12/07/2013

Elohins - A Vida e Doenças dos Cães -

"Eu queria que meu cão ficasse mais
 tempo comigo"!...

 Mensagem dos Elohins 
Através de:
Vinícius Francis 
9 julho 2013

Leitor: Por que, os animais que teoricamente têm uma conduta instintiva e não alimentam crenças desfavoráveis à sua essência, desenvolvem câncer e outras doenças degenerativas, muitas vezes até jovens ainda? 



Elohins: Que a Paz, o Amor e alegria estejam vibrando fortemente em vocês neste momento. 


Apreciamos este encontro e esta oportunidade de nos expressar através de nosso canal em palavras. 

Adoramos esse “joguinho” de perguntas e respostas, pois com isso vamos gerando uma expansão maior de vossa consciência.

Nosso trabalho consiste em lembrar-vos daquilo que já sabem. 

Em fazê-los se recordar da posse de tudo aquilo que vocês já têm, que já têm em si mesmos. 

E ao nos aproximarmos pelas palavras geramos uma sensação de familiaridade com vocês de modo que através desse meio humano, podemos nos comunicar e assim, vos mostramos o caminho para chegarem ao que já é vosso. 

Gostamos de “teoricamente”, usado na pergunta, pois isso mostra o quanto vocês, agora imersos na matéria, são teóricos. 

Apreciamos vossas teorias porque elas vos dão, de certa forma, a ideia de clareza a respeito da vida e daquilo que para vocês, no momento, está encoberto. 

Dizemos isso no sentido do que está aqui no não físico. 

E se vocês sustentam uma teoria, o Universo começa a conspirar a fim de que sua teoria tenha sentido ou lógica. 

No Universo, toda teoria pode ser verdadeira, tudo pode ser verdade e pode ser mentira. 

Mas para isso, é necessário um agente validador ou “invalidador”. 

Como dissemos em nossos últimos contatos, vocês são o Sentido de todas as coisas. 

E poderíamos resumir na frase: Tudo é verdadeiro e tudo é falso, depende de quem está olhando. 

Há certa “confusão” com o termo instinto animal para muitos. 

Não significa que, pelo fato de seus animais serem mais permissivos do que vocês, não terão comportamentos resistentes à fonte. 

O que ocorre é que mesmo uma pedra, embora pareça estática, inerte e mórbida, está vibrando.

 E se esta pedra tivesse consciência de si mesma, assim como vocês têm e se possuísse uma vibração, classificada por vocês como “extremamente permissiva”, não haveria contraste. 

E se não houvesse contraste nessa pedra e em sua vibração, também não haveria transformação para ela e nem tampouco, expansão. 

Por isso dizemos: Permitam o fluxo! 

Parem de se debater contra a energia que quer expandir-vos no Bem.

 Porque se fizerem isso a ação do contraste que vos “motiva para baixo" e que parece vos empurrar para o lado ruim das coisas, irá minimizar-se. 

Entretanto, como poderíamos dizer isto a uma pedra? 

Ou a um animal de forma compreensível para ele em sua linguagem e forma de expressão? 

Isso seria, no momento, impossível.

 Até mesmo vocês, humanos, dotados de intelecto e de incrível inteligência, parecem relutar contra a ideia de que criam sua realidade ou sua própria desgraça. 

E um cão não está preocupado com essa de criar a sua realidade, ele está apenas motivado a viver a sua vida e se expressar em alegria e prazer da forma que lhe for possível. 

Isso o torna mais permissivo do que vocês humanos, mas não o torna imune ao contraste natural do orbe físico.

E lembramos que, se esse contraste não houver, para ele não haverá motivação ao crescimento e expansão de seu ser e provavelmente, passaria a eternidade sendo um cão. 

E embora isso seja magnífico, não é o suficiente para ele. 

A fonte em cada um de vocês desconhece a suficiência. 

Nada será suficiente para ela, visto que é isso que sempre motivará vocês a seguir em expansão e novidade. 

Amamos vossa sensação de tédio, sim, nós amamos, pois essa sensação vos dá uma noção mais exata de si mesmos e vos motiva a buscar o Novo. 

Tudo em vocês é divino se apreciarmos sua devida colocação. 

Se não houver o contraste, a fonte que se expandiu na forma do cão não seguirá em divina instabilidade pelo cosmos e é isso que queremos que compreendam aqui. 

Quando esses pequeninos passam a conviver mais próximos de vocês, começam também a absorver muitos de seus comportamentos e embora aparentem não manifestar isso, eles, como vocês, estão vibrando. 

Mas, vocês poderiam nos questionar: Não seria injusto, os cães, que não têm exata noção do que vibram, atravessar momentos de dor, doenças e infortúnios, sendo que são puro amor? 

E diríamos em resposta: Vocês também são puro Amor. 

Vocês têm a mesma essência divina que os cães têm, assim como tudo aquilo que é vivo. 

Mas, o que muda, é vossa forma de ler a vida e entender os acontecimentos. 

O contraste da aparente doença está movendo a fonte viva no cão para a expansão. 

E se ele não vivenciar o contraste, a fonte nele não convocará mais e mais para ele. 

Não é assim que ocorre com vocês? 

Vinícius estava assistindo a um desenho animado e de repente, houve uma cena que a seu ver foi chocante, uma cena violenta que ele não esperava assistir.

E algumas horas depois, sentimos que ele se doía internamente ao se lembrar da cena, como se aquilo realmente tivesse ocorrido na realidade física. 

E o que vocês fazem diante de muitas situações é a mesma coisa! 

Vocês se apegam ao holograma de tal maneira que o sentem como se fosse Verdade. 

Vocês se iludem com a matéria como se esta fosse definitiva

E lamentam: 

Eu queria que meu cão ficasse mais tempo comigo!

 Não queria que ele morresse tão cedo! 

E se esquecem de que se o cão, em questão, vivesse ao vosso lado durante duzentos anos ininterruptos, no momento de sua partida para o plano não físico, que aconteceria de qualquer maneira, a dor em vocês seria terrivelmente maior. 

Vocês querem prorrogar a dor na tentativa de não senti-la e com isso a expandem mais e mais. 

E o tempo em que ele dividiu sua existência física com vocês, não conta? 

O tempo em que ele arrancou de vocês vários sorrisos, o quanto significa? 

Apreciem a vida com os seus animais, no entanto, compreendam que da mesma forma que o contraste vos empurra e vos move à expansão, também faz com eles. 

Dizemos isso porque vocês consideram a morte como algo terrível, como uma perda. 

E nós, que estamos de fora, podemos ver de outro ângulo.

 Seria como se vocês estivessem dentro de uma piscina e nós, estivéssemos do lado de fora.

 E de repente, um de vocês resolve sair da água porque deseja experimentar a sensação de estar fora dela, que naturalmente, é mais densa do que o ar, que compõe a atmosfera de fora da piscina. 

E os que estão dentro da piscina se entristecem profundamente, choram e fazem cerimônias para lamentar a saída do companheiro e dizem a si mesmos: 

Por quê? 

Por que ele não quis ficar mais tempo na piscina conosco? 

Aqui parecia um ambiente tão confortável para ele! 

E cada espírito tem sua busca pela expansão de forma única e individual. 

Se vocês substituíssem “piscina” por vida física, entenderiam nossa analogia e compreenderiam vossa estranha reação diante da morte, vista do lado em que estamos. 

Amigos, acalmem-se diante do contraste! 

Não há o mal assombrando vossos pequeninos como vocês temem.

 Amem-nos, cuidem deles e proporcionem a eles uma vida mais permissiva e feliz possível.

Foi para isso que eles, propositalmente, vieram para vossa realidade. 

Eles querem brincar, se divertir e experienciar a magia da vida que vocês se permitem esquecer, muitas vezes, por causa de vossas desculpas. 

Percebam que, mesmo em meio aos contrastes por eles enfrentados, jamais, jamais deixam de ser felizes. E a mensagem que passam com isso é a seguinte: 

“Vejam, amigos humanos, estamos lidando com o contraste, assim como vocês, mas, diferente de vocês, não nos afetamos com ele, antes, fazemos dele nossa inspiração para seguir. 

Faremos vocês rirem, encheremos vossas vidas de alinhamento e alegria de tal forma que nenhuma de vossas buscas externas poderá fazer. 

Nós vos amaremos muito e da mesma forma, sentiremos de vocês o Amor. 

No entanto, não tentem nos impedir quando o contraste da vida quiser nos levar para “fora da piscina” a fim de nos proporcionar o Novo.

 Não queiram nos segurar com vosso apego, quando a fonte em nós decidir nos levar à expansão eterna e constante de quem somos. 

Porque a vida não é viver e experimentar? 

Bem, estamos aqui para isso e junto de vocês para vos lembrar de que não importa o tempo, o como e quando as coisas ocorrerão ou até quando acontecerão, importa é que seja intenso, importa é que seja prazeroso, significativo, expansivo e acima de tudo, DIVERTIDO. 

Amem isso e vivam nisso!

 É o que queremos vos mostrar com nossas vidas, muitas vezes, meteóricas, porém incríveis o bastante para mudar a vossa para sempre.” 

Amamos nossa interação convosco, mais uma vez. 

 Haja Luz! 





Post. e Formatação
http://semeadorestrelas.blogspot.com/

Canalizado e Divulgado por:
 Vinícius Francis

Os Filhos da Alva

3 comentários:

  1. Eu gostaria de saber...o porque....meu bebe...linda dócil....amável....no inicio do ano ficou sem andar por sete dias....e voltou a andar na mesma data de tinha parado...me aconselharam a sacrifica-lá...ela me ouvia chama-la ...se arrastava pra vir ao meu encontro....o que senti naquele momento ...foi impotência....mas meu amor por ela é grande é me recusei...cuidei....é hoje ela tá aqui comigo....vejo nos olhos dela...não um olhar irracional como as pessoas dizem...vai muito além....e como se ela realmente me entendesse e me amasse....ela e o outro que são pai e filho me são digamos muito especiais...e as vezes fico triste por não conseguir dar a eles a atenção necessária...os olhos....parecem falar...é maravilhoso meus bebes...gostei do texto...melhor gosto de todos....bom dia....

    ResponderExcluir
  2. Oi Glau!... Atitude acertada tiveste, seguiu seu coração, imagina se tivesse dado ouvidos ao externo, aos outros e a tivesse sacrificado... sem comentário.

    Esses animaizinhos são exatamente o que nos dizem os Elhoins, essa cachorrinha que esta nessa foto, e com essa alegria, partiu, e partiu meu coração também, e olha que não sou apegado. Ela pegou um vírus e não teve volta. Mas a cuidei até o ultimo momento, pois ela sempre esteve com a mesma expressão, não se movia mais na doença, e ao falar com ela, ela sacudia o rabinho, respondendo que percebia a nossa presença, isso dói... mas faz parte... Tudo é crescimento, sempre agradeci pelos momentos alegres que nos proporcionou, e a ela proporcionamos e aprendemos que as reclamações para se portem como adultos, não tem sentido e não faz parte de suas vidas, pois esse era o sentido de sua rápida existência, 6 meses, trazer alegria e amor.

    Grande abraço amiga, grato sempre por sua presença, que o amor e a luz sejam contigo.

    ResponderExcluir
  3. Os nossos irmãos animais, em especial, os CANIDAES, aqui e agora estão, para nos ensinar o caminho de volta ao AMOR INCONDICIONAL, quando realizam a missão sempre com muito sucesso. Obrigado ao PAI /MÃE CRIADOR, pela presença de SURI, CHICO E GODÓI, meus três irmãos caninos no momento. Eles, os animais, são simplesmente, o máximo. Namastê e grato pela existência destes seres de luz em nosso meio ambiente.

    ResponderExcluir

Comentários não relevantes com a mensagem e possuidores de links não serão publicados, assim como comentários ofensivos a quem quer que seja.

Imprimir ou Salvar em PDF

3 Mais Lidas do Blog

DOAÇÃO/MANUTENÇÃO


– DOAR – Abro este canal para doações espontâneas para este blog, sem qualquer compromisso, qualquer valor auxilia a manutenção deste espaço.
Opção de deposito: Caixa E.Federal - Ag:0505 -
Conta:013-00007103-7 L.A.P.M.B.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...