21/03/2015

Arcanjo Uriel - Questão 6 -

"Então, é claro, a Luz, como foi dito 
anteriormente, vai dissolver esse plano 
de existência e, portanto, fazê-lo
 desaparecer(...)"

Eu sou Uriel, anjo da Presença e 
Arcanjo da Reversão.

Publicações de
fevereiro de 2015
(Preparação
Inicio)

QUESTÃO 6: como viver junto a pessoas que vibram baixo, sem ser tocado por isso?

Bem amada, eu sou Uriel, anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

O que há a viver em relação à sua questão é, muito exatamente, essa
reversão.

Isso não quer dizer ignorar, isso não quer dizer desviar-se, isso quer dizer, simplesmente, seguir seu caminho, viver e experimentar a oposição sem ser afetada por ela.



Assim como você a sente e, para muitos de vocês, vivem-na, a passagem que está em curso, dá-lhe, por vezes, a descobrir e a enfrentar o que você não teria, jamais, suspeitado anteriormente, porque o Coração estava à frente.

Mas o Coração que se põe à frente, agora, é o Coração Vibral, bem além do Fogo do Coração, bem além da Coroa Radiante do Coração; é o que lhe permite, independentemente do que você vê, permanecer e persistir em sua liberdade, em sua liberação.

No que se joga, essa reversão não é, unicamente, uma reversão em cima/embaixo, mas uma reversão ligada a uma viagem que é um desaparecimento total e irremediável do efêmero.

As circunstâncias e o estado de sua consciência nesse mundo, qualquer que seja a presença ou não de seu corpo de Existência, estão aí apenas para mostrar-lhe e demonstrar-lhe, sem colocar julgamento, sem recolocar véu, sem medo, as diferentes paletas vibrais, energéticas de cada consciência ou de cada manifestação nesse mundo.

Eu sou Uriel, anjo da Presença e Arcanjo da Reversão, assim, meu Chamado é aquele que impulsiona essa Última Reversão, que lhe permite demonstrar, e demonstrar-se, a si mesma e ao mundo, o que você é: Eternidade, Luz, Paz e Amor.

O que quer que aconteça a esse corpo e o que quer que aconteça à sua consciência, quer seja o sofrimento o mais insuportável, quer seja a alegria a mais extrema, o mecanismo no trabalho é exatamente o mesmo.

Ele lhe permite reverter-se, sem desviar-se e sem recusar e sem reação, em seu eixo, e sua direção ou em sua Eternidade da Morada de Paz Suprema.

Assim, estar na presença, como anjo da Presença Uriel, e emanar e imanar essa Luz sem decisão, sem querer e sem intervenção da própria pessoa na manifestação da Luz.

Não há nem apropriação da Luz nem projeção da Luz a efetuar, mas, real e concretamente, deixar a Luz agir para sua Reversão e para seu desaparecimento.

Isso se junta ao que o Arcanjo Anael, Arcanjo da relação, havia dado e explicitado a vocês durante o ano de 2009.

Não se trata mais, unicamente, de abandonar-se à Luz, não se trata mais, unicamente, de viver a Eternidade, não se trata mais, unicamente, de ser um Ancorador de Luz ou um Semeador de Luz, mas ser, na integralidade, na totalidade, a Luz que vocês são.

Então, é claro, a Luz, como foi dito anteriormente, vai dissolver esse plano de existência e, portanto, fazê-lo desaparecer, um pouco à imagem da morte de alguém que deixa esse corpo por uma razão ou por outra que é, eu os lembro, o futuro de todo ser humano, qualquer que seja, nesse mundo.

Assim, portanto, perceber e sentir, eu diria, com mais intensidade, o que, anteriormente, não os incomodava, é apenas a prova de que vocês crescem, se posso exprimir-me assim, na Luz, e que a Luz é colocada à frente.

A Luz ilumina, a Luz mostra, Ela não pode acomodar-se nem com qualquer sombra interior nem com qualquer sombra exterior.

Assim, perceber um lugar, no plano e modo vibral, perceber uma consciência, aí também, leva-os a conscientizar-se das anomalias que anteriormente não eram nem levantadas nem vividas, nem percebidas, pelo menos ao nível da consciência comum.

A sobreposição do Eterno e do efêmero amplifica, como vocês o constatam, o desequilíbrio aparente de uma situação, de uma relação, de um irmão ou de uma irmã humana, como vis-a-vis de nós em nossos planos de evolução.

Tudo se resumirá, em definitivo, pela transcendência e a travessia de tudo isso, ou pelos inconvenientes engendrados por esses desequilíbrios.

Tudo isso, aí também, não é um apelo para reajustá-los, não é um apelo para compreender, não é um apelo para qualquer responsabilidade ou culpa, exceto aquela de estar, realmente, em conformidade com o que vocês são, na Eternidade, se tal é seu mecanismo de Ascensão.

Assim, portanto, progressivamente e, isso, já desde alguns meses de sua vida terrestre, é-lhes dado a ver, de maneira amplificada para alguns de vocês, por vezes, de maneira desmesurada e, para outros, de maneira insignificante.

Cada um vive, nessa Última Reversão, o que é necessário para a afirmação da Eternidade ou para a persistência do efêmero.

O choque da humanidade, a título individual, é vivido; o choque da humanidade, na escala coletiva, está em curso, e é sob os seus olhos.

Em função disso, o que você vai ser?

O que você vai fazer?

O que você vai manifestar?

Cabe a você decidir.

No final e in fine, no tempo presente, permanecer no Aqui e Agora permite transcender e eliminar o que pode resistir, sem lugar, sem opor-se, se, contudo, você o deseja.

Seu olhar sobre sua situação, como sobre a situação do mundo é, certamente, colorido pelo estado de sua consciência, colorido, ainda, um pouco, por sua história, mas tudo isso pertence apenas à cena de teatro, tudo isso é apenas efêmero, e tudo isso não tem valor algum, na condição de aceitá-lo, na condição de vivê-lo, e na condição, como foi dito, de sempre pensar no Amor à frente e no Serviço ao que poderia ser chamado o outro, que é apenas você mesmo.

Isso quer dizer que a situação, a pessoa que vai confrontá-lo ou enfrentá-lo está, em definitivo, apenas em você mesmo.

Isso pode ser difícil a entender ou a aceitar, mas tudo o que está nessa Terra, tudo o que foi ligado nessa Terra, por você, pelo carma, pelas egrégoras, pela influência das forças reptilianas nesta Terra, tem apenas um único objetivo hoje, é o de servir à Luz através dessa confrontação.

Não adotem mais o olhar limitado, mas tornem-se esse olhar ilimitado que vê, que percebe, que sente, que vê claramente e que vê a Verdade e que, no entanto, não julga, porque a Humildade está à frente e à frente dessa Humildade há o Amor puro, que não conhece qualquer condição, qualquer condicionamento nem qualquer limite.

Eu sou Uriel, anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Em seu Templo e neste instante, Comunguemos na graça do Um e na ressonância do Silêncio.

... Comunhão…


Uriel escuta a próxima questão, e eu me retiro, dizendo-lhes

 até breve.





Próxima: Gemma Galgani.







Post. e Formatação
Semeador de Estrelas

Tradução e Divulgação
Célia G.
Leituras Para os Filhos da Luz


Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...