26/06/2015

Entrevistas de Pentecostes -AÏVANHOV 2ªpart.

Ensinamentos, Maio de 2015

O Coro dos Anjos

"(...)as primeiras embarcações de Luz – de tamanho considerável em sua dimensão – vão começar a manifestar-se em seus céus".

O.M. AÏVANHOV
2ª Parte - continuação -
19 maio 2015


Questão: o que nós vivemos há pouco foi uma elevação de todo nosso grupo a um plano muito elevado, além do plano mental ou, mesmo, causal?

Perfeitamente.

Você penetrou, diretamente, pela primeira vez, talvez, para alguns de vocês, na Infinita Presença e em sua própria manifestação não, unicamente, em si, mas, também, nesse lugar.

E isso vai realizar-se, como eu disse, cada vez mais facilmente, sem, mesmo, querer e não, unicamente, à noite, na cama, ou não, unicamente, vendo a Luz adamantina que se deposita na natureza.

Vocês a verão depositar-se em seu corpo e verão algumas partes de seu corpo que desaparecem, mesmo abrindo os olhos.

… Silêncio...

Vocês tocam, diretamente, o Supramental, em sua encarnação, tal como Sri Aurobindo havia, muito amplamente, divulgado, há muito tempo.

Eu não falo do que nós dizemos de onde nós estamos, mas do tempo da encarnação dele.

E, quando vocês vivem isso, tomam consciência, em si, na totalidade do que vocês são, tanto eterno como efêmero, que o que se desenrola, realmente, nesse mundo, é apenas uma ilusão.

Você está maduro para o Juramento e a Promessa, você está maduro, a Terra está madura, para o Apelo de Maria.

Há um número suficientemente elevado de irmãos e de irmãs, há um número suficientemente importante de partículas adamantinas, de vórtices de Luz na Terra, que permitem, agora, a Ascensão.

Coletiva, eu falo.

E vocês se aperceberão, também, de que todos os medos ou as projeções ou a própria realidade do que acontece em vocês, ou do que acontece no que vocês veem dos elementos da Terra, tudo isso lhes aparece, com o Coro dos Anjos, como uma ilusão total.

E aí, realmente, o combate tomará fim, entre você e você mesmo, entre você e esse mundo, entre seus antagonismos, entre irmãos e irmãs.

Depois do Coro dos Anjos há Maria, e, ao mesmo tempo, os Anjos do Senhor.

… Silêncio...

Você observará, aliás, que, quanto mais a ação do Coro dos Anjos tornar-se perceptível a você – a presença dele, que é, já, sua ação – mais você constatará que isso passa ou isso quebra.

Mas, em contrapartida, você não será influenciado nem perturbado, quer isso passe ou que isso quebre, isso o deixará na mesma serenidade.

Aí, você estará, realmente, no soltar, no Abandono à Luz e no Abandono à Graça, inteiramente.

E sua vida tornar-se-á mágica, sem esforço.

Tudo se desenrolará, para você, como foi dito: qualquer que seja a violência de um elemento que se manifesta ao nível físico em seu mundo, no lugar em que você está, ele não poderá tocar uma vírgula do que você é, porque você é o Amor e o Coro dos Anjos acompanha-o.

Eu o lembro de que o Coro dos Anjos, além de sua origem vibratória, traduz-se pelo som o mais extático que você pode ouvir.

A visão do Coro dos Anjos, mesmo sem ouvi-lo, mesmo sem vê-lo, mas a visão da percepção ao seu lado, põe você em um estado, eu diria, a nenhum outro similar.

Você desemboca, aí, diretamente, na imensidão, no Infinito, no jogo da Luz e na manifestação do Amor, onde quer que seja.

E você se conscientizará, se posso dizer, de que, mesmo o confinamento que fez sofrer, ao mesmo tempo, corpos e almas, será transmutado pela Graça e não haverá mais qualquer espécie de incidência nem de importância.

Como você sabe, a Confederação Intergaláctica está presente ao redor do Sol e ao redor da Terra, mesmo se você não a veja completamente e mesmo se há cada vez mais testemunhos da presença da Confederação Intergaláctica, através de seus diferentes povos e, mesmo, de suas diferentes dimensões.

O que quer dizer que, o Coro dos Anjos estando presente, as primeiras embarcações de Luz de tamanho considerável em sua dimensão – vão começar a manifestar-se em seus céus.

É a preliminar ao retorno visível da Jerusalém Celeste, e não como quando de sua primeira passagem durante, eu diria, as primeiras chaves Metatrônicas, que passou, simplesmente, em sobrevoo, em sua zona inicial, ou seja, o México.

Mas aí, agora, será por toda a parte.

Primeiro, as embarcações que não são de sucata, mas da Luz concretizada, cristalizada, em especial, para os Pleiadianos, em especial, para os Andromedianos etc. etc.

E isso começa a ver-se, de modo pontual, entre os povos que não arriscam cair em síncope ao ver-nos.

São, essencialmente, os povos, se querem, que têm uma filosofia na qual nem a morte nem o desconhecido dão-lhes medo, porque eles já se sabem imortais, mesmo se seja uma crença no carma ou em outra coisa.

As aparições fazem-se, portanto, sobretudo, do lado da China, do lado da Ásia, e do lado da América Latina, mas, também, é claro, na Europa, e, mesmo, no continente Norte-Americano.

… Silêncio...

Questão: a estrela de Bethléem era a nova Jerusalém?

O que é que você chama a estrela de Bethléem?

Aquela de que se fala na Bíblia, quando do nascimento de Cristo?

Não, não era a Jerusalém.

A Jerusalém apenas pode colocar-se na conclusão de um ciclo completo, no momento em que há o alvoroço ligado ao Coro dos Anjos, à aproximação da Confederação Intergaláctica e, sobretudo, dos sinais celestes.

Isso não é o Coro dos Anjos, mas isso quer dizer, também, que os anjos podiam intervir.

Mas a Jerusalém Celeste intervém apenas quando da inicialização de um ciclo de Liberação, para evitar que a individualidade e o Espírito apaguem-se demasiadamente, mas, também, na fase final, ou seja, a cada vinte e cinco mil anos e, por vezes, a cada cinquenta e dois mil anos, em todo caso, nesse Sistema Solar.

Você vai constatar, aliás, para aqueles que vigiam, eu diria, as imagens dos telescópios do Sol, que o que foi visto pelos telescópios como o Cubo Metatrônico vai crescer, cada vez mais, nas imagens.

Aliás, eu o lembro de que a Jerusalém Celeste foi, frequentemente, chamada a Cidade de Cristal, e os seres que você, talvez, sentiu, há pouco – em todo caso, ao nível de seus efeitos o Coro dos Anjos são, também, seres de puro cristal, ou seja, são, você compreendeu, corpos de silício com um brilho intenso, e cujo poder transmutatório da matéria é dos mais importantes.

Mas eles não podiam aproximar-se demasiadamente enquanto as condições não fossem reunidas.

Mesmo se alguns de vocês tenham podido vê-los na natureza.

São seres que têm aproximadamente 1,40m, 1,60m; emana deles uma suavidade feminina do Feminino Sagrado, eles têm asas, mas, sobretudo, aparecem quase fisicamente, tanto eles são densos em Luz.

Eles são constituídos de pura Luz vibral.

É por isso, aliás, que eles são considerados, nas hierarquias angélicas, apesar dos erros que ali estão, como os anjos que são a hierarquia a mais baixa.

Eles estão não ao mais próximo da Fonte, mas ao mais próximo do Absoluto.

E, de algum modo, quando eles chegam em manifestação, isso assinala o retorno do Espírito, inteiramente.

É, aliás, o mais frequente, o que viam, até agora, alguns irmãos e irmãs que partiam e que eram destinados a ser acolhidos não pela ilusão astral, mas por uma celebração do Coro dos Anjos, em sua instalação no coração de Cristo e da Fonte.

… Silêncio...

Questão: significa que o Pentecostes está próximo?

Antes do Pentecostes há a Ascensão, parece-me.

Sim, é depois de amanhã.

Perfeitamente.

E o Pentecostes está, também, muito próximo.

Eu havia prometido um belo mês de maio e, é claro, o que vocês vão viver é, ao mesmo tempo, a Ascensão e o Pentecostes e, talvez, para alguns de vocês, a Assunção.

Talvez, não na Europa, mas vocês terão surpresas em algumas regiões do mundo nas quais vão anunciar desaparecimentos sutis, sem deixar vestígios.

O que já é o caso, mas escondem-lhes, em algumas cidades da China e da Ásia do sudeste.

… Silêncio...

Aliás, você já vê, em sua vida, que objetos desaparecem e aparecem, não?

São o piscar de olhos do Coro dos Anjos e da Inteligência da Luz.

… Silêncio...

Você imagina, efetivamente, que nossos irmãos e nossas irmãs que ainda não estão despertos e que nada conhecem de tudo isso ficarão profundamente agitados pelo Desconhecido que se manifesta.

Mesmo os mais luminosos.

Porque há tantos véus que são mantidos por esses irmãos e essas irmãs que, se não houvesse os Hayot Ha Kodesh, se não houvesse o Coro dos Anjos, eles não poderiam, mesmo, como dizer..., participar da Celebração final, tanto que eles estariam apreendidos.

Então, se, agora, o Coro dos Anjos começa a manifestar-se, mesmo não visualmente, se ele se manifesta, simplesmente, pelo Coro dos Anjos que você ouve nos ouvidos ou esse zumbido que sobe em frequência e que toma todo o campo da consciência, tudo isso é o Coro dos Anjos.

E isso acompanha, é claro, o Apelo de Maria, o Retorno de Cristo e o fim dessa dimensão.

Que não é, em caso algum, eu o repito, para aqueles que estariam, talvez, amedrontados, que, ao contrário, é o retorno da Vida eterna, aquela na qual não há mais véus, aquela na qual não há mais qualquer densidade que limite o que quer que seja na expressão de sua consciência ou no estabelecimento na a-consciência.

… Silêncio...

Aliás, você vai observar, para aqueles que são sensíveis aos elementais, que aqueles que vão aparecer-lhes mais – porque eles ousam, enfim, sair – serão os habitantes da Água, que são ligados ao Feminino sagrado.

O Feminino sagrado está, portanto, em vias de restauração em suas consciências, nessa dimensão.

E, é claro, você pode imaginar que a elite patriarcal começa a gesticular, a ficar apavorada.

Então, não se inquiete se, onde quer que seja nesse mundo, eles sejam conduzidos a ações extremas, isso não trará qualquer dano à sua Eternidade.

E, aliás, essas ações extremas têm todas as chances de ser bloqueadas, se posso dizer, não como combate pela Confederação Intergaláctica, mas, bem mais, pela Inteligência da Luz e, sobretudo, pelo Coro dos Anjos.

Porque o som que você percebe, talvez, nesses momentos, como quando você toca a Infinita Presença ou em alguns momentos do dia, esse som dissolve toda resistência.

E é um som que os Arcontes, que os Fantoches, que os irmãos e as irmãs confinados não poderão, de maneira alguma, suportar.

O Coro dos Anjos anuncia as Trombetas do Céu e da Terra, não mais em alguns lugares, não mais em alguns locais ou em alguns momentos, mas na continuidade.

… Silêncio...

E você vai, também, descobrir que, nesse momento, no que pode resistir em você nas relações, o que lhe parece, por momentos, intransponível, uma vez que o Coro dos Anjos tiver ressoado, que a transfixação de seu coração – anteroposterior e postero-anterior – estiver ativa, permanentemente, o que instala o que foi nomeado o Espírito do Sol na periferia do coração, aí, naquele momento, você rirá de si mesmo, você rirá de seus medos, você rirá das situações que lhe pareciam totalmente insolúveis.

… Silêncio...

Eu tenho a precisar-lhe, também, que, durante este período, se você está, realmente, às claras consigo mesmo, ao menos em parte, a Graça estabelece por si mesma.

Não há pedidos a fazer, há apenas que conscientizar-se de que ela está aí.

Não como uma manobra mágica de autopersuasão, mas porque é, realmente, a realidade, mesmo se você nada perceba ao nível das Coroas.

A Graça é a mesma para todo mundo, doravante.

Mas, para que a Graça chegue, é preciso nada pedir porque, se há pedido, isso quer dizer que há, já, uma distância entre você e o que você pede.

Há apenas que revelar isso em você.

… Silêncio...

Questão: se constatamos algo de feio em nós, podemos, sempre, remetê-lo ao Manto Azul da Graça?

O Manto Azul da Graça é ligado a Maria e a Buda.

É ligado à mamãe desse mundo.

É ligado àquele que encontrou, em primeiro lugar, a compaixão do Feminino sagrado, ou seja, Buda.

É claro que você pode ali remeter, mas o que eu tinha a estipular, então, é que, aí, a presença do Coro dos Anjos, através da manifestação em seus sons, em suas estruturas, prova-lhe que você está no mais alto dos céus, já, aqui mesmo.

E quanto mais você acolher e mais for humilde e menos procurar compreender, mais a Graça estará aí.

E ela o preencherá bem mais do que todos os seus pedidos, do que todos os seus desejos ou do que qualquer outra pessoa, se posso dizer.

Eu entendo por pessoa uma de vocês, mas, também, entidade dos planos unificados.

Para resumir, eu diria que o Coro dos anjos é o que é o mais cristalino e o mais branco, isso eu disse, mas isso quer dizer, também, sobretudo, que, se você entra em ressonância com esse plano, isso quer dizer que você superou o antropomorfismo e que você não está mais ligado, de maneira formal, a partir do instante coletivo for atualizado, a qualquer forma e a qualquer dimensão.

Mas você poderá manter as suas roupas de casamento, se posso dizer, para nossa reunião dos cento e trinta e dois dias.

… Silêncio...

Questão: eu não tenho pergunta, mas desejo exprimir a minha gratidão por tudo o que você tem feito por nós.




Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com

Tradução e Divulgação
Célia G.

Fonte: https://lestransformations.wordpress.com/2015/05/18/entretiens-de-pentecote-mai-2015-le-choeur-des-anges/

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...