19/04/2015

2 - AÏVANHOV - ENSINAMENTOS - Parte V-

Ensinamentos Março 2015

"Eu dou elementos de orientação, mesmo para aqueles
 que estão do outro lado, porque eles podem mudar
 de lado, se é que há um lado, é claro".

2 – O. M. AÏVANHOV
Parte - V -

Questão: os Petit Gris [extraterrestres] fazem parte disso?

Absolutamente não.
Eles estão nas ordens dos Dracos, mas não são, absolutamente, répteis nem dragões.

Geralmente, são veículos de síntese orgânica, um pouco, se quiser, como a Fonte é capaz de sintetizar um corpo, instantaneamente, mesmo aqui, nesse mundo, mesmo no confinamento, o que foi o caso, várias vezes, na superfície desse mundo.

A Fonte tomou um corpo, ela criou um corpo.

Mas, em geral, ou ela está em contato com a humanidade durante pouco tempo, porque ela não pode suportar a densidade, e o corpo degrada-se, muito rapidamente, porque ele porta a Fonte, mas é confrontado às forças de oposição desse mundo e, naquele momento, em geral, são seres que têm passagens efêmeras.

Eles permanecem, talvez, visíveis, de quinze a vinte anos.

Eles nada escrevem, eles estão, simplesmente, presentes, mesmo se as pessoas os encontrem.

E, depois, há os seres que permanecem muito mais tempo, mas eles, não são a Fonte.

E esses seres que permanecem muito mais tempo são sínteses, portais orgânicos, corpos de síntese nos quais quase nada há, é uma máquina biológica, eu diria, é tudo.

E são, em geral, eles que correspondem à denominação de Petit Gris, mas há muitos Petit Gris.

Há os Petit Gris dos Dracos ou, se prefere, os répteis.

E há, também, Petit Gris que são livres, que nada têm a ver com os Petit Gris desse mundo, e que não são corpos de síntese orgânicos, que são almas e Espíritos encarnados em um corpo.

Mesmo se a morfologia seja idêntica, mas a vibração não é, absolutamente, a mesma, nem a consciência, é claro.

Questão: qual é o interesse em nutrir nosso mental com tudo isso?

Há os que têm necessidade, ainda, de nutrir o mental.

E, se eu devesse ser Absoluto, nada há a fazer, há apenas a ser, juntos, e não mais mover-se, não falar, não comer, nada dizer.

Mas é preciso, efetivamente, compreender que, durante este período, apesar de inúmeros caminhos e numerosas Moradas, há seres que têm necessidade não de nutrir o mental para refletir, mas para ter pontos de referência que correspondam à sobreposição entre o efêmero e o Eterno.

Aqueles que já se juntaram à própria Eternidade, através da Liberdade ou de ser Liberado Vivo, eles não se importam com isso.

Nós também, não nos importamos, mas estamos no Serviço, então, nós falamos para todos aqueles que são, como dizer..., que são suscetíveis de reencontrar-nos e suscetíveis de ler-nos.

Porque, aí também, eu o lembro de que, durante a atribuição vibral, havia, entre a atribuição e os três dias, a possibilidade de fazer o Apelo.

Mas, se você está na confusão, eu não vou nutrir-lhe o mental, eu lhe dou elementos precisos que lhe dão o meio de dar-se conta de onde você está, mas, é claro, se você está Liberado você não é, absolutamente, concernido pelo que eu digo, exceto se você gosta, mesmo sabendo que o teatro não existe, de participar do teatro, porque é, de qualquer forma, uma grande festa, nesse momento.

Há os que são iludidos e outros que não são iludidos de que é um teatro.

Então, é claro, o que eu digo não tem qualquer interesse para aquele que é, realmente, Liberado, agora e já.

Mas isso tem um interesse, se você tem a chance, hoje, de escutar e, também, talvez, para muitos outros que lerão, mesmo nas traduções em outros lugares, de reencontrar elementos que vão ter um clic, não para nutrir o mental.

Agora, se há os que se nutrem disso ao nível mental, são, obviamente, todos aqueles que viveram o Si e que deram meia-volta, porque será muito valorizante dizer: eu vejo suas linhagens, eu vejo as entidades, etc. etc.

Esses vão nutrir-se do mental através do que eu disse, mas isso não é problema meu, nem seu.

Eu nutro o mental apenas daqueles que têm um mental.

Aqueles que já têm acesso, mesmo de modo intermitente, não para ser Liberado Vivo, de momento, mas para viver mecanismos de sincronia, de hipersincronia, mas, também, de sobreposição das dimensões, eles vão fazer, imediatamente, a ligação.

Por exemplo, quando eu desenvolvi em relação a alguns sonhos, uma vez que não é questão de dar uma verdadeira explicação, mas ver os mecanismos que estão no trabalho, esses mecanismos, para aqueles estão, ainda, inseridos na cena de teatro, são extremamente importantes, mas, para aquele que é Liberado, isso nada quer dizer.

E, depois, o período do Apelo, como você pode fazer o Apelo se não vê onde você está?

Mesmo se a vida dê a você elementos para ver onde você está, ela vai confrontá-lo cada vez mais, já se explicou isso.

Eu o lembro de que nós não falamos, unicamente, para aqueles que viveram os processos vibratórios.

Aliás, à época em que havia uma organização, uma estrutura que eu havia nomeado Autres Dimensions, eu disse, à época, que aqueles que não viviam as vibrações, não era preciso, sobretudo, que nos lessem.

Por quê?

Porque eles arriscavam entrar no ego.

E aqueles que não viviam as vibrações e que prosseguiram, é por qual razão, uma vez que eles não tinham os benefícios disso ao nível da consciência, a priori?

Eles seguiram ou porque estavam no orgulho e iam servir-se disso para reivindicar um título ou uma função, sem vivê-lo, ou porque são seres que tinham, essencialmente, linhagens puras, em especial de Sírius, e que tinham, através do que nós transmitimos, eles não nutriram o mental, eles seguiram um fio que, hoje, revela-se verdadeiro, e que podia ser falso há alguns anos.

É por isso que, hoje, eu não lhes digo, se vocês não vivem as vibrações, para nada serve ler, ao contrário.

Eu dou elementos de orientação, mesmo para aqueles que estão do outro lado, porque eles podem mudar de lado, se é que há um lado, é claro.

Mas é preciso, já, ser Liberado, para ver que não há lados.

Se eu devesse falar apenas para os Liberados Vivos, permanecer-se-ia, eu permaneceria com vocês durante uma semana em estase, porque é o que há de mais importante, sem comer, sem mover-se.

A partir do instante em que vocês são dez, vinte Liberados Vivos, o que acontece nada mais tem a ver.

É o que havia sido feito, por exemplo, em alguns momentos que se havia chamado de períodos de Silêncio ou de jejum, que eram destinados a amplificar a vibração e a consciência.

Agora, aí onde vocês estão, vocês podem, sempre, brincar de aumentar suas vibrações, mas, aumentando as vibrações, o que é que vocês nutrem?

Vocês se nutrem ou nutrem o outro?

Vocês estão no serviço à sua pequena pessoa ou vocês estão, real e incondicionalmente, no Serviço ao outro?

É aí que está o problema, ou a solução, aliás.

Porque vocês têm, todos, vivido ao redor de si, entre seus próximos ou menos próximos, pessoas que falam de Amor, que falam de vibrações, que empregam uma terminologia maravilhosa, mas que é apenas ostentação, é oco, é falso.

Enquanto você não dá, enquanto você não faz doação de si mesmo à Luz e, portanto, a qualquer outro ser na Terra, o que isso quer dizer?

Que há um orgulho desmedido por trás, mas, como eu disse, nós temos, também, necessidade desse orgulho desmedido.

Então, antes eu dizia que pararia de fazer girar as bicicletas [o mental], porque para nada servia, mas, aí, eu faço girar as bicicletas apenas daqueles que ainda têm uma bicicleta, mas isso não é problema meu, não mais, agora.

É sua responsabilidade e é sua maturidade, dizia-lhes Irmão K.

Você é responsável e maduro ou você é irresponsável e imaturo?

Eu não falo, mesmo, mais de vibrações, aí.

Eu o lembro de que, há numerosos anos, nós havíamos colocado, nós, Anciões, e as Estrelas, e, em especial, Ma Ananda Moyi, o princípio do que é a dissolução da alma.

Nós havíamos mostrado e explicado os diferentes caminhos e, no entanto, há os que fizeram exatamente o inverso, que não estão na escuridão, que não estão no negativo, que são, também, irmãos e irmãs.

Mas eu vou dizer, se quiser, houve, como dizer..., é como se, mantendo todas as proporções, você tivesse uma escola primária, tivesse, depois, o colégio e passasse o certificado de estudo primário (muitos de vocês não conheceram isso aqui), e, depois, você fosse digno, ou não, de passar o certificado e, depois, o bacharelado.

Isso quer dizer que há um tronco comum e, depois, há setores diferentes, mas, em definitivo, tudo isso não existe.

Mas, para poder manifestar o Apelo é preciso, já, ver si mesmo, onde se está.

É interessante ver o outro, porque você o vê na cena de teatro, mas isso não é tudo.

Portanto, aí, não é questão de nutrir o que a maior parte de vocês, aqui, está desaparecendo, a grande velocidade, mas, bem mais, dar pontos de referência, como nós temos dado pontos de referência ao nível das Estrelas e das Portas.

Há pessoas que jamais ouviram falar de Portas e de Estrelas e que as vivem, elas não sabem o que é.

E o importante não é saber o que é, é vivê-lo, se isso deve ser vivido.

Há os que são protegidos para não vivê-lo até a Passagem.

E eu esclareço, aliás, agora e já, que aqueles que têm uma Origem estelar de Sírius, sem ser misturada a uma linhagem reptiliana, não têm necessidade de viver todos esses processos, porque a adequação com o corpo de Existência não foi alterada pela presença do DNA reptiliano.

Então, em que esses seres têm necessidade de vibrar?

Nada há a ajustar, eles já estão ajustados.

São aqueles que nos seguiram, não para seguir alguém, mas porque eles viam que havia um novelo que se desenrolava e que os conduzia para casa, mesmo se eles nada viviam.

Mas nós não os conduzimos para casa, são eles mesmos que se conduzem.

E, é claro, todos aqueles que estavam interessados pelo poder, em qualquer nível que fosse, foram, sempre, muito, muito ávidos pelos ensinamentos do que foi nomeado Autres Dimensions.

Você acredita que nós não vemos a Luz, você acredita que não vemos suas linhagens, mas nós vemos muito bem quem os comanda, todos, sem exceção.

E o problema é que aquele que se esconde acredita que o Liberado não o vê e que nós, de nossos planos, não o vemos.

Você não pode enganar-nos.

Você pensa poder fazê-lo.

Você não pode enganar um Liberado Vivo.

Alguns de vocês pensaram fazê-lo, é a natureza humana.

Tudo é posto a nu, absolutamente tudo, e não é mais tempo de tergiversar ou de falar do mental, ou de fazer girar as bicicletas.

É tempo de ver claramente.

Ver claramente é a penúltima etapa antes de ser Transparente, na íntegra.

Então, é claro, eu não vou, como você diz, fazer girar o mental para dar-lhe as características de cada Origem estelar, porque você aprenderá, muito rapidamente, se já não foi feito, a reconhecê-las.

Se eu fico nessas duas linhagens importantes, Sírius: aquele que é de Sírius é cordial, ele tem necessidade não no sentido de ser um salvador, mas ele o toca, ele se comunica, ele está na relação.

O Draco não faz isso, eu falo daquele que tem uma linhagem reptiliana na Terra, ele tem necessidade de mandar, de ordenar, de controlar, e de ser salvador.

Ele quer ser califa no lugar do califa chefe, sempre, qualquer que seja a situação.

Aquele que tem uma Origem de Sírius não tem ambição outra que não a de manifestar o Amor, através da criatividade, através do Serviço, através da organização, mas sem comandar.

É exatamente o inverso para aquele que tem uma Origem estelar reptiliana ou uma linhagem reptiliana importante.

Então, para cada Origem estelar ou linhagem, poder-se-ia desenhar uma espécie de mapa, mas nós jamais o fizemos, pela razão que eu citei anteriormente, é que alguns fantoches apressaram-se em ir revelar as linhagens aos outros, isso é uma heresia.

Outros se apressaram a nomear-se califa no lugar do califa, ou Melquisedeque em chefe, no meu lugar, é maravilhoso.

Há, mesmo, os que se denominam Maria nesta Terra e que estão persuadidos de ser Maria ou Estrelas, mas que orgulho!

O que foi Mestre Philippe quando esteve encarnado?

Ele o repetiu, não há muito tempo, ele era o menor aqui.

Enquanto você não é o menor aqui, nesta Terra, você não será grande nos místicos e nas manifestações do Amor.

Você estará no oposto e, no entanto, essas pessoas, é claro, vão apresentar-se como gurus

Como mestres e como pessoas que são ou Maria ou um Melquisedeque, isso está na moda.

Você não pode mais brincar consigo nem conosco, acabou isso.

Vocês brincam entre si, para aqueles que querem brincar.

Aí está porque houve, se quer, um ensinamento muito amplo que reuniu muitas consciências em todos os lados.

E aí está porque, depois, houve direções diferentes, e aí está porque para alguns, hoje, há, eu diria, um lufa-lufa, catástrofes que se produzem, em todos os sentidos.

É apenas a atualização do que vocês são.

Você não pode pretender ser Maria, uma Estrela ou um Melquisedeque e ser ávido, e estar no controle, e estar na falta de Serviço e de Amor do outro, mesmo reivindicando-o bem alto.

Você não pode ser algo aqui e desaparecer, no momento em que tudo desaparecerá.

Explique-me como vão fazer esses seres?

Você não pode mentir para o que você é, realmente.

Você pode desempenhar um papel e a ele fazer aderir alguns seres.

Você pode desempenhar uma função, mas não é porque você desempenha uma função que você é essa pessoa, ou essa Luz.

Está aí o sentido da Humildade, está aí o sentido da Simplicidade, e é, sobretudo, aí, que está o sentido da maturidade e o sentido da responsabilidade, ao invés da escravidão.

Então, eu poderia discorrer durante dezenas de horas sobre tudo isso, mas para nada serve, uma vez que a cena de teatro desenrola-se diante de vocês, como se diz, ao vivo, não há, mesmo, atraso, é instantâneo.

Há seres sem vibração alguma que redescobrem a Paz de sua Origem estelar sem viver qualquer processo vibral, mas eles já são Absoluto, eles desaparecem à vontade.

E, depois, há seres que se vangloriam de vibrações e que chamam essas vibrações do vibral, enquanto é apenas o fogo vital.

Então, esses, é claro, vão dar ilusão àqueles que são sensíveis às palavras e às energias.

Ah, sim, isso, a energia há nisso, mas não confunda energia e vibração.

Reconhecer-se-á, sempre, a árvore por seus frutos.

E os frutos, hoje, é o quê?

É seu corpo, é sua consciência, é sua psique e, também, os resultados de suas diversas relações.

E é, no entanto, muito simples constatar quando nós intervimos.

Será que você desaparece na Luz ou será que você está presente, com vibrações densas, que a energia põe-se a circular?

Porque, se ela se põe a circular naquele momento, não é mais vibral, é um engano, é a energia vital, é o fogo vital, tal como o descreveu Krishnamurti em relação a…

Irmão K (não precisa pôr Krishnamurti. Sim, pode-se pôr, ele me diz) era o eixo Atração/Visão.

Esse eixo Atração/Visão que era o eixo falsificado, que estava inscrito no fígado e no baço, ele foi substituído pelo quê, para aqueles que foram até o fim?

Por AL e UNIDADE, o que foi explicado durante esses anos, primeiro, as dores nos chacras do fígado e no chacra do baço, que modificaram seus hábitos alimentares e que, depois, transformou-se, depois de menos tempo, pelas dores nos chacras da alma e da Unidade.

Aí, a Ressurreição ocorreu, para aqueles que viviam as vibrações.

Mas, agora, para aqueles que viviam as vibrações e que transformaram esse fogo vibral em fogo vital, é questão deles.

É liberdade deles, também.

E, até o último minuto, tudo isso pode mudar.

É a Graça, é o Apelo e, se alguém cai no que eu disse agora, lendo, talvez, alguns entre eles vão compreender os caminhos de desvios que foram empregados.

Aí está o que eu queria dizer em relação à bicicleta e ao mental.

Disseram-me lá em cima que eu não tenho interesse em fazer duas horas, caso contrário, eles não vão ficar contentes.

Aí está, eu não faço duas horas, eu faço um pouco menos.

Eu lhes transmito todas as minhas bênçãos, todo o meu Amor, e eu os deixo com os seguintes.

Até breve.


Continua
3 – O. M. AÏVANHOV
- Parte I -
Questões / Respostas
(Em formatação)



Post. e Formatação
Semeador de Estrelas

http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação
Célia G.
Leituras Para os Filhos da Luz

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...