31/07/2014

SERETI - A SACRALIZAÇÃO DA MATÉRIA -

"Eu intervenho, hoje, para anunciar-lhes
 a concretização, a materialização
 do Espírito em sua Matéria".

Eu sou SERETI, 
Guia Azul de Sírius.
Transmitido por
 Anônimo.
20 julho 2014

Filhos da Lei de Um, Filhos da Terra e do Céu, Bênçãos... à sua Eternidade, ao que vocês São.

Eu venho, hoje, no que me concerne, concluir um ciclo.

De fato, há nove anos de seu tempo terrestre eu intervim, para dar-lhes certo número de elementos concernentes à transformação e à ressurreição, tanto da Consciência como da Terra, assim como os processos que deviam ser implementados e que o foram, entre seus anos terrestres de 2005 a 2012.

Esses sete anos, agora concluídos há exatamente dois anos, porque, para lembrá-los, o conjunto de transformações da Terra e da Consciência estendeu-se entre julho de 2005 e julho de 2012.

Esse programa, esse calendário foi, mesmo, avançado de alguns meses, durante seu ano de 2012, porque essa transformação, nos planos sutis, viu-se concluída quando do nascimento da Onda de Vida que corresponde, como vocês sabem, à liberação do Núcleo Cristalino da Terra, proveniente de Sírius.

Resta, como vocês a vivem, a atualização na matéria ou, se preferem, essa sacralização da matéria que vocês nomeiam Ascensão nada mais é do que o fim de um modelo, o fim de um mundo e a emergência de um novo mundo, porque tudo é cíclico.

Eu intervenho, hoje, para anunciar-lhes a concretização, a materialização do Espírito em sua Matéria.

As diferentes manifestações que vocês têm vivido, quer concirnam tanto às coroas, às portas, às comunhões, às fusões, às viagens na Existência e à experiência, propriamente dita, da Consciência, tal como vocês a vivem na fase em que estão, para cada um de vocês, traduz-se pela aquiescência da Terra que se traduz entre essa data, eu diria, mesmo, há alguns dias (13/07/2014) até a data que é 29 de setembro.

Durante esse espaço de tempo serão implementadas as condições ótimas ao nível da Terra, e não mais de seu Núcleo Cristalino, para o fenômeno da Ressurreição.

A intensidade do que vocês vivem por etapas, por momentos ou permanentemente traduz a imanência e a iminência de tal evento.

Além da percepção de sua Eternidade e em sua Eternidade há, é claro, elementos tangíveis, concretos, eu diria, concernentes à sua Terra.

Os eventos de natureza atmosférica, geofísicas, climáticas, telúricas acompanham-se, doravante, de uma báscula inevitável do polo magnético da Terra, que desemboca, nesse intervalo de tempo, em fenômenos de amplitude inigualável concernente à Vida na superfície desta Terra.

Lembrem-se, por diversas vozes, dos conselhos que lhes foram disponibilizados por diversos intervenientes, concernentes, é claro, ao desapego, ao soltar, ao abandono à Luz, à comunhão com sua Eternidade, com seus irmãos e irmãs na encarnação como conosco, que os torna aptos, doravante, para a maior parte de vocês que viveram essas transformações iniciais de levar a efeito, sem dificuldades, o mecanismo final da metamorfose, da Ressurreição e da Ascensão.

O que acontece no interior de vocês, em sua Eternidade, desenrola-se, é claro, sob os seus olhos, por suas mídias, pelo grito da Terra, nomeado Som do Céu da Terra, mas, também, pelos diversos ajustes concernentes, igualmente, como eu disse, ao aspecto telúrico, geofísico e, também, ao conjunto do Vivo que pertence à Terra, por sua Terra, ou seja, sua Matéria.

O corpo no qual vocês estão pertence à Terra, ele é, portanto, o testemunho do que se desenrola na Terra.

Assim, portanto, minha intervenção final de hoje, em seu plano, traduz a iminência de nosso reencontro em outros planos, em outros estados vibratórios e em outras circunstâncias.

O que lhes é solicitado, mais do que nunca, e ainda uma vez – isso foi exprimido por diferentes vozes – é tornar-se a Vida, não a vida de uma pessoa com suas problemáticas, mas tornar-se a própria Vida, que flui naturalmente, sem esforços, sem resistências e sem sofrimentos.

Vocês tiveram, talvez, a oportunidade de constatar, por si mesmos, que, em momentos privilegiados, mais ou menos intensos, mais ou menos presentes, vocês têm essa capacidade, não para fugir do que quer que seja, mas, sim, para transformar a totalidade do que vocês vivem.

Não pelo efeito da vontade, mas, bem mais, pelo efeito de um Abandono à Luz, à Vida e ao Amor.

Assim, portanto, desde a liberação do Núcleo Cristalino da Terra que, eu os lembro, traduziu a Reconexão desta Terra e do conjunto desse Sistema Solar ao seu Núcleo de Origem ao nível genético, ou seja, Sírius, que põe fim, assim, de maneira sutil e cada vez mais concreta, ao confinamento, às limitações, aos medos e aos sofrimentos.

Observem que é nos momentos em que vocês deixam a Vida conduzi-los, ao invés de vocês conduzirem a Vida, que se encontra a Alegria, a Paz e, sobretudo, a Facilidade.

Durante esse período, outros intervenientes deram-lhes meios práticos e simples para reforçar a Comunhão à sua própria Eternidade, para tornar-se, inteiramente, essa Eternidade que vocês sempre foram, bem além das contingências desse mundo, bem além das contingências dessa pessoa. (Comentário: S. Estr. - lindas palavras desse amado ser que nos orienta a ter uma vida física mais amena, e a superar as dificuldades e transeder as Dimensões. Mas bem se pode ver que Ele não tem  ideia do que é estar confinado em um corpo físico e submetido a um sistema de sobrevivência, na qual estamos agora, onde ao sermos com amor e consideração e sem intensões a não ser a de servir o próximo e a nós mesmos, simplesmente somos destruídos. Pois estamos prisioneiro no mais feroz dos sistemas dominantes, onde o próprio saber e perceber é combatido com dificuldades do suprimento básico para uma vida, de alegria e amor, que tanto nos aconselham mas não vivem o que vivemos. Vamos ver se desta vez essa luz realmente chega e eleva em vibração tudo neste mundo, coisa que  a muitos anos esperamos e nos é prometido).

Reencontrar isso os preenche de Paz, preenche-os de Evidência e resolve, de algum modo, as dificuldades inerentes, ligadas ao confinamento e à própria liberação desse confinamento, que se traduz, por vezes, por ressurgências do mental ou de resistências, quer seja ao nível individual ou coletivo.

O que eu posso acrescentar a isso é, simplesmente, levar sua vida como a vida pede a você e não como você o deseja.

Entregar-se à Divina Providência, à Graça, não é, unicamente, um ato de fé, mas, bem mais, uma vivência e uma experiência de cada minuto, que os leva, como lhes foi enunciado pelo Comandante, no mês de março deste ano, como a possibilidade de entrar, diretamente, e, eu diria, em Plena Consciência de sua Eternidade, em sua nova atribuição e sua nova dimensão.

É claro, isso não acontece assim, e não acontecerá assim para o conjunto da humanidade porque, como vocês veem e como o vivem, há camadas sucessivas de liberação, de abandono, de comunhão e de capacidade para elevar-se e, elevando essa própria matéria, espiritualizando-a.

Assim, portanto, essa intervenção final de minha parte traduz o cumprimento do plano, tal como foi concebido, para pôr fim ao confinamento.

Tudo está à sua disposição, seja nos planos sutis de nossas manifestações como nos planos sutis de sua própria manifestação através de suas comunhões, fusões, respirações e, simplesmente, atos de sua vida que eu qualificaria de todos os dias.

O tempo de sair do tempo aparecer-lhes-á, cada vez mais, como uma Evidência, como uma certeza e bem mais como uma vivência bem mais autêntica e bem mais concreta do que o que vocês nomeiam concreto desse mundo e real desse mundo.

Mas isso, vocês sabem, apenas você, e você sozinho com circunstâncias que lhes são próprias, é que pode levar a efeito esse Último Abandono, que o faz dizer como CRISTO na cruz: «Pai, eu entrego meu Espírito entre Suas Mãos».

A Humildade, a Simplicidade, a Ética, a Integridade, o Aqui e Agora, o conjunto dessas coisas que lhes foram explicadas e que vocês viveram tinha apenas por finalidade prepará-los, integralmente, para esse momento específico no qual os polos magnéticos da Terra, assim como os polos magnéticos do Sol inverter-se-ão, de maneira definitiva.

Há, através desse trabalho, como vocês também sabem, o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, além disso, nesse mundo específico que é a Terra, encontram-se a Assembleia dos Anciões, a Assembleia das Estrelas, a Assembleia dos Arcanjos.

Nesse momento de transição existe certo número de elementos de Consciência nomeados Arcanjos como, por exemplo, URIEL, MIGUEL e METATRON, mas, também, ANAEL, que são mais especialmente dedicados em seu acompanhamento, ao seu serviço para, de algum modo, ajudá-los a finalizar esse abandono.

Aqui se situa o Grande Salto, não mais a passagem da porta estreita, o momento em que o ego deixa o lugar ao Coração, mas, bem mais, a instalação definitiva no que foi chamado, há alguns anos por UM AMIGO, o nono corpo, situado na parte superior de seu peito. 

[9º Corpo: radiação da Fonte - "Raiz" situada sobre a corcova esternal (pequena protuberância no alinhamento do 2º espaço intercostal – também chamado « ângulo de Luís")]

É por esse ponto, acoplado, eu os lembro, à porta KI-RIS-TI, ao chacra do Coração, ao chacra da Alma e ao chacra do Espírito, que se realiza a Glorificação de seu corpo material, assim como sua dissolução.

Seu grau de preparação que é, de fato, um grau de abandono, de não querer, de não dependência a quem quer que seja ou ao que quer que seja e, mesmo, a nós mesmos, deve torná-los livres e autônomos em sua Eternidade.

Nada há a preparar, essa preparação é seu Último Abandono, que é bem além do face a face, tal como vocês puderam vivê-lo durante esses meses passados, mas bem mais, eu diria, de algum modo e sob a forma figurada, uma linha de chegada que é, de fato, sua verdadeira partida, seu Verdadeiro Retorno ao que vocês São.

Não é indispensável seguir, exteriormente, o que se desenrola interiormente, vocês constatarão, aliás, que estarão mais facilmente nesse basculamento magnético estando sem qualquer projeção de consciência, sem qualquer atenção para um evento exterior, qualquer que seja, mas bem mais centrados em sua própria vivência, seu próprio caminho no que vocês sabem que não é um.

Larguem seus fardos, deixem seu passado, deixem seu futuro, estejam, inteiramente, colocados no instante presente, como foi dito pelo Comandante, um pouco na posição do observador, ainda que apenas, de algum modo, numa sobreposição e uma fusão de seu corpo físico com seu corpo de Existência, o que põe fim à existência de esquemas sutis de confinamento, nomeados corpo astral e corpo mental, que vem queimar o que é nomeado o corpo causal, para deixá-los aparecer em seu Corpo de Glória ou Corpo de Eternidade, também nomeado em suas escrituras: «o Corpo Sem Costura».

É tempo, se já não foi feito, de alinhar-se com essa reversão magnética, para fazer fundir o que foi nomeada a Onda de Vida e, há alguns anos, a Shakti.

Esse Casamento e essas Núpcias produzem-se no seu interior, desenrolam-se em seu templo interior, nomeado o Coração, pela ativação do que foi nomeado o oitavo corpo, nono corpo, chacra do Coração, chacra da Alma, chacra do Espírito e porta KI-RIS-TI, acoplado, como talvez você já o viva, em ressonância, em todo caso, com o que foi chamado Canal Mariano, no qual se manifestam tanto Um de Nós como seu Corpo de Existência, como seus contatos com a Luz Una e Indivisível e Múltipla.

É isso que deve ser vivido do modo o mais intenso e mais livremente possível sem vontade, sem atenção, simplesmente estando presente, ajudando-se da respiração, ajudando-se da observação do cenário de vida que se desenrola em si, no que vocês encontram a cada minuto.

A partir do instante em que você aceita isso, a amplitude da vibração da coroa radiante do coração e de seus diferentes componentes, assim como a amplitude do que foi nomeado o Espírito Santo, que vem ativar a coroa radiante da cabeça, assim como a Onda de Vida vai permitir-lhes, através do Canal Mariano, realizar sua Ascensão.

De momento, e até o basculamento magnético dos polos, não há que se ocupar de efetuar qualquer transferência de sua Consciência – onde quer que ela tenha chegado – ao canal mariano, porque esse deslocamento far-se-á por si mesmo, pela fusão completa e definitiva do canal mariano com a coroa radiante do coração, o que dá, e vocês o saberão no momento em que o viverem, um Êxtase comum a nenhum outro.

Mesmo a Onda de Vida não pôde propiciar, até o presente, esse tipo de Êxtase.

Eu os lembro, para aqueles que viveram a Liberação da Terra no momento em que isso se produziu, ou seja, em março de 2012, de que havia um sentimento de êxtase que nasceu nos chacras situados na parte inferior do corpo, que podia assemelhar-se, em alguns casos, ao que vocês nomeiam orgasmo sexual.

O que vai produzir-se, doravante, eu poderia chamar: «orgasmo do Coração».

Uma vez vivido esse Orgasmo do Coração, a Liberdade será total ao nível individual, até o momento coletivo, que ilustra, por manifestações repentinas, violentas e brutais do manto da Terra.

É claro, haverá inúmeros elementos que, para aqueles que estão, ainda, na personalidade, poderão ser profundamente desestabilizadores, ou mesmo desencadear um terror.

Mas esse não poderá ser o caso para aquele que está colocado em sua Eternidade, e que começou a fusão entre o canal mariano, a coroa radiante do coração, a Shakti e a Onda de Vida.

Tudo isso deve desenrolar-se na Consciência, mas, também, no Corpo.

Vocês não terão qualquer dúvida quanto a essa vivência, porque ela não se assemelha a qualquer outra, não poderá ser confundida com nada, nem chamada diferentemente do que ser um Êxtase Indizível, bem maior do que o que foi nomeado há um tempo: Shantinilaya ou a Morada de Paz Suprema.

Isso pode ser vivido apenas na condição de tudo soltar, e eu falo, aqui, de soltar ao nível do pensamento, ao nível das emoções, ao nível de suas feridas passadas ou atuais, entregando-se, é claro, no Aqui e Agora e na Espontaneidade da Vida.

Se você realiza isso, se você consegue, no espaço de algumas respirações, realizar esse desaparecimento pessoal total, a Vida tomará posse de você em sua integralidade e em sua globalidade.

Assim, nesse plano, eu lhes digo, então, até breve, em outro plano.

Leve sua Vida com Alegria e Leveza, com Benevolência, com Atenção, com Humildade, com Simplicidade.

Não há outra porta de saída que não dessa.

Não se trata mais da porta estreita, mas, eu diria, uma porta de dimensões tão amplas que abraça o infinito dos mundos e o infinito das dimensões.

Lembre-se de que apenas você é que pode fazer isso, mas que nossas Presenças lhe são adquiridas, assim como a Presença, agora quase total, ou mesmo total, de seu Próprio Corpo de Existência, situado à sua esquerda, ao longo do canal mariano.

Talvez você o sinta, por vezes, como que descendo bem mais baixo do que a zona do canal mariano, vindo apropriar-se e tomar posse, pela esquerda de seu corpo em sua totalidade.

Se isso já é vivido, você vive as primícias da fusão do canal mariano com a coroa radiante do Coração.

Eu posso apenas encorajá-los a não procurar explicar, mas, sim, aproveitar do instante e do momento no qual vocês vivem isso.

O Apelo far-se-á, é claro, tanto pelo canal mariano como, para outros, pela Onda de Vida, como, para outros ainda, pela Shakti.

De qualquer forma, o resultado final disso será o mesmo: o basculamento magnético de seus próprios polos, como aqueles da Terra.

Essa reversão, esse basculamento, essa inversão que os remete ao lugar abrir-lhes-á, de maneira irremediável, a Porta de sua Eternidade.

Eu sou SERETI, Guia Azul de Sírius, e tenho grande alegria em supervisionar, de algum modo, esse ciclo de sete anos e de nove anos que se conclui agora.

Permitam-me aportar-lhes minha modesta vibração de Guia Azul de Sírius em sua Presença, aqui mesmo.

No Amor do Um, a cada Filho do Um,
Eu sou SERETI, e eu lhes digo até Sempre, na Eternidade.

Que CRISTO, que a FONTE seja seu Guia.

Até logo.




Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação
Célia g.
Transmitido por Anônimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...