filhos do amor de Vênus!

Saudações do Raio Rosa, eu sou a Chohan Rowena.

O amor, a chama rosa que reluz nos momentos em que se desprendem dos imediatismos da Terra, é, sem dúvida alguma, o que os mantém conectados ao grande manancial de amor universal que verte incessantemente do Logos Universal, do coração da Fonte que pulsa por todos os Universos, cujo ritmo e pulsação vocês detectam quando escutam vosso interior e permitem deixar-se guiar por seus corações.

Há uma lição nessa afirmação que gostaria que refletisse, o pulsar dos seus corações acontece involuntariamente eis que é a própria vida que emerge de vossos seres, portanto, se assim acontece, bem como o pulsar do coração universal também assim faz, o esforço de encontrar a sintonia entre um e outro, depende exclusivamente de cada um de vocês, de um esforço pessoal, cultivado e regado a cada momento, em cada gesto, e em cada ação.

Compreender que a busca da sintonia do amor cósmico depende de cada um de vocês, torna-se uma lição simples, porém fundamental, sem a qual não avançarão para o próximo nível.

Assim que aceitam que estabelecer a sintonia entre os corações de todas as emanações de vida e o coração cósmico, depende do exercício do livre arbítrio dado pelo Criador a todos, vocês agora devem começar a pensar, e agora? Como farei isso?

Muito bem, estão caminhando bem, a sintonia está em encontrarem a freqüência pessoal que ressoa com a freqüência cósmica, parece complicado, mas não é, ao contrário, é muito mais simples do que possam imaginar.

Amados filhos, quando vocês se permitem contemplar, e quem medita sabe e conhece que se trata de uma das formas de meditação, vocês estão se permitindo observar e apreciar as belezas ofertadas pelo Criador a todos nós.

Quando vocês deleitam-se em contemplar, vocês geralmente vão observar as belezas, a sincronicidade e a harmonia de tudo que está a vossa frente, ou seja, vão dissecar o objeto contemplado, mudando-se de ótica a cada exercício posto em prática, conforme se recomenda ao iniciante em meditação contemplativa.

Quando vocês exercem a contemplação de qualquer fato natural ou mesmo criado pelo homem, poderá, sem exceção, sentir a presença de Deus!
 
Um animal, uma planta, uma flor, uma criança, o céu, uma estrela, não importa, até na mais moderna máquina, em tudo, verão a grandeza do amor divino na manifestação da co-criação simbolizada nesses elementos naturais ou co-criados pelo homem.

É nesse momento, meus queridos filhos, que vocês passam a sentir a conexão que os remete ao coração cósmico, integram-se ao grande amor que os reintegra ao Cosmos, pois todos, na consciência do uno manifestada, sentimos a grandiosidade que é sentir que somos parte de um todo que se integra e se reencontra com os propósitos de Deus Pai, no infinito, onde pulsa este grande coração cósmico, que sustenta o amor que habita todo o Universo.

Quando vocês conseguem ultrapassar as barreiras da consciência imersa na ilusória matéria, transcendem para sentir o amor universal, do coração do cosmos, a sensação de plenitude e de completude são inigualáveis, pois são reintegrados ao grande prana que emana a energia que dá origem a todas as formas que se materializam em vossa dimensão terrena.

Portanto, esqueçam a matéria de que são constituídos, esqueçam os obstáculos físicos que no momento os impedem de verem a energia primordial do amor universal, ultrapassem essas barreiras ilusórias que vossa consciência quântica já consegue superar através do deslocamento multidimensional através da merkaba de luz, acionem os mecanismo desenvolvidos pela mente consciente, e bebam na fonte do amor cósmico, para não mais sentirem o desamor aparente que reina nesse plano material.

Então vamos repassar o exercício de meditação:

Deitem-se confortavelmente, façam a ascensão de vossa merkaba de luz, acionando e invocando os guardiões de costume, arcanjos, mestres, da forma que se sentirem mais seguros; permitam-se subir com esse corpo de luz até as mais elevadas esferas, visualizem um grande anel cósmico de luz violeta que a medida que se aproximam percebem que se modifica para uma luz rosa violácea.

Mantenham-se conectados a esse anel que circunda o coração cósmico que ocupa a região central dos universos que compõem toda a Criação de Deus Pai.

No centro, está um quantum de energia que pulsa vibrações amorosas que são expandidas através da mente do Criador que as faz alcançar os mais recônditos cantos dos Universos, até mesmo o Vazio, habitado por seres aguardando reavaliação de procedimentos, a todas as criaturas, são emanadas essa vibração que possui a freqüência do AMOR INCONDICIONAL, eis que sutilmente mais intenso que o amor que costumamos demonstrar por algum afeto.

Meus queridos, quando vibram o amor incondicional vocês conectam-se a esse manancial infinito de emissão de amor, o tempo todo, para todos os locais, e conectam-se, pelo cardíaco a todos os seres que vibram essa energia.

Deixem as energias que não possuem a freqüência do amor incondicional de lado, alimente o máximo possível essa energia que só os eleva na Criação, independente de onde estejam, não importa, a freqüência do amor os iguala e os reintegra ao coração de Deus!
 A meditação contemplativa, assim conduzida, os elevará até o coração cósmico, e lá chegando façam uma “recarga” da bateria que alimenta vossos cardíacos, pois o objetivo dessa viagem é justamente recolocá-los em freqüência compatível a do Raio Rosa, a freqüência do Amor que vibra intensamente a fim de cicatrizar as feridas que ausência da consciência deste sentimento tem produzido entre os seres que habitam este Planeta.

Não há uma cobrança, mas quando vocês se reabastecem, quando voltam a enxergar o colorido das flores, a beleza dos animais e das crianças, estão vibrando a energia do amor de Deus, sem isso, vibram tal qual folha seca, sem vida, prestes e virarem cinzas.


Não quero que se surpreendam com a metáfora, mas nem sempre conseguimos fazê-los pensar no amor, se não for exemplificando situações em que o sentimento é ausente.

O ciúme e a inveja são formas de amor doentias, pois no primeiro caso, seria como se confundisse posse com amor, no segundo, esquecesse de lembrar que todos têm o direito a esse amor divino, e a presença do amor na vida do próximo deve ser motivo de orgulho para alimentar a fé na conquista pessoal, e não, como costumam fazer, enxergar como algo anormal, se ele tem, eu também terei, no meu tempo, conforme meu merecimento, vou preparar-me para isto.

Meus amados filhos vivam o amor mais intenso que a vida possa lhes oferecer não se importem com a manifestação egoística que vocês apenas demonstram nas reuniões matrimoniais, o amor para quem já compreendeu é muito mais do que um sentimento restrito aos casais, o amor, está no ar, love’s in the air.

Amar incondicionalmente a tudo e a todos!

Esse é o propósito do aprendizado que a Escola Terra oferece a todos que aqui vem desenvolver seus espíritos milenares.
 

Eu sou Chohan do Raio Rosa, Mestra Rowena, deixo-os com todo o meu amor divino.

Canalização de:
Elisangelis
em 10.4.11 



Conheça também as mensagens da Colônia Nosso Lar
http://caridadefeamor.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...